Warning: ob_start(): non-static method wpGoogleAnalytics::get_links() should not be called statically in /home/intercam/public_html/wp-content/plugins/wp-google-analytics/wp-google-analytics.php on line 259
BRISBANE | Blog do intercambio - Intercâmbio de A a Z por Marina Motta

Posts com a tag BRISBANE

Intercâmbio na Austrália: Mergulhe nessa aventura e use filtro solar!

21 de agosto de 2010 | Postado por Marina em Austrália

Conhecido como “um Brasil que deu certo” pelo fato de ter belezas naturais, clima excelente, belas praias e muita natureza, porém, ser muita segurança e ter pouquíssima criminalidade, a Austrália é, realmente um sucesso! Mal dá para acreditar que, a Austrália foi descoberta uns 200 anos depois do Brasil e que, ainda por cima os Ingleses fizeram a ilha de prisão para as piores figurinhas ou, como chamamos em Recife, “alminhas sebosas” da Inglaterra.

Pois bem, mesmo assim a Austrália conseguiu ultrapassar o Brasil em muitos aspectos. Em minha opinião, o único defeito da Austrália é que é muito longe! Longe do Brasil, dos EUA, da Europa! Ou seja, simplesmente longe da gente! Fica perto, no entanto, da Nova Zelândia, e de vários países asiáticos, Japão, China, Indonésia…A viagem para lá é longa, levamos mais de 24h para chegar, mas todos que já foram,vão concordar, a distância vale a pena, com certeza!

Outro detalhe é que o fuso horário de 13h faz com que todas as vezes que queremos falar com o Brasil tenhamos que fazer continhas para saber se não vamos acordar todo mundo! Em contrapartida, eles são um dos primeiros a comemorar o Ano Novo! Já que com esta diferença toda acabam rompendo o dia 31 de Dezembro vem antes que a gente!

A Austrália não é feita só de Cangurus, Coalas e tribos aborígines (apesar de eles serem uma atração à parte e motivo de foto obrigatória), mas o País é mesmo especial! É uma terra de contrastes: praias douradas e arrebatadoras, ricos recifes de corais com vida marinha, uma das sete maravilhas do mundo – A grande barreira de corais, florestas tropicais, montanhas e, no centro, vastas terras para pasto e desertos. É, também, o único país a ocupar um continente inteiro. Cercado pelos oceanos Índico e Pacífico.

Diferente do que muitos pensam, a capital da Austrália não é Sydney, É Canberra que uma cidade planejada e sofisticada, construída em torno de um lago artificial, algo como Brasília melhorada…kkkkk

No entanto, Sydney, na verdade, é a maior, a mais velha e a mais famosa cidade da Austrália. Esta cidade cosmopolita se localiza em um porto espetacular que é freqüentemente considerado um dos mais bonitos do mundo. Sydney é famosa por suas praias urbanas e eventos culturais. Em 2000, Sydney hospedou os “melhores” jogos olímpicos já realizados. Em Sydney o estudante pode optar poder uma escola no centro, em Bondi Beach o local da galera descolada ou ainda em Mainly que é a preferida dos surfistas.

Aos 16 anos, fiz um intercâmbio de 1 mês em Sydney e estudei na escola SELC (http://selc.com.au/) que fica em Bondi Junction, Entre Bondi Beach e o centro e,tive a sorte de morar em uma casa de família na badalada Bondi Beach. Adorei a minha experiência por lá. Os Australianos são normalmente muito abertos e receptivos e, depois do meu curso, fiz uma viagem de 15 dias (tour contiki: www.contiki.com) pela costa da Austrália subindo até Cairns onde pude fazer uma das coisas mais fascinantes da minha vida – Mergulhar na grande barreira de corais! Uma experiência única! Fernando de Noronha é muito bom, mas a barreira de corais é realmente muito melhor!

Como, nesta viagem, também pude conhecer outras cidades, vou falar um pouquinho delas:

Brisbane, a terceira maior cidade da Austrália. Atividades se centralizam em torno do Rio Brisbane com restaurante beira rio, mercados, parques e calçadas beira-rio. Uma vantagem é que, normalmente, tem menos brasileiros do que Sydney.

À uma hora do sul de Brisbane encontra-se uma extensão do Oceano Pacífico com praias de surfe e resorts conhecida como Gold Coast. À mesma distância ao norte está a Sunshine Coast – um encadeamento de praias igualmente popular.

Já no sul da Austrália, abaixo de Sydney, portanto, não cheguei a conhecer, tem a cidade de Melbourne que é um mundialmente renomado centro cultural, artístico, e financeiro. É uma cidade com um clima mais frio e com um estilo mais europeu.

Em todas estas cidades existem colégios para você fazer um programa de high school (colegial no exterior) e, também escolas legais de idiomas para você fazer curso de inglês geral ou com foco em negócios, certificados e, ainda, combinar inglês com surf ou mergulho, ou seja, melhor impossível!

Entre algumas escolas de idiomas existem as seguintes: a Embassy Ces, o Eurocentres, a ACE, a Kaplan, e a SELC, sendo, esta última, a escola que eu estudei. É importante saber que até mesmo pela localização da Austrália no mapa, existe uma grande concentração de alunos asiáticos na maioria das escolas, mas também tem europeus, latinos etc. E outra coisa é que a Austrália fica embaixo no buraco na camada de ozônio então, força no protetor solar, já que os índices de câncer de pele são maiores por lá.  

Outra grande vantagem é a empregabilidade:Estudantes com visto acima de quatro meses, podem trabalhar legalmente no país; inclusivive o escriório do STB em Sydney (www.stb.com.br) ajuda os intercambistas com este objetivo – encontrar emprego por lá!

 

Então gente, é isto: Diversidade, inovação e excelência definem a educação que a Austrália tem a oferecer. Explore as possibilidades da educação Australiana neste país lindo, acolhedor e com pessoas amigáveis.

É raro um estudante estrangeiro reclamar sobre sua estadia na Austrália. Pelo contrário, quase todos têm uma boa experiência e regressam ao seu país com uma qualificação reconhecida, experiência internacional. 

Esperam que tenham gostado de conhecer um pouco mais da Austrália, como dizem os australianos: G´day!

E, até a próxima viagem!

Bjs

Marina