Se você achava que o São João do Nordeste era “arretado” é porque você não sabia do da Suécia!

21 de junho de 2011 | Postado por Marina em Curiosidades Culturais pelo Mundo

Como sabemos, os nordestinos terão um grande feriado esta semana. as festas juninas, terão início e, com certeza todos ouvirão muita música típica, ascenderão uma fogueira e comerão aqueles  deliciosos pratos derivados do milho. O que você  talvez não soubesse é que as festa de São João ou festas dos santos populares são celebrações que acontecem em vários países historicamente relacionadas com a festa pagã do solstício de verão, que era celebrada no dia 24 de junho, ainda no calendário juliano (pré-gregoriano) e que a fogueira de São João ainda é o traço comum que une todas as festas de São João europeias (da Estônia a Portugal, da Finlândia à França). Vamos ver alguns exemplos:

Portugal

Nas cidades do Porto e de Braga, o São João é festejado com uma intensidade inigualável, sendo que a festa é, à semelhança do que acontece no Nordeste do Brasil, entregue às pessoas que passam o dia e a noite nas ruas das cidades que são autênticos arraiais urbanos. O uso de balões e fogos de artifício durante o São João no Brasil, foi trazido pelos portugueses para o Brasil, e ele se mantém em ambos lados do Atlântico.

França

A “Fête de Saint-Jean” (Festa de São João), tal como no Brasil e em Portugal, é comemorada no dia 24 de junho  e tem como maior característica a fogueira.  Na região de Vosges, a fogueira é chamada “chavande”. Já a quadrilha brasileira tem o seu nome de uma dança de salão francesa para quatro pares, a “quadrille”, em voga na França  antes da Primeira Guerra Mundial .  A “quadrille” veio para o Brasil seguindo o interesse da classe média e das elites portuguesas e brasileira por tudo que fosse a última moda em Paris. Ainda que inicialmente adotada pela elite urbana brasileira,  seu maior florescimento foi no Brasil rural (daí o vestuário campesino ou de “matuto”).

Polônia

As tradições juninas da Polônia estão associadas principalmente com as regiões da Pomerânia  e da Casúbia , e a festa é comemorada dia 23 de junho, chamada localmente ‘Noc Świętojańska” (Noite de São João). A festa dura todo o dia, começando às 8h da manhã e varando a madrugada. De maneira análoga à festa brasileira, uma das características mais marcantes é o uso de fantasias, no entanto não de trajes camponeses como no Brasil, mas de vestimentas de piratas. Fogueiras são acesas para marcar a celebração. Em algumas das grandes cidades polonesas como Varsóvia e Cracóvia esta festa faz parte do calendário oficial da cidade.

Ucrânia

A festa de Ivana Kupala (João Batista) é conhecida como a mais importante de todas as festas ucranianas de origem pagã, e vai desde 23 de junho até 6 de julho. É um rito de celebração pelo verão, que foi absorvido pela Ingreja Ortodoxa.. As moças colocam guirlandas de flores na água dos rios para dar sorte. É bastante comum também pular as chamas das fogueiras.

Suécia

As festas juninas da Suécia  (Midsommarafton) são as mais famosas do mundo. É considerada a festa nacional sueca por excelência, comemorada ainda mais que o Natal. Uma das características mais tradicionais são as danças em círculo ao redor do majstången, um mastro colocado no centro da aldeia. Quando o mastro é erigido, são atiradas flores e folhas. Durante a festa, são cantados vários cânticos tradicionais da época e as pessoas se vestem de maneira rural, tal como no Brasil. Por acontecer no início do verão, são comuns as mesas cheias de alimentos típicos da época, como morangos e batatas. Também são tradicionais as simpatias, sendo a mais famosa a das moças que constroem buquês de sete ou nove flores de espécies diferentes e colocam sob o travesseiro, na esperança de sonhar com o futuro marido. Também nesta época, decoram-se as casas com arranjos de folhas e flores, segundo a superstição, para trazer boa sorte. Durante este feriado, as grandes cidades suecas, como Estocolmo e Gotemburgo tornam-se desertas, pois as pessoas viajam para suas casas de veraneio para comemorar a festa.

Bjs, Bom São João e até a próxima viagem!

Marina.

  1. Tenho um casal de amigos suecos que se hospedaram na minha casa no último Carnaval, que moram em Estocolmo, e possuem uma casa de campo que fica a uma hora de carro.
    Eles disseram que gostaram muito do Carnaval aqui no Rio, e me convidaram para passar a festa junina sueca, a Midsommarafton, com eles no próximo ano!

    Quem sabe não faço um intercâmbio por algum tempo lá?
    =)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *