Edimburgo: castelos, jardins,whisky e minhas impressões deste tesouro escocês

28 de junho de 2013 | Postado por Marina em Escocia

Olá viajantes!

Tudo bom?!

Como vocês sabem, acabei de voltar de Londres, porém desta vez aproveitei e comprei uma passagem de avião por GBP 17 libras (Easy Jet – Amor verdadeiro Amor Eterno – kkkkk ) e fui passar um dia em Edimburgo. Meu tempo estava curto, já que como falei segui depois para Croácia e Malta mas já fazia muito tempo que queria ter um gostinho da escócia então como precisava primeiro ter uma ideia geral contratei o walking tour Secrets Of The Royal Mile da www.mercattours.com para fazer a parte histórica (old town) no turno da manha e depois segui para a New town (parte nova da cidade) para umas comprinhas (já que havia ouvido falar que era mais barato do que em Londres, no fim, achei até quase a mesma coisa)

                        

A cidade velha de Edimburgo é clássica, mágica e misteriosa e preserva sua fisionomia medieval. Encontra-se nesta parte da cidade, o Castelo de Edimburgo, a Catedral St. Gilles, o Museu Real da Escócia, o Palácio de Holyrood e Universidade de Edimburgo e a Royal Mile (ou Milha Real), nome que se dá a uma sucessão de ruas que forma a artéria principal da cidade velha.

Um lindo jardim separa a old town da parte nova cidade (“New Town”) e é nela que você encontrará a Princes Street que assim como a George Street tem muitas opções de lojas para compras. Marcas de luxo e butiques sofisticadas são facilmente encontradas em Multrees Walk e na Harvey Nichols, em St. Andrews Square. Entusiasta da moda vintage,: visite Stockbridge e delicie-se com as melhores lojas vintage e de segunda mão.

Uma coisa que me impressionou como comecei a pensquisar o destino é que Edimburgo tem mais restaurantes estrelados Michelin do que qualquer outra parte do Reino Unido fora de Londres, por isso, se você estiver no clima para um jantar premiado, saiba que a sorte está do seu lado. Experimente o Castle Terrace ou o The Kitchin para saborear pratos modernos e de primeira classe com os melhores ingredientes escoceses. Caso queira experimentar a comida tradicional, como “haggis” (miúdos de carneiro), “neeps” (nabos) e “tatties” (batatas), os pubs de toda a cidade resolverão a questão com prazer. E não se esqueça de tomar uma dose ou duas da bebida nacional o Scotch Whisky Se você for um grande apreciador também deverá conhecer os whisky festivals anuais da Escócia, onde passeios especiais pelas destilarias são acompanhados de música ao vivo, conversas com especialistas, eventos gastronômicos e etílicos, e muito mais.

Se você estiver no clima de festa, a dica é conhecer as elegantes casas de drinques de George Street, os bares animados de Grassmarket ou Princess Street, ou Rose Street, que oferece mais pubs do que qualquer outra rua de Edimburgo. E qualquer que seja o seu gosto musical, você certamente o encontrará em um dos locais de música ao vivo de Edimburgo. Experimente o The Caves ou o Bannerman’s para os shows intimistas, ou os locais mais amplos, como o HMV Picture House ou o The Queen’s Hall, para os espetáculos mais convencionais.

A cidade também possui museus de grande importância: a National Gallery da Escócia (com obras de Gauguin, Cézanne, Monet, Velazquez, etc), o Museu Real da Escócia (especializado em geologia, arqueologia, história natural, ciências, etc.), o Museu da Escócia (especializado em história, ao povo e a cultura), o Museu da Guerra de Edimburgo (localizado no Castelo de Edimburgo).

Todo mês de agosto, pessoas de todas as partes do planeta reúnem-se na cidade para o Edinburgh Festival Fringe – o maior festival de artes do mundo – e o emblemático Royal Edinburgh Military Tattoo. Você também se surpreenderá se  for em dezembro, mês em que a cidade comemora durante três dias o mundialmente famoso Hogmanay (Ano-Novo).

O crescimento expressivo do número de brasileiros que vão para o exterior estudar – hoje são mais de 175 mil estudantes, mais que o dobro do registrado há cinco anos, segundo a Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta) – resultou na proliferação de escritórios de representação de universidades britânicas, alemãs e americanas.A Universidade de Edimburgo foi a última a abrir um escritório no Brasil.

Fazer um curso de Inglês em Edimburgo é descobrir uma das cidades mais históricas e emocionantes da Escócia. Explorar o castelo, desfrutar da atmosfera estudantil da cidade, e aproveitar seu tempo livre viajando em toda a Escócia, Inglaterra, Irlanda e País de Gales.

Por ser uma cidade estudantil, você pode aprender Inglês em Edimburgo juntamente com milhares de outros estudantes locais e internacionais que vão a esta cidade fascinante a cada ano para estudar, explorar, viajar e festejar.A escola Kaplan (que tem o STB como parceiro no Brasil) é uma boa opção na cidade para cursos de curta ou longa duração.

Assista a  e sinta o gostinho desta experiência aqui!

Para mais informações, recife@stb.com.br

Bjs e até a próxima viagem!
Marina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *