OFF LINE – Porque sou contra o wi-fi no avião:

31 de maio de 2013 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Não me levem a mal, amo tecnologia. E, principalmente me fascino a cada dia com as incríveis funcionalidades de aplicativos das mais diversas categorias que surgiram para facilitar a nossa vida. O mundo na palma da mão, isto nunca foi tão verdade quanto no tempo dos smartphones. Jogar, ler, pesquisar, trocar ideias, se socializar ou namorar.

Palavras escritas têm uma vantagem. Ficam para sempre. Ou uma desvantagem, dependendo do que se escreva. O ponto aqui é: Quais lugares hoje no mundo é possível ficar off-line? Não por opção, mas por circunstância. Poucos. Isso,consequentemente nos  remete a uma outra questão:

O quão importante é se permitir (assim sem culpa) encontra-se consigo mesmo – sem ser interrompido por um toque, ou um aviso para informar o que quer que seja?

A  vida é curta, isto sempre soubemos. O dia também ficou mais curto. São tantas as formas de interação virtual que por mais que você ache que está “em dia” com o facebook, está lá o instagram e o twitter para te provar que ainda restam 50 minutos para enfim desligar tudo.

Desligar também  pode significar produzir, criar, o tal ócio criativo que falava Domenico de Maggi.

Em um avião, você pode se permitir descobrir o outro sem interrupções tecnológicas ou descobrir a si mesmo com uma leitura ou uma reflexão.

Não sei se isso faz algum sentido para você, mas ler um livro inteiro em um voo  Recife – São  Paulo me traz tamanho prazer. São 3 horas  minhas, de direito.para cochilar ou despertar sem compromisso.

Porém, assim como a vida, o voo é curto. Já está pousando em meio aos avisos de apertar cintos e é tempo de voltar a ficar on-line, no mundo real e virtual e não naquele no meio das nuvens e mais perto do céu.

(Hoje viajo para merecidas férias e terei chance de ler muitos livros já que as horas de voo prometem…Destino: surprise!. Quando eu voltar,teremos muitos novos posts no blog).

Bjs, e até a volta!

Marina.

  1. Nossa, nunca tinha parado pra pensar nisso.
    Realmente é mto bom ter um tempo só nosso!
    Adorei seu ponto de vista!

    Tbm tenho um blog de viagem e intercâmbio: http://www.brunaduarte.com.br

    Bjs


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *