EUA anunciam que vão aumentar a concessão de visto para brasileiros

20 de janeiro de 2012 | Postado por Marina em EUA

O governo dos EUA anunciou nesta quinta-feira medidas para facilitar a emissão de vistos de entrada no país. O presidente Barack Obama quer atrair mais turistas brasileiros.

O presidente norte-americano, Barack Obama, anuncia uma estratégia para estimular o turismo e a criação de empregos, em Orlando, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira. 19/01/2012 REUTERS/Kevin Lamarque

Só em 2011, 665 mil brasileiros visitaram Nova York e mais de 1 milhão passaram por Miami e Orlando. Os brasileiros foram os que mais gastaram nesses lugares entre turistas do mundo.

É só ligar a câmera e aparecer com o microfone nas ruas de Nova York para ouvir o nosso idioma. Só em 2011, 665 mil brasileiros visitaram a cidade e mais de 1 milhão passaram por Miami e Orlando, na Flórida.

Os brasileiros foram os que mais gastaram nesses lugares entre turistas do mundo.

“China e Brasil são os países onde a classe média cresce mais rapidamente e as pessoas com dinheiro estão dispostas a gastar nos nossos parques e atrações turísticas”, disse Barack Obama, nesta quinta-feira (19), na Disneyworld.

Gastar e garantir os empregos dos americanos. O presidente Barack Obama, que precisa criar postos de trabalho, resolveu abrir um pouquinho mais as portas do país. “Estamos dizendo ao mundo que a América está aberta para os negócios, tornando o acesso para cá o mais seguro e simples possível”, acrescentou Obama.

A indústria do turismo prevê que mais de um milhão de postos de trabalho possam ser criados na próxima década graças aos estrangeiros. O governo americano aposta que o número de visitantes do Brasil, da China e da Índia ainda vai crescer muito. Em 2016, a quantidade de brasileiros por lá poderá ser quase três vezes maior.

Para que esses turistas-consumidores sejam bem-vindos, o governo americano determinou que os consulados do Brasil aumentem em 40% o número de emissão de vistos neste ano.
Serão eliminadas também as entrevistas para pessoas consideradas por eles de baixo risco, como por exemplo, aquelas que já tenham o visto de turista ou de negócios e precisem apenas renová-lo.

Ainda não é o fim do visto. Mas saber que os americanos contam com o dinheiro brasileiro para ajudar salvar a própria economia já tem o seu valor

Fonte: Jonal Nacional – Edição do dia 19/01/2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *