Intercâmbio em Toronto: TOP 15 experiências que você não pode perder!

14 de abril de 2015 | Postado por Marina em Canada

Olá viajantes!

Tudo bom? Morei em Toronto há 15 anos para fazer um curso de inglês para negócios (Business English) com duração de 3 meses e havia simplesmente adorado a cidade. Mas é claro, em 15 anos muita coisa muda, tanto a cidade como nós mesmos. Imagine então minha alegria quando tive o privilégio de retornar a cidade esse mês para revisitá-la!

Primeiramente, quando se fala em Canadá muita gente tem um pouco de receio de sentir muito frio, sendo assim, vou começar pelo clima: Estive no Canadá na semana passada, portanto, início do mês de Abril e a temperatura média era de 8 graus (not bad! –  considerando que este ano eles tiveram um dos invernos mais rigorosos de todos os tempos e a temperatura em janeiro chegou a – 30 Kkk) mas como Recife anda MUIITO quente ultimamente até que gostei de pegar um pouquinho de frio… Minha semana em terras canadenses passou voando, dias de sol e um misto de déjà vu com diversas novidades. Ah, e  no final das contas, no inverno ou no verão, vamos combinar que viajar é bomdemais  né gente? Pode ser um roteiro de rotina ou a primeira vez em um lugar (ou, neste caso a segunda vez 15 anos depois…) nao importa. É sempre uma oportunidade para fazer descobertas sobre novos pontos de vista, novos lugares ou sobre nós mesmos.

Voltando ao nosso protagonista, a maior cidade do Canadá é sempre uma grata e agradável surpresa! De acordo com a revista The Economist, Toronto é um dos melhores lugares para se viver. Com mais de 3 milhões de habitantes, a cidade se divide entre estações bem definidas de verão e inverno. No período mais quente do ano, a população invade ruas e parques. Já no inverno, as galerias subterrâneas abrem as portas para quem quer aproveitar a cidade e fugir do frio intenso.

Toronto tem uma cena cultura vibrante, transporte seguro e organizado, lojas bacanas, restaurantes ótimos e o é povo dos mais acolhedores! Considerada o centro financeiro, cultural e de entretenimento da nação, possui mais de 120 museus e galerias, diversos musicais e peças de teatros incríveis (é o terceiro maior do mundo perdendo apenas para Nova York e Londres), tem 5 times de esporte profissional, é extremamente multicultural (50% da sua população é originária de outro país – por isso recebem tão bem quem é de fora). E, assim como Nova York também possui diversos bairros típicos, little Italy, Little Portugal, Little Greece e é claro, Chinatown são apenas  alguns dos mais interessantes.

O meu roteiro de 4 dias em Toronto foi enxuto porém bastante completo,  sendo assim, compartilho com vocês a seguir as TOP 15 experiências que não pode ficar de fora na sua próxima visita a cidade. A ordem dos fatores não altera o produto. Todas as experiências aqui listadas são ótimas. Levem em consideração o clima, sua vibe no dia e o que está mais interessado em fazer. E,  se descobrir algum endereço ou atração que não está listado aqui não esquece de compartilhar com a gente nos comentário,fechado?

1)    Jantar no restaurante 360 da torre símbolo da cidade, CN Tower há 351 metros de altura.

Comida divina do menu degustação e experiência incrível com visão panorâmica da cidade. Tente ir antes de anoitecer para ver o pôr do sol lá de cima! Reservas aqui! 

2)    Passar uma manha despretensiosa passeando no St. Lawrence Market

Seja para  tomar café da manha, lanchar, comprar souvenirs, produtos natureba, roupas e tudo o que você imaginar. Nessa região, a cidade de Toronto começou no século 19 então além de histórico e cultural é extremamente agradável e interessante. Se estiver com fome, o Carousel Bakery tem o premiado sanduiche de Bacon Peameal, uma iguaria local. Tem filas enormes para garantir o seu!  Outra iguaria local é o poutine (batatas fritas com queijo). Ah, e não esqueça de comprar Mapple Syrop (a consistência parece com a de um mel) para levar para casa, garanto que a tapioca vai ficar incrível e assim você continua sentindo o gostinho de Canadá mesmo quando voltar ao Brasil! Saiba mais aqui

3)   Tarde de compras na Yonge Street e também nos bairros de Queen West, Bloor- Yorkville

Seja para ver as vitrines ou para garimpar itens de brechós como o Cat’s Meow (180 Avenue Road) e, claro,  No shopping Eaton Centre no coração da cidade, com grande parte subterrânea, de inverno a verão, esse shopping de Toronto é emblemático.

4)   Curtir uma  das novas atrações de Toronto o seu Ripleys Aquarium

Com mais de 13 mil tipos de vidas marinhas, excelente para levar as crianças de todas as cidades (inclusive as adultas! Kk) é um lugar muito calmo e sereno, ideal para aquele dia mais nublado ou  chovendo. Eu amo o mar, já mergulhei com cilindro algumas vezes e ver tudo isso sem se molhar foi uma coisa no mínimo curiosa! Saiba mais aqui.

5)   Assitir a um jogo no Rogers Centre

O moderno estádio de Toronto com teto totalmente retrátil é a casa do Toronto Blue Jays, o time de baseball da cidade, e do Toronto Argonauts o time de futebol canadense da cidade. Mas recebe também artistas para vários shows e concertos. Em 2015 o Rogers Centre será o palco das cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Pan-americanos de 2015, que serão disputados na cidade de Toronto em Julho.Confira a programação aqui

6)    Mengrai Thai

Comer o menu degustação do melhor retaurante Tailandês da cidade! Ganhador de vários prêmios, a comida realmente é uma delícia. O restaurante é de um casal. A esposa Sasi cozinha divinamente e o marido, Allan Lim, é uma figura, super simpático e fica fazendo sempre as honras da casa para que os clientes sintam-se em casa! www.mengraithai.com/

7)   Fazer um Day trip às cataratas de Niagara e a Niagara on the Lake para visitar as suas vinícolas.

Para chegar lá, uma boa opção é um mini ônibus privativo que te levará a Niagara  desde Toronto em cerca de 90 minutos. (ex:Niagara Air Bus​) Chegando lá, você pode apreciar tudo em terra firme ou seguir um pouco mais adiante por 10 minutos de carro e chegar ao ponto do  Niagara Helicopters  para ter uma visão mais ampla da região em um tour de 15 min de Helicóptero. Aproveite e dê uma esticadinha até  Niagara-on-the-Lake para visitar algumas vinícolas, como, por exemplo, a  Inniskillin Winery que é especializada em Ice Wine. A Inniskillin foi quem primeiro lançou o icewine no Canadá de forma intencional e comercial, em 1984. O ‘vinho do gelo’ foi o resultado de um rápido e inesperado frio que congelou as uvas na videira e rendeu apenas 40 litros de vinho. Depois dessa experiência, Karl Kaiser, imigrante austríaco rotulou-o de “Eiswein”. (Vinho de gelo -na lingua alemã, pois esse tipo de vinho já existia na Alemanha e na Austria desde o século 18). Como Niagara tem constantemente temperaturas congeladas no inverno, a região tornou-se a maior produtora de ice wine no mundo, seguido da Alemanha e da Austria.   O grande lançamento do icewine canadense teve lugar em 1991, quando o Vidal de 1989 da Inniskillin ganhou o “Grand Prix d’Honneur”, na Vinexpo na Europa. Devido ao baixo  rendimento, o ‘vinho do gelo’ é comercializado principalmente em meias garrafas com o seu preço médio de 50 dólares canadenses. Ah, uma curiosidade: Em Novembro de 2006, a Royal De Maria lançou cinco caixas de icewine Chardonnay com o preço da meia garrafa, fixado em 30.000 dólares canadenses tornando-se o vinho mais caro do mundo.

8)    VOLOS – Experimentar o melhor restaurante grego da cidade!

Ganhador de vários prêmios, tem um cardápio  maravilhoso e uma carta de vinhos autêntica (vinho grego é tudo de bom!). As receitas  vão muito além de apenas um típico restaurante grego clichê. Basta dizer que foi o melhor restaurante grego que já fui na vida, sem dúvidas! (E olha que a minha Lua de Mel foi na Grécia! Kkk)  www.volos.ca

9)    TOCA- Comer em um dos melhores italianos da Toronto

Esse restaurante localizado dentro do hotel Ritz Hotel www.tocarestaurant.ca  e que oferece degustação  de mais de 35 especialidades de queijos  é uma experiência e tanto. Fiquei com vontade de morar nessa salinha com ar temperado e cheia de queijos que estavam sendo conservados e cuidados como vinhos.  Destaque especial para o queijo feito com trufas que é uma coisa de louco de bom! Ah,   aproveitando, e se puder,  simplemente fique hospedado nesse hotel, os quartos, o SPA, a localização, o serviço… tudo aqui é impecável.

10) El Caballito – Comer e bebericar no restaurante mexicano mais astral EVER! 

O El Caballito se auto define uma “Tequila Cantina”. Tem atmosfera intimista em pleno downtown Toronto com mais de 64 tipo de tequila e diversas entradinhas maravilhosas. porém se não for muito fã de tequila, esses outros locais transados podem fazer a sua cabeça para tomar um drink e balançar o esqueleto:  Stirling room  , Reservoir lounge   ou Fat city blues

Foto do Stirling Room:

11) Visitar ao menos um (de preferência todos) esses museus:

Museu AGO (Art Gallery Of Ontario – www.ago.net ), ROM (Royal Ontario Museum – www.rom.on.ca , Museu da Arte Inuit (www.miamuseum.ca) e o mais recente dedicado a civilização muçulmana, o Aga Khan Museum and Ismaili Centre www.agakhanmuseum.org. A foto abaixo é do Royal Ontario Museum:

12) Perder-se nas lojinhas e ruelas do Distillery District, ou “old town”

E  depois comer o divido cheeseburger com fritas do Cluny Bistro (esse vale a pena engordar!) mas para quem não quer perder a
linha, tem saladas ótimas também.

13) Tarde de sol em Toronto Island:

Ai como eu gosto desse lugar…. tão sereno e tão tranquilo, essa ilhota chamada “Toronto Island” que fica na frente da cosmopolita Toronto é um oasis. Dessa vez, infelizmente não tive tempo de voltar mas ia muito lá depois da escola, alugava uma bike e levava um lanchinho pra comer sentada na grama, cena bem estudante! kkk….Ai que saudade dessa época que eu ainda não trabalhava e achava que apenas estudar 6 horas de inglês por dia era muita coisa! ai ai… dá uma vontade de voltar no tempo! kkkk

14)Assistir a um musical ou peça de teatro no The Royal Alexandra Theatre ou The Princess
of Wales Theatre.

Falando nisso, de 20 de maio a 21 de junho, por exemplo terá o musical Titanic no Princess of Wales.

15) Timing: Se puder escolher, tente viajar de preferência em uma dessas épocas

Além da temperatura mais amena a viagem ainda vem com eventos “bônus” kkk:

10-26 de julho –  quando acontecerão os jogos pan americanos e a cidade estará fervendo – http://www.toronto2015.org/

10-20 de Setembro –  para viver o famoso Toronto Film Festival, um dos mais importantes do mundo! http://tiff.net/

23 a 26 de Outubro –  quando ocorre o Toronto International Art Fair para os amantes da arte! http://arttoronto.ca/

E aí gostaram das dicas? Lembrando que o dolar canadense está mais desvalorizado do que o dolar americano então é uma boa época para explorar terras canadenses! Ah! e a cidade de Toronto foi destaque da edição de abril da revista Tam Nas Nuvens por sua modernidade e elegância.  Isto porque mesmo  em meio a arranha-céus e shoppings lotados, consegue manter a ordem e priorizar a organização, além de conservar seu charme multicultural. Para quem deseja conhecer Toronto, a TAM Linhas Aéreas oferece cinco voos semanais (terças, quintas, sextas, sábados e domingos), partindo de São Paulo e do Rio de Janeiro, com escala em Nova York (EUA). Atualmente, a TAM é a única empresa brasileira aérea a operar no Canadá.A revista TAm Nas Nuvens  é distribuída nos voos da TAM e sua versão para iPad está disponível para download na App Store. A revista pode ainda ser visualizada em www.tamnasnuvens.com.br/revista/site]

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *