Deixe-se levar por Toronto no Canadá!

04 de outubro de 2010 | Postado por Marina em Canada

A revista Fera com minha coluna de Intercâmbio de Viagens já está nas bancas!

Para quem não é de Pernambuco, a revista FERA é referência para jovens secundaristas e universitários no Estado.

Abaixo, coloco a publicação deste mês para que chegue ao alcance de todos! Nos próximos exemplares, fica aí a dica! A revista é muito legal e vale a pena conferir!

Aproveito a oportunidade para divulgar o site também:  www.portalfera.com.br 

Intercâmbio de A a Z – por Marina Motta

É com muita alegria que aceitei o convite de iniciar este projeto maravilhoso de assinar uma nova coluna na revista FERA! O nosso objetivo com este espaço é muito simples:  Ajudar os jovens que pretendem colocar o pé na estrada e conhecer o mundo fazendo intercâmbio cultural em outros países! Seremos o seu elo de comunicação para todas as novidades e informações  sobre viagens e intercâmbios ao redor do globo! Isto porque, a coluna vai dar dicas MEGA úteis sobre tudo o que envolve o processo de intercâmbio. Desde a ansiedade da preparação para viagem e as dúvidas de como arrumar a mala até os diferentes tipos de acomodação (casas de família, dormitórios estudantis, albergues etc.) e os diferentes tipos cursos oferecidos pelas escolas de idioma e programas de colegial no exterior. Além de, é claro, os programas de trabalho e estágio em países como EUA, Austrália, Canadá, Inglaterra, África do Sul etc… Além disso, daremos dicas sobre visto, passaporte, de como fazer amizades lá fora, como se organizar com relação aos gastos, como entender melhor a diversidade cultural e respeitar às diferenças para se dar bem neste mundo globalizado! Enfim, já deu para perceber que esta coluna vai ser a sua cara,não é?! Portanto, preparem-se, apertem os cintos e embarquem com a gente nesta coluna que vai ser UMA VERDADEIRA VIAGEM repleta de oportunidades e de esclarecimentos de TODAS as dúvidas que você SEMPRE quis saber (e não sabia a quem perguntar)! É isto mesmo galera! “Seus problemas acabaram!!!” não somos das “organizações TABAJARA”, mas seremos o caminho mais fácil para você se tornar um cidadão do mundo! Desse mundão que você sempre teve o sonho de conhecer e que, agora, vai estar ainda mais perto de você! Portanto, desejamos a todos uma Boa viagem. A leitura certamente irá transportá-los a vários lugares. De A a Z.

Deixe-se levar por Toronto no Canadá!                                                                

É unânime! Todo mundo que vai estudar em Toronto no Canadá fica simplesmente apaixonado por esta cidade.  Quando eu fui, tinha acabado de passar no vestibular (fera 99 em Administração e em Relações Internacionais!!!) daí, coloquei segunda entrada para fazer um curso de seis meses no Canadá.

 Escolhi o Canadá, pois primeiro é uma das opções mais baratas (o dólar é bastante favorável) e segundo, porque queria conhecer um novo país para dar um upgrade no meu inglês fazendo um curso de Business. Nestes seis meses mágicos, estudei na escola de línguas PLI (Pacific Language Institute) que tem tanto em Vancouver quanto em Toronto, por isto resolvi passar três meses em Toronto e três meses em Vancouver…Neste capítulo, vou falar apenas de Toronto e vou deixar Vancouver (que também merece um belo espaço) para uma próxima coluna.

Nas duas cidades optei por acomodação em casa de família, isto porque o contato com a família permite que você acelere (e muito!) o seu aprendizado… As conversas do dia a dia com a sua host family são tão importantes quanto a sua freqüência na escola…

Em Toronto minha família era ótima! Tinha a “mãe” o “pai” e três irmãs… Ao mesmo tempo, também estavam na casa outros dois estudantes: uma mexicana e um francês. Cada um tinha o seu quarto individual, mas era muito animado e divertido ter a casa sempre cheia! Sempre combinávamos de fazer várias coisas juntos…Andar de caiaque no lago, ir ao cinema, passar o dia em uma cidade vizinha… Minha família era de origem Irlandesa, mas outras estudantes pegaram famílias de origem filipina, grega, indiana…Uma amiga japonesa estava em uma casa de uma família de descendência marroquina gente finíssima… Um dia, fui convidada para jantar na casa dela e foi o máximo! Cuscuz marroquino regado a uma música super exótica também característica do norte da África…Isto é o que eu chamo de globalização!

Outra grande vantagem da cidade é que Toronto é perto de tudo! Você pode ir até a capital do Canadá (Ottawa), visitar as belíssimas cidades de Montreal e Quebec ou até ir até os EUA descendo até Nova Iorque e passando por Atlantic city, Washington D.C e Filadélfia e, é claro, pelas cataratas de Niagara Falls (Para isto, não se esqueça de tirar o seu visto americano também!). Eu fiz esta aventura em um final de semana com algumas amigas da escola através de uma excursão baratíssima que pegamos em Chinatown cerca de 200 dólares canadenses com viagem de ônibus, hotéis quatro estrelas e até entrada para cassino! Uma pechincha! Pena que o guia falava tudo em chinês! Mas tudo bem…Valeu mesmo assim, foi uma comédia!

 Acredito que a visão de um estudante que passa pelo menos um mês na cidade é muito diferente da de um turista isto porque, Toronto é uma daquelas cidades em que você certamente não sentirá “amor a primeira vista” isto porque, no início Toronto parece uma cidade normal, grande para os padrões canadenses, mas pequeno para os padrões brasileiros. No entanto, se levarmos em conta a diversidade cultural, gastronômica e a vida noturna que existe em Toronto, mais parece um mundo! É como se fosse uma arca de Noé com representantes de todo o globo! Isto porque assim como o Brasil, o Canadá é um país super novo, e, assim como São Paulo é natural que a cidade mais importante do país tenha uma riqueza maior de culturas incorporadas. Por isto, assim como não existe um típico brasileiro também não existe o canadense típico, principalmente em Toronto, devido a forte imigração de italianos, gregos, portugueses, indianos, chineses enfim…Tem de tudo por lá!O mais peculiar no caso específico de Toronto é que estas nacionalidades estão segmentadas por bairros bem característicos de cada povo… É como se você pudesse ter um pouquinho de cada país em uma só cidade!  Tem a little Italy, Little Portugal, Little Índia e, é claro, não podia faltar um Chinatown…

O mais incrível nesta mistura, é que temos a nítida sensação de que não há preconceito nem racismo…É como se a lendária música de John Lennon “Imagine” tivesse de fato se concretizado “Imagine all the people living today, you may say I´m a dreamer but I´m not the only one, I hope someday you will join us and the world will be as one…”

Lá você vai encontrar um típico indiano gerente de um banco, uma típica africana atendendo em uma loja chiquérrima e até um típico europeu vendendo taco na Tacobell (vale a pena ir..parece um Habib´s mexicano baratíssimo, bem no estilo fast-food…. )

As baladas de Toronto são simplesmente maravilhosas, basta você descer na St. Patrick station e vai ter uma rua repleta de boates e barzinhos super descolados.

Já quando você quiser dar um tempo de uma cidade grande, você não precisa de mais de 30 minutos de barco para chegar em Toronto Island. Eu adorava ir para lá e passar a tarde toda andando de bike ou fazendo pic-nic com o pessoal da escola.

Se você chegar no aeroporto e for pegar um táxi pode ir tranqüilo Toronto é super seguro! A criminalidade é quase zero! Você não imagina como é maravilhoso resgatar esta sensação de liberdade tão característica de países desenvolvidos…Liberdade com segurança não tem preço! Aproveite a sua enquanto estiver por lá! Você vai sentir falta quando voltar para o Brasil…

Existe um mundo lá fora! Viaje! Junte a mim nesta coluna que é uma viagem!!!

Bjos, Marina.

Marina Motta, autora do livro: Intercâmbio de A a Z (www.intercambioaz.com.br) tem 28 anos, é Internacionalista, Administradora de Empresas e gerente do depto de Intercâmbio do STB (Student Travel Bureau) em Pernambuco. Com bagagem de 11 Intercâmbios realizados de 1996 a 2001 Inglaterra, EUA, Austrália, França, Canadá e Alemanha, Marina é atuante em matérias sobre Intercâmbio nos jornais Folha de São Paulo, Estado de Minas, Estadão, Jornal do Commercio, Diário de Pernambuco, Folha de Pernambuco e O Povo, em matérias na TV Globo, SBT, Band TV Univeristária e TV Clube e revistas de circulação nacional como Viagem e Turismo, Revista Capricho, além de sites como UOL,  TV Limão, Veja. Com. entre outros.

contato@marinamotta.com.br

  1. sou melhor idade, 62 anos, aposentada recentemente e gostaria de intercambio cultural para terceira idade, posso receber orientaçoes e dicas? grata deise fonseca lustosa


  2. Olá Marina! Acabei vendo este post só agora… Morei em Toronto em 2006/2007, tbm estudei na PLI… Você fez aumentar minha saudade de lá! Realmente a cidade é incrível, vale muito à pena conhecer!!!


  3. Oi Tatiana! tudo bom?! Muito legal mesmo né?! também tenho saudades do meu tempo de estudante no Canadá! bjs


  4. Oi Marina, estou cursando o 1º nível avançado do Inglês. E ano que vem pretendo fazer intercâmbio e comentaram que o Canadá tem um dos preços mais acessíveis. Estava ém dúvida sobre qual cidade optar , mas depois do seu Texto sobre Toronto me apaixonei e não tenho mais dúvidas, rs. Principalmente pela diversidade cultural. Um dos meus maiores receios são as Casas de família, como será a recepção, enfim… É muito difícil a adaptação? Espero dar sorte como você. Beijos e obrigada pelas dicas que você dá aqui!


  5. Mariana

    Quanto você acha que eu tenho que levar de dinheiro pra passar 6 meses em Toronto, sendo que o programa que farei é o seguinte:
    3 meses estudo (1 mês em casa de família e 2 meses terei que procurar lugar para ficar) +
    3 meses trabalho


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *