Warning: ob_start(): non-static method wpGoogleAnalytics::get_links() should not be called statically in /home/intercam/public_html/wp-content/plugins/wp-google-analytics/wp-google-analytics.php on line 259
China | Blog do intercambio - Intercâmbio de A a Z por Marina Motta

Search Results

Pensando em fazer um Intercâmbio? Atenção, o #SalãoDoEstudante2015 está chegando!

03 de março de 2015 | Postado por Marina em Feiras e eventos de Intercâmbio

Olá viajantes!
Tudo bom?

Quem quer fazer Intercâmbio levanta a mão!

Em 2014, cerca de 300 mil brasileiros se aventuraram no exterior para aprender ou aperfeiçoar alguma língua e os destinos mais procurados pelos estudantes foram Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Irlanda e Austrália, segundo pesquisa da Business Marketing International (BMI), empresa organizadora das edições do Salão de Estudante no Brasil.

A BMI também constatou que os estudantes brasileiros têm mais interesse em cursar inglês, espanhol e francês, e que a maioria deles procura por cursos de idioma, pós-graduação e cursos técnicos. A maior parte dos brasileiros (33%) ainda planeja seu intercâmbio com 3 a 6 meses de antecedência.

Pensando nisso, é claro, o Salão do Estudante 2015 está de volta a 7 capitais brasileiras com expositores, palestras e muita informação para te ajudar a decidir sobre o melhor tipo de intercâmbio de acordo com o seu perfil (seu bolso) e seus objetivos específicos.

 Representantes de instituições de ensino de mais de 20 países, entre eles: África do Sul,Argentina, Austrália, Canadá, Colômbia, China, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Irlanda, Lituânia, Malásia, Malta, Peru, Polônia, Portugal e Reino Unido estarão presentes e, o  visitante que for ao Salão do Estudante poderá se informar sobre todos os cursos que existem fora do Brasil, que inclui cursos de idiomas, Au Pair, Programas de Estudo e Trabalho, High School, acampamentos de verão, graduação, pós-graduação, mestrado, PhD, MBA, cursos técnicos, entre outros.

Como não poderia deixar de ser, dúvidas sobre documentação, como vistos, custos dos cursos e detalhes referentes a cada país de interesse, como cultura, clima e custo de vida também serão sanados na ocasião. E o melhor de tudo, a inscrição,continua gratuita: Mais informações, acesse: http://www.salaodoestudante.com.br/

OBS: Estarei presente na feira de Recife e espero todos lá!

Beijos!

Marina.

 

 

#Intercâmbio: Saiba quais 3 melhores cidades do mundo para estudar em 2015

27 de novembro de 2014 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

O Instituto QS divulgou o ranking das melhores cidades do mundo para estudar em 2015. As cidades escolhidas tem muitas coisas em comum: Diversidade, segurança, qualidade de vida, padrão acadêmico, oportunidades de emprego, inclusão social e custo de vida.

1)  Paris, França – Confira as nossas postagens sobre esse destino aqui

A 200-year-old law forbidding women to wear trousers in Paris has final been revoked.

2)  Melbourne, Austrália – Confira as nossas postagens sobre este destino aqui

3)  Londres, Inglaterra – Confira nossas postagens sobre este destino aqui

Good news for London students wanting UK work

4)  Sydney, Austrália

5)  Hong Kong, China

6)  Boston, EUA

7)  Toquio, Japão

8)  Montreal, Canadá

9)  Toronto, Canadá

10)   Seoul, Coréia do Sul

E aí? Em qual destas cidades você gostaria de fazer o seu Intercâmbio?

Mais detalhes sobre esse ranking  aqui:

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Salão do Estudante 2014 traz novidades em 8 capitais:

17 de março de 2014 | Postado por Marina em Feiras e eventos de Intercâmbio

POR QUE OS ESTUDANTES  BRASILEIROS COLOCAM O PÉ NA ESTRADA?

Cada vez mais  brasileiros optam por estudar fora do país. Os destinos e cursos são variados,  mas os objetivos são os mesmos: ganhar fluência em um segundo idioma, enriquecer  o currículo profissional, conhecer novas culturas e ganhar experiência.

De acordo com dados  cedidos pela organização do Salão do Estudante, maior evento de Educação  internacional da América Latina, que está em sua 19ª edição e acontecerá  no mês de março em sete capitais brasileiras (São Paulo, Recife, Salvador,  Curitiba, Rio de janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre), cerca de 365 mil  brasileiros foram fazer algum tipo de curso no exterior em 2013. O ranking  aponta os cinco países mais visitados: Estados Unidos, Canadá, Austrália, Reino  Unido e Irlanda.

