Intercâmbio em Toronto: Top 10 dicas de compras, restaurantes, passeios e achados

25 de julho de 2012 | Postado por Marina em Canada

Olá viajantes! Tudo bom?!

Rio ou São Paulo? Toronto ou Vancouver? Fico com os dois!

Passei 3 meses em Vancouver e 3 meses em Toronto e amo as duas cidades!

No último post sobre o Canadá, pedi para o Intercambista Edson Bégamo contribuir com suas dicas de Vancouver. Hoje, para continuar esta saudável disputa, convidei a Intercambista Andréa Pessoa de Melo que já fez 3 intercâmbio em….Toronto ( Isso é que é amor incondicional… não quis nem variar, foi  mesmo amor a primeira, segunda e terceira vista) para falar um pouco de seus achados por lá!Quando perguntei os seus top 10 da cidade, ela ficou meio perdida, porque segunda ela: a melhor coisa pra fazer em Toronto é simplesmente estar lá. Uau! Que poético! E agora como diria o Chapolin Colorado, sigam-me (digo, a Andréa) os bons…

Em Toronto sempre tem o que fazer, a cidade é muito organizada, limpa e segura, as pessoas são muito educadas e o sistema de transporte público é ótimo! Então a primeira coisa a fazer é comprar o cartão de transporte (ou Metropass), que é um passe mensal de transporte público (mas também tem o diário e o semanal) para passear à vontade pela cidade. Transporte garantido no bolso, vamos lá:

Andrea Pessoa de Melo

1) RichTree Market / Le Marche (restaurante)

Fica no BCE Building em downtown. O restaurante tem uma estrutura bem legal em estilo mercado onde você pode andar por vários quiosques de cozinhas internacionais e escolher desde filé a crepe, passando por comida italiana, indonésia, diversas frutas, etc. A maioria dos pratos é preparados na hora na sua frente e o que você for escolhendo eles vão marcando no seu cartão de consumo para que você só precise pagar na saída. A decoração dá um “plus” adorável ao local, a começar pelo próprio teto de vidro do BCE Building. Dentro tem fontes, flores, mesinhas, árvores com bichinhos pendurados. É um ambiente agradabilíssimo com ótima comida. Sugiro para o brunch ou jantar, mas evite dias com muita gente.

2) Mercados (Saint Lawrence Market e Kensington Market).

Dois grandes mercados de Toronto. Se você gosta de cozinhar, ou é apenas curioso, é um “must go”.  O primeiro fica na Front Street (um ótimo lugar para se passear e tomar um café), foi onde vi o maior filé de salmão da minha vida. Muito bom pra comprar/ provar comidinhas. É bem organizado e limpo, a estrutura de aço é muito parecida com a dos nossos grandes mercados. Já o Kensington, é bem maior, pois engloba várias ruas a oeste de downtown, fica no quadrilátero entre a as ruas Dundas, Bathurst, College e Spadina Ave. Lá você encontra de tudo. Temperos exóticos, pirulito de escorpião, leite condensado “Moça” (e outras coisinhas que nos fazem falta quando estamos morando longe de casa por muito tempo), apresentações artísticas e muitas lojinhas de roupas, artigos para casa, antiquários e várias outras.

South St Lawrence Market Toronto

3) Niagara Falls.

Em termos de cataratas em si, quem já foi em Foz do Iguaçú pode achar fraco porque em Niágara são apenas duas grandes quedas d’água, mas o que falo aqui é da pequena cidade que fica às margens das cataratas que tem muita coisa legal pra ver/fazer. Você pode fazer o passeio de barco pelas cataratas no Maiden of the Mist (e não se espante de ver pedidos de casamento sendo feitos lá, é normal, eles acham romântico). Pode fazer compras no outlet na entrada da cidade. Se deliciar na linda loja dos chocolates Hershey’s. Ir ao cassino (é legalizado) e tomar vinho de uva congelada (o Ice wine). Em Janeiro ocorre o “Niagara Icewine Festival” com noites de gala, bares e esculturas de gelo e visita aos famosos vinhedos congelados.

4) Queen Street West

Adorava passear por essa rua. Tem lojas, butiques (desça nas lojinhas de porão para descobrir vários artigos vintage), cafés e tipos exóticos passeando pela rua. Lá também fica a melhor loja de quadrinhos e artigos nerds da cidade, a Silver Snail.

5)Vistas da cidade (Toronto Islands e the Docks).

As vistas mais lindas da cidade você encontra nas docas (the docks) e nas Ilhas (the toronto Islands). Mesmo que o acesso nas docas seja mais restrito, vale a “paradinha” para uma foto à noite. É lindo! Quando às ilhas, você vai de ferry e pode passar o dia lá caminhando, fazendo piquenique, andando de bicicleta (tem pra alugar) e patins. Vá quando puder, mas no verão é mais bonito ainda!

6) CN Tower e arredores: A CN Tower é uma torre com mais de 550 metros de altura, de onde você tem uma vista maravilhosa da cidade. Lá tem o restaurante giratório que dá uma volta de 360 graus a cada uma hora. Ao lado da torre fica o Skydome (ou Rogers Centre). É legal para assistir a um jogo de baseball e conhecer a mega-estrutura e organização do estádio (que é um dos únicos do mundo com teto móvel).

7) O Restaurante e lounge Panorama que fica no 51º andar do Manulife Centre no bairro fashion de Yorkville, na Bloor Street, tem uma vista incrível da cidade. Cozinha, sobremesas e  Cocktéis maravilhosos, mas o preço é meio salgado.

8) Restaurante Mandarim (chinês que não fica em chinatown), que fica na Engliton East, paga-se um preço justo e come-se à vontade. Mas como a cidade é cosmopolita, você vai poder visitar o bairro grego, chinês, italiano, coreano, português (onde também vivem brasileiros) e por aí vai. Então que tal provar os restaurantes de comidas típicas de cada um desses lugares? Tem preços para todos os bolsos. Sério!

9) High Park – imperdível, principalmente no outono quando é possível ver as folhas de Maple, símbolo da bandeira canadense por toda a parte! único

10) ROM (Royal Ontario Museum) e AGO (Art Galery of Ontario) – reserve um dia só pra eles.

E aí gostaram?!

 Bjs e até a próxima viagem!

Marina

  1. Uma dica para quem gosta de arte e não quer gastar muito dinheiro com isso é deixar para visitar os museus e galerias às quartas-feiras. O ROM e o AGO, por exemplo, não cobram entrada nesse dia. O primeiro é gratuito a partir das 14h e o outro a partir das 17h.


  2. Passei 1 mês e meio em Toronto e a considero uma das cidades mais bonitas, transadas do mundo, excelente infraestrutura e, principalmente pelo povo hospitaleiro e de bem com a vida. Parabéns pelas dicas !!


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *