define('DISABLE_WP_CRON', true); Blog Intercambio | Blog do intercambio - Intercâmbio de A a Z por Marina Motta - Part 7

Posts com a tag blog intercambio

10 coisas que a gente aprende quando viaja sozinha…

23 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

1) Que dá para escolher quando queremos ficar sozinhas e quando queremos fazer
amizade e, desfrutar da própria companhia pode ser melhor do que imaginávamos!

2) Que sempre tem alguém na mesma situação que a gente!

3) A nunca sair de casa sem guarda-chuva, identidade e um dinheiro extra para o táxi.

4) Que a intuição é um aliado poderoso! Se não parece seguro, provavelmente não é.

5) Que você é mais tolerante a diferenças do que pensava.

6) Que você fica mais conectada à cheiros, sons e aromas e mais abertas a novas amizades.

7) Que até mesmo na Mongólia,  mímicas podem quebrar o maior galho, mas que um sorriso sincero é milagroso.

8) Que você não precisa (mesmo) de tantas roupas para ser feliz.

9) Que  interpretar e “ler” mapas não é assim tão difícil como eu pensava

10) E, que ficar perdida pode ser a melhor maneira de se encontrar!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Carreira e futuro profissional são tema de palestras promovidas pelo STB esta semana:

17 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Entre os dias 17 (quarta) e 19 de Agosto (sexta), estamos promovendo ciclo de palestras em Recife com o consultor de carreiras Dorival Pinotti, ex- diretor para Latin America Les Roches, renomada escola de negócios, gastronomia e hotelaria na Suíça.

O tema abordado em colégios será “Como tomar a decisão correta sobre o futuro e a carreira” e, em faculdades, a abordagem será o tema “Futuro profissional: Qual caminho seguir e como atender as necessidades que o mercado exige”.

 

Bjs!

Marina.

Montreal: A cidade é bilíngüe, mas as opções de diversão são múltiplas! Seguem aqui as Top 5´s!

13 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Canada

Oi Viajantes!

Se você pretende visitar Montreal  no inverno, engana-se se pensa que as pessoas ficarão trancadas em casa só porque lá fora a temperatura média é de meros – 20! kkkkk

Montreal é uma cidade animada, multicultural, festiva e LINDA!

Ah, e se você acha que só quem comemora e faz festa (de verdade) é o brasileiro, assista a um típico jogo de Hockey no Bell Centre (www.centrebell.ca) e lembre-se das comemorações das finais de campeonato de futebol do Brasil!

Também no inverno, não deixe de ir ao Mount Royal que inspirou o nome da cidade: Montreal. Além de ter uma vista linda da cidade, tem parques para curtir um friozinho bem canadense e depois se aquecer com um chocolate quente!

Abaixo outras atrações imperdíveis desta cidade due (metade inglês e metade francês) que vem encantando cada vem mais brazucas seja para aperfeiçoar o inglês, o francês ou mesmo morar definitivamente (já que o programa de imigração a província de Quebec, onde Montreal fica localizada, é super “friendly” aos brasileiros qualificados que buscam a residência permanente)!

1)Churches- l’eglise:

Say a Little Prayer for You: Existem diversas igrejas bonitas em Montreal. A mais imponente delas é a Saint Joseph´s Oratory. E, você não precisa ser religioso (a) para apreciar esta linda construção arquitetônica!

 

2) Festivals – le Festival

Existem dois festivais de peso em Montreal: O Jazz Festival (www.montrealjazzfest.com) que acontece no verão e é imperdível E, para os amantes das comédias Stand up´s (Agora super in no Brasil), vale dar uma risada “em inglês” no Just for Laughs Festival (www.hahaha.com)

3) Shopping- faire du shopping

Shopaholics de plantão não passam frio em Montreal! O metrô é conectado com o principal shopping da cidade então, nada de congelar as mãozinhas enquanto carrega as compras pela neve!

4) Fun- l’amusement

Se você sentir uma saudadezinha dos parques da Disney, desfrute do La Ronde (www.laronde.com/), um dos membros do parque SixFrags na Califórnia. As montanhas -russas são das mais radicais!

 

5) Eating- manger

Em um domingo frio  em que o edredom não lhe deixar sair da cama, acorde mais tarde e desfrute de um brunch (mix de café da manha e almoço) no Chez Cora (http://www.chezcora.com/montreal-centre-en). Experimente os Crepes, as frutas frescas e um pouco de Nutella (que ninguém é de ferro!).

Se animou?! Quer dicas de escolas de inglês e de francês por lá?! Recomendo a LSC (www.lsc-canada.com/) e a ILSC (www.ilsc.ca) !

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Aumenta o número de estudantes em busca de intercâmbio no exterior

11 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Segundo gerente de agência de intercâmbios, não há idade para estudar em outro país; neste ano, apenas na Unicap, 71 estudantes devem fazer intercâmbio.

Assista o vídeo clicando aqui!

Aeroporto Londrino de Heathrow vira “musa inspiradora” pela segunda vez!

11 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Inglaterra

Segundo o escritor Tony Parsons, os aeroportos são “uma porta de embarque para a aventura”.

Verdade!  Não posso discordar dele e também acrescentar que os aeroportos de fato são o palco de muitas descobertas e histórias para contar….Tá aí, o reality da GNT “Chegadas e Partidas” (que já está em sua segunda temporada) e não me deixa mentir!

Desde esta terça-feira, Tony Parsons, escritor que também adora viajar, está instalado no aeroporto londrino para escrever uma publicação que, depois de editada, terá distribuição gratuita de 5.000 exemplares aos passageiros de Heathow em Outubro.

Este é o segundo livro que usou Heathrow como base de produção literária!  Em 2009, o filósofo Alain de Botton também escreveu uma obra baseado nesta idéia de  instalar-se em Heathrow e que foi super bem recebido pela crítica. A diferença é que a proposta de Parsons é de ficção!

Agora é esperar para ver (digo, ler)! E, como Heathrow tem um movimento anual de 65 milhões de passageiros, o que não vai falta para o escritor  é inspiração!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

VIAGEM CIBERNÉTICA: MAIS “CLIQUE A CLIQUE” E MENOS “BOCA A BOCA” – MEUS TOP 5 SITES OU APLICATIVOS DE VIAGEM!

08 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Viajar podendo ter acesso prévio a fotos, localização, opiniões e vídeos dos destinos escolhidos e, sem duvida uma “mão na roda” para evitar surpresas indesejáveis e quebras de expectativa.A facilidade de poder simplesmente colocar a palavra no Google e “como em um passe de mágica” encontrar todas as informações que deseja é realmente fantástico. Além de e claro, poder xeretar bairros e ruas com o Google Earth e já ir criando uma opinião própria sobre as redondezas e ir se planejando quanto ao entretenimento e ao transporte locais. Santa Internet…..

Imagine agora como fica mais fácil a questão do intercâmbio? Em dois tempos você localiza sua futura casa e bairro e ainda vai mais além, checa também o perfil dos seus futuros familiares no facebook com fotos, preferências, etc. Imagine só há alguns anos atrás, (não precisa ir tão longe, para a época dos seus pais) apenas cerca de 10 anos, eu própria vivenciei de perto esta mudança. E, sem Google Earth, existia um mistério maior quanto ao local onde iríamos viver. Enquanto poderíamos nos sentir mais inseguros, de certa forma, o fator surpresa tinha lá a sua graça.Também escrevi e recebi muitas cartas e cartões postais em meus primeiros intercâmbios até os 18 anos. Melhor do que receber um e-mail? Ou, mesmo conversar cara a cara via Skype?! Bem, nem melhor, nem pior, diferente. E, como tudo na vida, nos adaptamos a mudanças (inclusive as tecnológicas). A verdade é que sempre gostei muito de papel. Quando criança, colecionei muitos papeis de carta e, até hoje faço álbuns com fotos, recortes no estilo scrapbook , assim como adoro folhear uma boa revista da semana ou “me abraçar” com um livro que, eventualmente, me coloca “para dormir”. No entanto, conviver com as duas fases talvez tenha me tornado um pouco nostálgica deste lado imaginativo e lúdico e do timing que gerava mais expectativa e ansiedade, no entanto, em tempos cibernéticos, a praticidade do e-mail e das mensagens via redes de relacionamento são mesmo incontestáveis e, me encanto com as descobertas diárias da tecnologia, mas, acredito no equilíbrio!

Semana passada, por exemplo, fiquei chocada ao ler um artigo em que educadores do Estado de Indiana nos EUA vão abolir a escrita tradicional das escolas alegando que, em um mundo digital, ela não mais teria sentido. Hãaa? Como assim?! Isto não seria demasiadamente radical? Pergunto-me como estes adultos poderão então deixar um recado telefônico na geladeira ou escrever um cartão de amor daqueles em que a pressão da caneta por vezes diz mais do que meras palavras? Ou, ainda, como então entenderão as cartas de seus avós, caso, por ventura, tivessem a sorte de encontrá-los em um baú? Aquelas letras poderiam até mesmo parecer outra língua, não eh?! Um intercambio de palavras no passado ou de palavras ao vento onde o tempo os impediria de interpretar?! Deixando os meus devaneios de lado e, voltando à questão da busca pelo equilíbrio, não podemos ignorar que, estas novas ferramentas ajudam não só intercambistas, com viajantes em geral. Então aqui, segue uma lista de sites ou aplicativos que considero bastante interessantes:

1) TripAdvisor: Como pesquisar hotéis sem checar este site? Quase impossível não é? Considerado o site mais completo e confiável para viagens do mundo, aqui viajantes colaboram com resenhas e notas de hotéis e restaurantes. www.tripadvisor.com.br

2) Qype: Fundada na Alemanha e operando em diversos países (inclusive o Brasil), aqui internautas também postam desde 2006 suas dicas sobre viagens. www.qype.com.br

3) Booking: Para reservar hotéis com tarifas bastante competitivas, este site oferece milhares de opções, mas é importante ficar atendo as regras de cancelamento e saber que como o serviço é todo on-line é mais indicado para um tipo de viajante mais descolado e independente. www.booking.com.br

4) AroundMe: A partir de sua localização via GPS, é possível baixar gratuitamente este aplicativo viaI phone ou I pad para descobrir o que há de serviços e atrações a sua volta. Restaurantes. Lojas, etc.

5) TripTracker: Outro aplicativo excelente para I pad ou I phone que permite que você tenha informações atualizadas em tempo real sobre status dos vôos, condições climáticas e portões de embarque.

Tem outra dica de site ou aplicativo legal para compartilhar?! Então, escreve para a gente!

Bjs e até a próxima viagem!
Marina

IMIGRAÇÃO SEM ESTRESSE! TOP 10 DICAS PARA SE DAR BEM EM SUA PRÓXIMA VIAGEM INTERNACIONAL!

05 de julho de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Entra ano, sai ano. Viagens têm início e fim e,  este papo de “medo de passar na imigração” ou de “não ter o visto concedido” (ainda no Brasil) é sempre pauta entre viajantes.

Mas, afinal, como garantir um final (digo, um início de viagem) Feliz quando o assunto é IMIGRAÇÃO??!

 Abaixo seguem as TOP 10 dicas para você se dar bem em sua próxima viagem Internacional:

1)      ENTENDA QUE O OBJETIVO DA IMIGRAÇÃO NÃO É TRAUMATIZAR NENHUM VIAJANTE e, sim,  ENTENDER SUAS INTENÇÕES NO PAÍS!

2)      MANTENHA CALMA,  responda apenas ao que for perguntado e esteja munido de todos os papéis necessários. QUAIS? Vamos falar sobre eles agora:

3)      Tenha em mãos passaporte válido com mínimo de validade de seis meses da data da viagem e, se possível, passaporte anterior se tiver entradas em outros países.

4)    QUAL O SEU OBJETIVO NESTA VIAGEM? Estudar? Então deve ter em mãos o comprovante de matrícula da escola. TRABALHAR? Então, apresente a oferta de emprego da empresa. PASSEAR? Nesse caso, mostre suas reservas de hotéis e/ou passeios.

5)     ONDE FICARÁ ACOMODADO DURANTE A VIAGEM?! Seja em CASA DE FAMÍLIA, RESIDÊNCIA ESTUDANTIL, ALBERGUE ou HOTEL, você precisa mostrar o COMPROVANTE DE RESERVA DESTA ESTADIA. Caso esteja ficando na CASA DE AMIGOS então se preocupe em pedir que eles confeccionem uma CARTA CONVITE e certifique-se de que estão legais no País.

6)      RENDA: VOCÊ PRECISA COMPROVAR QUE TEM COMO MANTER-SE NO PAÍS! Tenha consigo DINHEIRO EM CASH (Cerca de USD 800 ou EUR 700 no mínimo) + um cartão de crédito e/ou de débito internacional.  

7)      NÃO DEIXE DE ADQUIRIR UMA ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL! E, FIQUE ATENTO PARA COBERTURA! Mínimo USD 50.000 ou EUR 30.000.

8)      Antes de viajar, entre em contato com o Consulado ou a Embaixada do País (ou dos Países de destino) para saber da necessidade de Visto e/ou de Vacinas. Ex: O visto de alguns países como EUA ou Canadá pode levar cerca de um ou dois meses para conseguir agendar uma entrevista ou ter o processo todo analisado (principalmente perto da época de férias) Já a Austrália e a África do Sul exigem vacina contra Febre Amarela e esta deve ser tomada no mínimo 10 dias antes da viagem. DICA: Antecipe-se e evite estresses e custos de remarcações de última hora!

9)      VÍNCULO NO BRASIL: Quanto mais puder comprovar vínculo com seu país de origem melhor! Trabalha?! Então pegue uma declaração de férias do trabalho. ESTUDA?! Então não deixe de providenciar um comprovante de vínculo com a Escola ou Faculdade. Tem uma Empresa em seu nome?! Ótimo, leve consigo! Está deixando esposo (a) e/ou filho(s) no Brasil, bom, tenha estas informações em mãos também.

10)   Sim, o Consulado, a Embaixada ou a Imigração de um País são SOBERANOS. Ou seja, eles tem sim poder para proibir a entrada de um estrangeiro em seu território então, busque seguir as dicas acima para tentar reduzir este risco de ter este tipo de inconveniente. Garantir 100% ninguém pode, mas seguindo estes passos, suas chances de se dar bem, aumentam e muito!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Vino, Vibe & Dulce de Leche em Buenos Aires

04 de julho de 2011 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Contribui com o Jornalista Igor Zahir no TOP 5 de Gastronomia de uma revista que adoro! A LOLA! Quem quiser conferir minhas dicas de BUENOS AIRES o link é este aqui: http://lolamag.abril.com.br/gastronomia/vino-vibe-dulce-de-leche-em-buenos-aires/

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Facilidade: Novas regras para viajar com crianças já estão em vigor:

06 de junho de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Uma novidade tem início hoje:  Os pais ou responsáveis de crianças que vão viajar para o exterior acompanhadas de apenas um do pais, de terceiros ou sozinha, precisarão apenas preencher um formulário  próprio (ou redigido /de próprio punho com as mesmas informações)  assinado pelo pai e pela mãe e o reconhecimento da assinatura pode ser apenas por semelhança, ou seja, o reconhecimento da firma em cartório. (Antes precisava ser por autenticidade, ou seja, na presença de um tabelião).

A autorização também não precisa mais da fotografia da criança/adolescente como antes e terá validade de dois anos. As medidas já estão em vigor e são obrigatórias até os 18 anos do jovem.

Link do formulário:

http://www.dpf.gov.br/servicos/viagens-ao-exterior/3_edicao_manual_menores.pdf/

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE PARIS:

21 de maio de 2011 | Postado por Marina em França

1) Paris é dividida em 20 ‘arrondissements’

Os arrondissements de Paris correspondem a uma divisão administrativa em vinte áreas municipais. Estes 20 arrondissements estão distribuídos segundo uma espiral que se desenvolve no sentido dos ponteiros do relógio a partir de um ponto central da cidade localizado no Louvre  (1º arrondissement). É assim que os números mais baixos correspondem a arrondissements mais centrais e os números maiores aos arrondissements mais distantes do centro.

Cada arrondissement está subdividido administrativamente em quatro bairros(quartiers, quartos), que correspondem aproximadamente aos quartos noroeste, nordeste, sudoeste e sudeste do respectivo arrondissement.

Desta forma, os  endereços a numeração de cada “arrodissement começa por  75  e termina pelo numero corresponde ao bairro em que ele se situa, por exemplo,  um endereço  situado  próximo ao Louvre terminará com o numero 1 ou seja 75001, então, fica mais fácil identificar um endereço de um hotel em relação ao quartier que ele fica localizado e  saber se, eventualmente, ele é bem localizado.

2) Paris é chique e refinado por si só, mas saiba quais são os bairros mais “trends” por lá:

Quartier Latin:  Situado na famosa Rive Gauche ” (lado esquerdo do Sena) ao sul, tem tudo que vc precisa para ser  feliz , ruas, ruelas feitas para perambular , se perder, se achar e a cada dia uma nova descoberta, é inesgotável, meu bairro predileto de coração sem falar na “ambiance ” de todos os cafés que  fazem dele um dos quartiers mais míticos de Paris..

O Marais: Bairro repleto de  artistas, e pessoas do mundo da moda, como são germain , feito para se perder nas ruelas e ruelas sem fim.

Montmartre: Com sua  famosa ” Place  du Tertre ” com seus pintores e artistas ,cafés restaurantes,  e a famosa e deslumbrante Catedral de Sacré Coeur. Ótimo programa para um passeio durante o dia

 

3) A maioria dos museus são FREE no primeiro domingo do mês.

Isto inclui Musee d’Orsay, Museum Pompidou e o Louvre. Então aproveite!

4) O Rio Sena é uma atração à parte.

Dividindo Paris em duas partes com bancos para relaxar, pontes para ligar os dois lados e seus deliciosos boat tours , isto é, o famoso  ” Bateaux Mouches “.  Depois de um dia batendo perna, poder admirar a luz rosada de Notre Dame  no por do sol , um  espetáculo único  e inesquecível.que percorrem vários pontos turísticos da cidade e que valem muito a pena!

5)Você pode ir por toda parte de Metro, RER (trem), ou “vélo” (bicicleta)

A rede de metro de Paris é uma das melhores do mundo, vc pode ir por toda parte de Metro,( do1 ao 20 arrondissement ) ou ainda utilizar ou RER (trem) para distancias mais longas ou mesmo o famoso TGV ( trem de grande velocidade ) para conhecer as cidades que situam em tornode Paris.

Vélo: Você também pode alugar bicicletas por toda cidade. Você fornece os dados do seu cartão de crédito paga uma taxa de 1 Euro e, os primeiros 30 minutos são gratuitos e, depois você paga pelo tempo que ficar. Ex: 2 horas custa cerca 7 euros. Uma forma barata de bater perna e também de queimar as calorias!

Dica:  Chegando em Paris pela primeira vez  melhor forma de conhecê-la é comprar um passe de 2 dias  nos famosos ” Cars Rouges “, onibus circulares de dois andares que param em todos os monumentos e que passam a cada 15 minutos o que nos dá  a sensação de ter  “um motorista ” a nossa sua disposição durante 2 dias…

6) Compras em Paris

O lugar mais turístico para compras em Paris é a Champs Elysées, mas se quer fugir um pouco do lugar comum, sugiro a Rue de Rivoli , Rue Saint Denis e Rue des Lombards. Além disto, passear pelas rue Cambon (1), Avenue montaigne (8), faubourg saint-honoré (8) e rue de sévres(7) é “cara” de Paris.

7) “Think Green” :

Além de museus, lojas e cafés maravilhosos, existem vários parques e áreas verdes imperdíveis em Paris:

Jardin du Tuileries: Lindo jardim na frente do Museu do Louvre.

Parc du Champ de Mars: Um ótimo lugar para relaxar bem abaixo da Torre Eiffel.

Jardin de Trocadero:  Pequeno jardim do lado oposto do rio onde fica a Torre Eiffel.

Jardin de Luxembourg: Localizado no 5th Arrondissement, é um dos mais famosos jardins de Paris e também o meu preferido. Lá tem também ou Palais du Luxembourg. Uma das construções mais bonitas de Paris.

8) Comer e beber em Paris

Quartier Latin: Adoro os restaurantes gregos da Rue de la Huchette. Já na rue Mouffetard e na rue Pot de Fer, você pode ir para típicos restaurantes franceses.

Belleville: Para quem gosta de comida asiática, este é o lugar.

Além disso, por toda parte, você encontra aqueles deliciosos crepes de rua com queijo emmental e chocolate nutella para aquela “fominha” sem culpa de calorias.

9) La nuit à Paris

Já os restaurantes mas “hipados” para uma “night out” são: La Cantine du Faubourg (www.lacantine.com), Maison de la Truffe (www.maision-de-la-truffe.fr) , Le Stresa (www.lesstresa.com),  Lê Relais de L´Entrecôte (www.relaisentrecote.fr). E, o restaurante do momento o La Societé (www.restaurantlasociente.com). Ah, e, a Torre Eiffel é ainda mais mágica à noite.

10)Você pode morar e estudar em Paris sem visto por até 90 dias:

Existe uma escola no Quartier Latin chamada Eurocentres que tem cursos de francês começando o ano todo e que absorve todos os níveis de idioma (do iniciante ao avançado) e que você pode fazer desde duas semanas de curso até um ano. Além da opção de acomodação em casa de família, também tem opção de residência estudantil ou flat. Passei 2 meses lá estudando francês e fiquei acomodada em uma casa de família. Nem precisa dizer que foi uma experiência maravilhosa!

Outra opção fantástica para os amantes da moda e do design são cursos de férias e cursos de maior duração no Istituto Marangoni.

Se o seu negócio é culinária, então nada melhor do que estudar no Le Cordon Bleu. Possivelmente “A escola” mais famosa do mundo quando o assunto é e gastronomia. 

Mais informações, fale com o STB (www.stb.com.br), recife@stb.com.br  ou (81) 2123-4522.

 Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Página 7 de 8« Primeira...45678