Quando o assunto é o  tipo de curso mais procurado, os dados revelam que o intercâmbio com duração de  3 a 6 meses ainda é o preferido dos brazucas. Porém, de acordo com seu  coordenador, Samir Zaveri, o evento observou nas duas últimas edições um  crescimento na procura por cursos de graduação e pós -graduação. “O aumento  também ocorreu na procura por cursos de graduação e pós. Esse aumento foi de  20%, em relação aos últimos dois anos, no número de brasileiros que ingressaram  em universidades americanas. As oportunidades são excelentes e o mito de que  fazer faculdade em outro país é muito caro não tem mais fundamento”, revela  Samir. Esse aumento se confirma e desperta o interesse de instituições.

QUAIS PAÍSES ESTARÃO  PRESENTES?

A participação de  22 países está confirmada (África do Sul, Alemanha, Argentina,  Austrália, Canadá, Chile, China, Colômbia,Espanha, EUA, França, Irlanda, Israel, Itália,  Lituânia, Malásia, Nova Zelândia, Peru, Polônia, Reino Unido, Suíça, Uruguai)  assim como a presença de cerca de 20 agências brasileiras.

O QUE O VISITANTE  ENCONTRARÁ?

 Os visitantes  encontrarão instituições de ensino dos quatro cantos do mundo. A oportunidade de  falar diretamente com os representantes dessas instituições é um dos maiores  diferenciais da feira. Além de sanar dúvidas sobre o curso é uma ótima  oportunidade para pechinchar um pacote mais em conta ou a isenção de alguma  taxa.

Palestras e workshops  acontecerão durante todo o evento. Continuar lendo

O Réveillon pelo mundo!

26 de dezembro de 2013 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Embora cada povo aguarde a chegada do ano novo com ritos e superstições próprias, é comum a todas as pessoas valorizarem um desejo de renovação. Entre as tradições mais difundidas, há o costume de soltar fogos de artifício e fazer barulho ou tocar música à meia-noite.

Sydney, na Austrália é um dos primeiros lugares a comemorar o Ano Novo, e seus fogos na Opera House costumam ser incríveis e emocionantes! Se comunidades antigas jogavam fora roupas e objetos visando eliminar o que estava “envelhecido”, ou banhavam-se no rio ou no mar para acolher o novo tempo, hoje há rituais curiosos como o de subir em cadeiras na Dinamarca, limpar a casa para espantar maus espíritos entre os chineses ou usar rolhas de champanhe com moedas como amuleto na Inglaterra. Na Irlanda costuma-se oferecer um pote de arroz doce aos gnomos enquanto na Turquia pedras de sal grosso são guardadas em sacos com turquesas para proteger as pessoas.

Nos Estados Unidos, o mais famoso Réveillon ocorre em Nova York, na Time Square, onde o povo se encontra para dançar, correr e gritar, enquanto na contagem regressiva, uma grande maçã vai descendo no meio da praça e explode exatamente à meia-noite, jogando balas e bombons para todos. E a festa é uma das mais valorizadas em Portugal e Espanha. No primeiro, uma das tradições é sair às janelas de casas batendo panelas para festejar a chegada do ano. Nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, come-se uma mistura feita com as sobras das ceias, chamada “Roupa Velha”, em que o ingrediente principal é o bacalhau cozido. Mais festeira é a tradição espanhola: são dez dias, entre 28 de dezembro, dia dos Santos Inocentes, até 5 de janeiro, da chegada dos Reis Magos, em que as cidades são tomadas por cavalgadas de reis, além das famílias cozinharem a rosca de reis, uma espécie de bolo doce, com figuras e brinquedos para as crianças. A passagem do ano em Madrid é também um evento de grandes proporções, em que os cidadãos vão à Puerta Del Sol ouvir as badaladas do relógio e fazer pedidos para o novo ciclo.

Diferentes datas marcam comemorações no mundo oriental e árabe. O Novo Ano Chinês é comemorado entre 15 de janeiro e fevereiro de acordo com a primeira lua nova depois do início do inverno. Os mulçumanos têm seu próprio calendário que se chama “Hégira”, iniciado no ano 632 d.C. do nosso calendário, e a passagem do ano novo ocorre em 6 de junho, quando o mensageiro Mohammad fez a sua peregrinação de despedida à Meca. Já o ano novo judaico, chamado “Rosh Hashanah”, é uma festa móvel no mês de Setembro, regada a receitas tradicionais como o “Chalah”, uma espécie de pão, e muito peixe, porque este nada sempre para frente.

E você?! tem alguma história curiosa de um Réveillon no exterior? Ou, será que você tem um desejo especial de passar o ano novo em algum lugar do mundo? Qual? Bem, eu acho que gostaria de passar na China…

Beijos, feliz 2014 e até a próxima viagem!

Marina.

10 lugares para conhecer em 2014!

13 de dezembro de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Recentemente o Lonely Planet listou os top 10 destinos que você deve conhecer em 2014! Essas listas acabam comigo, gente! kkkkk Quando a gente acha que já conheceu bastante, a gente descobre que ainda falta tanto lugar show para ser descoberto! Destes dez, conheci seis, então ainda falta conhecer quatro cidades! Sendo assim, o meu post dessa semana no portalTagIt destaca essa lista que inclui desde clássicos até lugares pouco visitados!

1. Paris, França
Paris está sempre renascendo e suas atrações vão muito além da Champs Élysée. A cidade luz reserva sempre maravilhosas surpresas e aquece o coração dos apaixonados, seja em um passeio pelos seus museus, ou nos seus charmosos cafés. Morei em Paris um tempo quando tinha 16 anos, mas esta cidade é sempre tão fascinante que todos os anos, para mim, são sempre uma ótima oportunidade para celebrar Paris!

2. Trinidad, Cuba
A pequenina Trinidad entre montanhas e o mar do Caribe é patrimônio histórico da UNESCO pela sua linda arquitetura do século 19. Seu desenvolvimento aconteceu devido à produção de cana de açúcar e este mix com escravos africanos (como aconteceu em várias cidades brasileiras) que deu origem a esta rica mistura de ritmos, dança e curiosidades. Por que visitar Trinidad em 2014? Ano que vem a cidade estará em festa, pois comemora 500 anos de fundação pelos conquistadores espanhóis com festas e eventos únicos.

3. Cape Town, África do Sul
Eu sou apaixonada por Cape Town! É aquela cidade que voltaria todos os anos, se pudesse! Tem uma vibe muito especial, é linda e cheia de vida. Já foi eleita a sexta cidade mais bonita do mundo pelo Guiness Book! Em 2014 recebe um novo título: o da Capital Mundial do Design e, para comemorar, Cape Town terá um ano voltado para eventos neste segmento. Projetos sustentáveis com muito verde preservado e restauração de bairros outrora industriais, como Woodstock e The Fringe, que agora respirarão novos ares repletos de lojas estilosas e bistrôs charmosos. Por fim, o projeto de 2014 visa melhorar também o transporte público que, verdade seja dita, quando estive lá era um ponto desfavorável da cidade. Continuar lendo

Colaboração site G1: Países asiáticos estão na mira de intercambistas:

17 de setembro de 2013 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes! Tudo bom?

Já pensou em fazer Intercâmbio na China? E no Japão?Intercâmbio na Ásia, esse é o tema da pauta do jornalista Victor Tavares que tive o prazer de colaborar no site G1. Confira a matéria completa aqui!

 

 

Bjs!

Marina

 

 

 

 

 

 

Tudo que você precisa saber antes de fazer Intercâmbio ou processo de imigração legal na província de Quebec, Canadá

11 de abril de 2013 | Postado por Marina em Canada

O que é preciso pra conseguir visto de estudante?

Você procura uma escola (de línguas, de formação em algo específico, tipo música ou design ou moda…) ou uma universidade e se candidata a uma vaga. Cada escola pede uma documentação diferente, mas a maioria vai pedir, no mínimo, comprovação de estudo (diplomas), histórico escolar, identidade, tudo traduzido pro inglês ou pro francês. Essa documentação você
manda pra escola, e, se ela te aceitar, vai te mandar uma carta-convite pra estudar lá. Se for na província do Quebec ,precisa mandar uma cópia da carta para o governo do Quebec, pra poder receber o CAQ (Certificat d’Acceptation du Québec), que é um documento que é a sua permissão pra estudar no Quebec.

Ok,  Quebec já te aceitou, agora falta o Canadá. Aí, com a documentação que você recebeu da escola, da província e mais alguns formulários (tem tudo no site do CSC-VAC), você entra com o seu pedido de visto de estudante canadense. Tudo é feito pelo
correio, não tem entrevista (se tiver, é por telefone). Tudo isso demora de 3 a 6 meses.

Trabalho:

Tem dois tipos de visto de trabalho, um que você já precisa ter uma oferta de emprego do país e outro que você pede um open work visa, que é pra ir para  o país com a permissão pra trabalhar. Esse último demora mais pra sair. Outra forma é aplicar pra
imigração permanente, que é um processo que leva uns 2 anos, tem muitas entrevistas, exige um bom nível de francês. Você chega sem emprego, mas o governo dá aulas de francês, cursos de como fazer um currículo, como enriquecer o currículo e como encontrar um emprego.

O governo exige que o estudante entre com alguma quantia fixa de dólar canadense?

O estudante universitário estrangeiro paga mais caro que o estudante canadense. Nisso já tão inclusas as taxas de educação, que não são baratas, mas são mais baratas que nos Estados Unidos. As universidades (Concordia e McGill são anglófonas; UQAM é francófona) possuem programas de bolsa, e até algumas escolas também, mas para estudantes de até 25 anos. Cada universidade/escola tem sua dinâmica de pagamento: a cada semestre paga pra estudar ou paga tudo de uma vez ou vai nas mensalidades. Também acontecem empréstimos estudantis, que é o que a maioria dos canadenses faz. As escolas também são
abertas a organizar esse pagamento com o aluno. Continuar lendo

Intercâmbio em Toronto: Top 10 dicas de compras, restaurantes, passeios e achados

25 de julho de 2012 | Postado por Marina em Canada

Olá viajantes! Tudo bom?!

Rio ou São Paulo? Toronto ou Vancouver? Fico com os dois!

Passei 3 meses em Vancouver e 3 meses em Toronto e amo as duas cidades!

No último post sobre o Canadá, pedi para o Intercambista Edson Bégamo contribuir com suas dicas de Vancouver. Hoje, para continuar esta saudável disputa, convidei a Intercambista Andréa Pessoa de Melo que já fez 3 intercâmbio em….Toronto ( Isso é que é amor incondicional… não quis nem variar, foi  mesmo amor a primeira, segunda e terceira vista) para falar um pouco de seus achados por lá!Quando perguntei os seus top 10 da cidade, ela ficou meio perdida, porque segunda ela: a melhor coisa pra fazer em Toronto é simplesmente estar lá. Uau! Que poético! E agora como diria o Chapolin Colorado, sigam-me (digo, a Andréa) os bons…

Em Toronto sempre tem o que fazer, a cidade é muito organizada, limpa e segura, as pessoas são muito educadas e o sistema de transporte público é ótimo! Então a primeira coisa a fazer é comprar o cartão de transporte (ou Metropass), que é um passe mensal de transporte público (mas também tem o diário e o semanal) para passear à vontade pela cidade. Transporte garantido no bolso, vamos lá:

Andrea Pessoa de Melo

1) RichTree Market / Le Marche (restaurante) Continuar lendo

Ping Pong do Intercâmbio: 7 perguntas e respostas essenciais:

05 de julho de 2012 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes! Tudo bom?!

Hoje resolvi fazer um post meio jogo dos 7 acertos com as 7 dúvidas mais freqüentes de quem pretende fazer Intercâmbio: Enjoy! 

 1) Intercâmbio tem idade?

Não! Quando experimentamos o sabor do mundo e muito difícil que não nos interessemos por tudo o que ultrapassa as nossas fronteiras. Novas culturas, idiomas, culinária, formas de ver o mundo.. Enfim, é maravilhoso poder observar tantas diferenças e similaridades que unem e, ao mesmo tempo separam cada nacionalidade.  Intercâmbio não tem idade e, cursos de idioma têm duração a partir de duas semanas portanto nunca e tarde para fazer o seu primeiro ou o seu próximo intercâmbio!

2) Qual é o erro mais comum que os intercambistas cometem?

Querer reproduzir a sua realidade e forma de ver as coisas e achar que outras culturas devem ter o mesmo comportamento que ele. É importante, acima de tudo valorizar e respeitar as diferenças. A graça é exatamente essa: Descobrir o novo e repensar conceitos antigos.

 3) Acontece de alguns Intercambistas que não se adaptarem?

 É um percentual bem pequeno. Nos primeiros dias é normal certa angústia, saudade de casa, mas a grande maioria se adapta com o tempo. Acho que deve ser muito ruim voltar e abandonar um intercâmbio antes do tempo. Deve dar uma sensação de “não realizado” se for possível, é interessante utilizar-se deste processo para se tornar mais maduro, preparado, autoconfiante e descobrir -se mais forte superando as dificuldades iniciais. Continuar lendo

Estudantes brasileiros estão entre os que mais viajam para outros países, Salão do Estudante 2012 trará novidades!

01 de março de 2012 | Postado por Marina em Bolsas de Estudo

Olá viajantes! Tudo bem?!

Há 10 anos o Brasil engatinhava e eram poucos os brasileiros que conseguiam colocar o pé na estrada e conquistar o mundo (cerca de 10 mil). Hoje, nosso país é o maior “exportador” de estudantes da América do Sul.

Em 2011, cerca de 365 mil brasileiros foram estudar fora, número que deve aumentar por volta de 50% em 2012. Os dados são da organização do Salão do Estudante, maior feira de intercâmbio e cursos no exterior da América Latina, que acontece duas vezes por ano em diferentes capitais brasileiras.

Este ano, o evento, que acontecerá dias 10 e 11 de março em São Paulo e depois seguirá para mais seis capitais brasileiras. Continuar lendo

Página 2 de 41234