STB lança intercâmbio voluntário na China

07 de maio de 2013 | Postado por Marina em China

Olá viajantes! Tudo bom!?

Sou louca pra conhecer a China! Então, quando vi que o STB lançou este novo programa de Intercâmbio chamado <Volunteer Program China> fiquei ainda com mais vontade!

Regulamentado pelo governo chinês e criado em parceria com organização sem fins lucrativos que apoia o desenvolvimento de crianças deficientes visuais residentes em orfanato próximo a Pequim, o programa é voltado a jovens que desejam melhorar o mundo
por meio de suas atitudes e buscam uma experiência enriquecedora. Com duração de três meses e início em 30 de junho, 30 de setembro ou 30 de dezembro, o programa já está com inscrições abertas.

Segundo a gerente de Intercâmbios de Trabalho do STB, Rosana Lippi, programas de intercâmbio voluntário são dirigidos a pessoas independentes que procuram uma experiência de trabalho no exterior para desenvolvimento profissional e social e, com isso, enriquecer o currículo. “Os ganhos desse tipo de intercâmbio são inúmeros:crescimento pessoal, imersão cultural, possibilidade de praticar o inglês em ambientes formais e informais, e ainda transmitir um pouco da cultura ocidental à população chinesa”, afirma.

Além da boa relação custo x benefício, uma vez que o participante vai morar no alojamento do orfanato, localizado em uma fazenda autossustentável, a 30 km de Pequim, o Volunteer Program China oferece uma hora semanal de aula de mandarim, almoço e jantar, desenvolvimento de competências que fazem toda a diferença no mercado de trabalho: flexibilidade, capacidade de negociação e adaptação. Há ainda a oportunidade de fazer novos amigos de várias partes do mundo e de viajar pela China nos períodos de folga.

O participante será considerado um embaixador cultural e deverá encarar o programa com seriedade e responsabilidade e deve ter paixão pelo que faz. Pela manhã, ele dará aula de inglês para as crianças e à tarde vai  ajudá-las nas atividades do orfanato, como caminhada e passeio de bicicleta, além de colher ingredientes frescos para o jantar e cuidar dos animais. Durante a noite, deverá contar histórias, cantar e brincar com as crianças. Além disso, o voluntário ajudará na captação de recursos e patrocínios para o orfanato e organizará atividades  extracurriculares para os órfãos.

Rosana explica que as condições do trabalho voluntário são estabelecidas diretamente entre a organização estrangeira e o candidato, e este deverá seguir suas regras. “Portanto, recomendamos uma autorreflexão para que o candidato tenha certeza de que está entrando na experiência adequada a seus objetivos, pois cada participante tem uma vivência singular”, salienta a executiva.

Para participar, o interessado deve ter no mínimo 21 anos, ensino médio completo com boas notas ou, preferencialmente, estar cursando graduação ou pós-graduação, ou, ainda, ser recém-formado, e contar com nível de inglês intermediário ou avançado,atestado pelo STB. Além disso, deverá demonstrar maturidade, sensibilidade cultural, vontade de aprender novas culturas, capacidade para lidar com desafios e comprovar que possui fundos para se manter durante o programa.Também é desejável que o candidato tenha experiência de trabalho voluntário, com crianças, em escolas e em viagens internacionais.

Em relação à acomodação, o voluntário ficará em quarto compartilhado com outros participantes, que inclui cozinha, forno de micro-ondas, máquina de lavar roupas, acesso a internet wi-fi e telefone para receber ligações.

Mais informações: www.stb.com.br.

  1. E qual o custo deste programa, marina?


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *