Ciência sem Fronteiras / Campus France anunciam vagas para bolsas de graduação sanduíche na França:

17 de dezembro de 2012 | Postado por Marina em Bolsas de Estudo

Olá Viajantes! Tudo bem?!

Hoje falaremos da França! Tenho uma relação muito próxima com a terra da baguete e da Torre Eiffel. Minha mãe foi professora da Aliança Francesa e seu primeiro emprego foi no Consulado Geral da França aqui em Recife. É com certeza, o país que mais vezes fui também pois meus pais são absolutamente apaixonados por uma boa culinária, um bom vinho e muita história e cultura. Sendo assim, que outro país poderia ser mais completo do que a França!?

Não é de se espantar então que eles tenham me influenciado bastante com relação a aprender francês ainda muito novinha. Aos 10 anos minha mãe me colocou em uma escolinha francesa que eu ia duas vezes por semana para brincar em Frances aqui mesmo em Recife. Aos 16 anos fui para aquele que foi o meu intercâmbio mais longo: 8 meses sendo 6 meses na cidade de La Rochelle na região de charrante maritime, localizada entre Paris e Bordeaux, mais precisamente às 3h de TGV (Trem de Grande Velocidade) de Paris e 1h 30 min de Bordeaux e, depois mais 2 meses em Paris.

Ah, Paris, morei em Paris muito cedo, tinha acabado de completar 17 anos! Hoje tenho uma certeza: Tem uma idade certa se conhecer Paris, assim como tem idade certa para apreciar um bom vinho. Quanto mais maduro(a),  melhor podemos decifrar seus segredos…Como uma adolescente com algum conhecimento de francês e, muitas inseguranças tão características da idade, a cidade de La Rochelle foi um bálsamo na minha vida. Viajei muito menina e fui acolhida por uma família maravilhosa e, por uma cidade super segura. Na minha “velo jaune” (bicicleta amarela) circulava muito, ia e vinha, fazia tudo de “velo”…

Voltando ao assunto França devo confessar que ela tem um “je ne sais pas quoi” diferente de todos os lugares que morei, não sei se pela amizade (que mantenho até hoje com meus “pais franceses”) ou, ainda, se simplesmente por ter sido o meu primeiro intercâmbio mais longo (antes tinha feito outros quatro intercâmbios de um mês apenas, dois na Inglaterra, um na Austrália e um nos EUA), mas, até hoje quando visito o país, sinto uma mistura de sentimentos, emoções e sensações difíceis de explicar…

Por isso, quando vi essa novo edital do programa de bolsas do governo brasileiro  < Ciências sem fronteiras > na França fiquei com a maior saudade do tempo em que estudei lá! Com duração de12 a18 meses, o mais interessante é que os candidatos não precisam apresentar comprovante de francês no momento da inscrição. O prazo para enviar o certificado de francês é só 10 de fevereiro (nada que um curso super mega ultra intensivo não resolva afinal, francês vem do latim e acaba não sendo tão distante assim do português) E, pasmem, os candidatos que não possuírem nível suficiente de francês poderão se beneficiar de um curso intensivo na França nos meses de julho e agosto, com custos de formação e hospedagem pagos pelo programa.

Quer participar, os requisitos são poucos: Ser brasileiro e, ter concluído no mínimo 20% e no máximo 90% da graduação no Brasil em uma das áreas prioritárias. Já os benefícios….Dá só uma olhada:

1)      Passagens de ida e volta

2)      Valor da bolsa: 870 euros por mês

3)      Seguro saúde: 70 euros por mês

4)      Auxílio instalação: 1.320 euros

5)      Auxílio para material didático, computador ou tablet: 1.000 euros

Interessou?! (Claro né?!) agora dá só uma conferida nas áreas abrangidas:

Engenharias e demais áreas tecnológicas

Ciências exatas

Biologia, ciências biomédicas e da saúde

Computação e Tecnologias da Informação;

Tecnologia Aeroespacial;

Fármacos;

Produção Agrícola Sustentável;

Petróleo, Gás e Carvão Mineral;

Energias Renováveis;

Tecnologia Mineral;

Biotecnologia;

Nanotecnologia e Novos Materiais;

Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;

Biodiversidade e Bioprospecção;

Ciências do Mar;

Indústria Criativa;

Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva;

Formação de Tecnólogos, nas áreas e temas listados nos itens anteriores.

Mais informações?! Consulte os sites oficiais:

http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/franca1 – página do programa com edital aberto para a França (bolsas de graduação sanduíche) e formulário de inscrição.

http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf – site do programa de bolsas do governo brasileiro, com todos os editais, informações para os candidatos, áreas prioritárias, países parceiros.

http://www.csf.campusfrance.org/ – site do Campus France dedicado exclusivamente aos candidatos às bolsas Ciência sem Fronteiras

Bjs, boa sorte e até a próxima viagem,

Marina

  1. Que pena que o Programa não abrange as áreas de ciências humanas e educação.


  2. Oi Marina! Acabei de descobrir seu blog e estou me apaixonando. Quero muito aprovar a oportunidade do CsF e minha grande preferência é pela França.

    Ainda estou no primeiro semestre, mas já no terceiro posso tentar, já que meu curso é de 5 anos.

    Me aguarde, França!!

    Bjs,
    @gabiipascoal


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *