Warning: ob_start(): non-static method wpGoogleAnalytics::get_links() should not be called statically in /home/intercam/public_html/wp-content/plugins/wp-google-analytics/wp-google-analytics.php on line 259
Dicas De Viagem | Blog do intercambio - Intercâmbio de A a Z por Marina Motta

Posts com a tag dicas de viagem

Viajar é caro? Nem sempre! TOP 13 programas FREE para você fazer enquanto estiver viajando:

18 de janeiro de 2012 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

1. Visitar museus

Londres, mesmo sendo considerada uma das cidades mais caras do mundo,tem uma grande vantagem:  a  maioria dos museus é gratuita sempre. Em outras capitais, alguns dias também são gratuitos: O Louvre em Paris é FREE no primeiro Domingo de cada mês. Já o MoMa de NY e gratuito nas sextas-feiras entre 16 e 20h.

2. Fazer walking tours

Em NY, o Big Apple Greeters, tem tours andando gratuitos enquanto  Sandeman’s New Europe Tours oferece FREE tours em Amstersdam, Berlim, Londres, Paris, Madrid entre outras!  Vai para a Austrália? Em Sydney, o I’m Free opera um tour similar.

3. Comer

Uma tradição nos pubs irlandeses é ter comida gratuita nas sextas-feiras a tarde. Pode ser pizza, sanduiches etc…. Em Milão e, em várias cidades italianas  comprando bebida você tem muitos aperitivos grátis também. Está em New York? segue aqui uma lista de 10 bares que serves comida de graça!  – ten bars that serve free food

4. Assistir à shows de música ao vivo

Se você está em Edimburgo (Escócia) o ‘Whistlebinkies’ em South Bridge tem música gratuita quase todas as noites. Isto também acontece no Red Lion  na Bleecker Street em Greenwich Village em NY. Em Londres, no bar ‘Ain’t Nothin’ But The Blues’  na  Kingly St no Soho e em Paris, no ‘Le Pompon’ na Rue des Petites Ecuries. Se estiver em Melbourne na Austrália, vá ao The Esplanade no bairro St Kilda. Já se estiver em Vancouver, o Railway Club na Dunsmuir Street  também tem música ao vivo for free!

5. Visitar os cartões postais da cidade!

Em Berlim o Brandenburg Gate, em San Francisco, a Golden Gate Bridge, em Sydney, a Opera House, em Istambul, a Mesquita Azul, em Paris, a Torre Eiffel! Já parou para pensar que para tirar AQUELA FOTO e ver AO VIVO o que você sempre viu em cartão postal é normalmente de graça!?

6. Faça novos amigos

Viajar sozinho ou com pessoas abertas a fazer novas amizades pode ser um dos highlights de uma viagem! Em cada canto do mundo sempre haverá  potenciais novos amigos ou companheiros de viagem que podem vir a ter uma super afinidade com você! Give new friends a change!

7. Ficar em forma

Economizar em transporte público, conhecer mais a fundo cada lugar  e perder calorias para poder comer sem culpa mais tarde! Estas são três grandes vantagens de percorrer cidades à pé.

8. Visitar templos ou Igrejas

Normalmente gratuitos ou custando apenas uma pequena contribuição, muitas cidades têm na sua fé a explicação para muito da sua cultura! Não deixe de conhecer templos na Ásia ou Igrejas na Europa – São passeios baratos e quase sempre fascinantes mesmo que você não seja lá tão religioso.

9. Observar as pessoas na rua

Muita gente fala que parisiense é chato, mas tá aí uma coisa que eles respeitam muito: Você sentar em um café super badalado, pedir apenas um espresso e ler todo o seu jornal alí enquanto aproveita para observar a movimentação da linda Paris sem ser incomodado. Em várias praças e avenidas na Itália, isto também pode ser um ótimo programa enquanto você saboreia um típico gelatto. Quer uma sugestão? experimente a Piazza della Signoria em Florença. Está nos EUA? A Venice Beach em Los Angeles também pode ser este lugar de contemplação de gente!

10. Rir muito sem gastar um centavo

Na moda das comédias Stand Ups, várias cidades oferecem programações gratuitas neste sentido. Em Londres, uma das comédias gratuitas mais populares é o ‘Geek Night’  que acontece no primeiro domingo do mês na  Soho’s comedy club. Em Chicago, o Comedy Sportz Theatre também tem comédia grátis.

11 Explorar os mercados públicos

Mercat de la Boqueira em Barcelona, Monasteraki Fish Market  em Atenas, Souks (mercados) em países árabes….Com certeza, toda cidade terá um mercado típico esperando por você!

12. Passar um tempo só observando o mar

Eu amo sol e praia! E, em muitas cidades do mundo, passar um tempo em suas praias é um must do!  Sydney, Vancouver, Cape Town são só alguns exemplos! Até Paris faz praia artificial no verão!

13 Relaxar no parque

Se a cidade não tiver praia não tem problema, o parque pode cumprir este papel! Central Park em NY, High Park em Toronto, Englischer Garten em Munique…Neste ultimo tem até surfista no rio!

E aí? Gostaram as dicas para viajar bem e batato?

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Londres? NY? Paris? Não!Saiba quais as 10 cidades mais caras do mundo:

21 de fevereiro de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Sempre ouvimos falar que Londres é muito cara e que intercâmbio na Inglaterra é inviável. Será?!

Felizmente, a libra esterlina (ou pound) vem caindo bastante e isto vem tornando Londres cada vez  mais próximo da realidade do brasileiro.

Quando a vontade é ir para Paris, Berlim, Roma ou Barcelona, as coisas também melhoraram já que o Euro também tem  se tornado mais acessível para nós.

Então se seu sonho é ir para o velho continente, não deixe de checar as possibilidades atuais basta escolher acomodações e refeições mais baratas que a  passagem, você parcela no cartão e nem sente….Excursões/Tours como o contiki (www.contiki.com) que podem ser uma ótima opções.

Já no caso dos EUA, nem se fala!  Lí na Revista Veja esses dias que muitos vendedores americanos das lojas caras de NY, estão, pasmem, falando português fluente! Claro, de olho nos brasileiros que estão gastando cada vez mais em terras do Tio Sam.

Outro dado que me impressionou muito foi o de um amigo da Polícia Federal que comentou que, este ano, a demanda por passaporte aumentou em 70%. Imagina isso! É muita coisa! Por isto, a espera para agendar  a solicitação do documento pode levar até 3 meses dependendo da cidade. 

Viajando nacionalmente pela Gol, ou Tam, vemos que hoje viajam de avião as classes A,B,C e até D a Z e isto,  é absolutamente fantástico. Movimenta a economia do país e aquece o turismo interno, antes tão inacessível.

Pois é, parece mesmo que “nunca antes na história deste País” se viajou tanto, então não fique por fora desta onda! Agora, basta escolher bem seu destino! Algumas cidades, como por exemplo as listadas  abaixo, ainda são consideradas as mais caras do mundo:

 No. 1: Tokyo, Japan

No. 2: Oslo, Norway

No. 3: Luanda, Angola

No. 4: Nagoya, Japan

No. 5: Yokohama, Japan 

No. 6: Stavanger, Norway

No. 7: Kobe, Japan

 
No. 8: Copenhagen, Denmark

 
No. 9: Geneva, Switzerland


No. 10: Zurich, Switzerland

 Bjs e até a próxima viagem!

Marina

A Arte de viajar sozinho – Manual com TOP 20 dicas para não cair em roubadas!

10 de janeiro de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Quem nunca teve a sensação de estar esquecendo de alguma coisa quando acabou de arrumar a mala?! Ou, ainda, quem nunca se sentiu um pouco inseguro em lugares que não lhe são familiares?!

 Janeiro – férias de muita gente então, pensando nisso, segue uma lista que vai ajudá-lo(a) a não vacilar quando estiver viajando sozinho (ou não):

​1.​ ​Leia guias sobre o seu destino de viagem. Busque por dicas de segurança e, se for mulher, dicas específicas de como se proteger para evitar situações de risco.

​2. Pack light – Tente levar uma mala leve – lembre-se  de que quando viajamos, as roupas informais acabam prevalencendo então não precisa levar grande quantidade de sapatos, bolsas, etc. Afinal, sempre existirão comprinhas no caminho então,  menos é mais – assim, você evita pagar excessos de bagagem e também dá uma folga para sua coluna.

​3. Contrate uma Assistência Médica Internacional​,  nunca se sabe quando se vai precisar. O blog recomenda a Assistência Médica ISIS (www.isisbrasil.com.br) Lembre-se de que, na maioria dos países da Europa, é exigida uma Assistência Médica com cobertura mínima de EUR 30.000.

 ​4. Não se esqueça de contabilizar as suas milhagens no aeroporto no  seu check in! Com algumas viagens internacionais você já consegue  passagens FREE de ida e volta para a América do Sul ou Brasil (já que em ambos os casos, basta-se apenas 20.000 milhas).

​5. Tenha sempre consigo um cartão de crédito internacional e algum dinheiro em cash.​ O cartão VISA costuma ser muito bem aceito no exterior. Outra opção interessante é um VTM (Visa Travel Money) que é um cartão de saque ou débito em conta e que pode ser encontrado em casas de câmbio.

​6. Se for mulher, não leve TODO o seu dinheiro dentro da sua bolsa enquanto estiver batendo perna pela cidade. Tenha consigo apenas uma parte do dinheiro, cartão de crédito e cópia do passaporte e, guarde sempre a maior parte do seu dinheiro e seu passaporte no cofre do hotel ou na sua mala trancado. Quando for viajar de avião, trem, ônibus ou navio, aí sim, fique com tudo para não correr o risco de perder a mala com roupas, passaporte e todo o seu dinheiro.

​7. Lembre-se se não levar líquidos acima de 100 ml na sua mala de mão. Assim como qualquer objeto cortante ou pontiagudo, nada de levar tesoura de unha ou lixa de metal para fazer as unhas no avião eih?!.Quanto aos líquidos despachados na mala, tente levar apenas o necessário, perfumaria e cosméticos costumam pesar bastante.

 ​8. Não esqueça seus remédios de uso rotineiro ou seja “sua farmacinha”, uma boa máquina fotográfica, telefone celular habilitado para ligações internacionais (para usar em caso de emergência), adaptador de tomada e, também, um secador de cabelo portátil, você pode precisar secá-los em lugares frios para evitar resfriados.

 ​9. Tente seguir o jeito de vestir local e seja discreto(a), em países muçulmanos, por exemplo, evite mostrar roupas curtas ou decotadas. Demonstrações de carinho e afeto em público também não são bem aceitas. Você pode ser mal interpretado(a), principalmente em igrejas e mesquitas.

​10. Pesquise um pouco os preços antes de comprar todas os seus presentes na primeira loja de souvenir do aeroporto. Por exemplo, na minha última viagem ao Peru, deixei para comprar as lembrançinhas na cidade de Cuzco que estavam mais baratas do que em Lima(capital).

​11. Tenha consigo o telefone  e endereço de onde você está acomodado.

​12. Se possível, aprenda algumas palavras locais como: Por favor, obrigada e quanto custa?. Em Bali, na Indonésia, como o idioma é completamente diferente do nosso, com estas três palavrinhas já consegui facilitar um pouco a minha vida por lá…

13. Evite viajar com jóias, você pode perder ou ser roubado e isto, com certeza, é uma dor de cabeça desnecessária. Quando viajei pela Califórnia com uma amiga, um dia acordamos atrasadas para pegar o avião  e, na pressa, ela esqueceu na mesinha de cabeceira do hotel um anel de ouro e brilhantes que ela tinha recebido de presente de 15 anos do pai, claro que ela nunca o recuperou.
 ​​

14. Muito cuidado ao aceitar bebida de estranhos em bares ou baladas e não aceite pedidos para olhar ou carregar malas de estranhos nos aeroportos ou estações de trem.

15. Antes de entrar no taxi confirme o preço da corrida e  certifique-se de que o taxímetro está ligado.
16. Informe-se sobre percentual de gorjetas em restaurantes ou hotéis.

​17. Go with the flow.​  Ao pegar o onibus sente-se mais na frente perto do motorista para que ele lhe dê as dicas de onde descer. Além disso, evite andar só  à noite.

​18. Não informe  detalhes do seu itinerário de viagem e rotina  para estranhos como taxistas ou pessoas que você venha a fazer amizade no trem ou avião.

19. Em lugares públicos e turísticos, tenha sua bolsa ou mochila sempre do seu lado ou na frente.

​20. Álcool em gel pode ser muito útil, já que em alguns banheiros públicos não tem sabonete líquido. Uma garrafinha de água mineral é sempre bem-vinda, sobretudo em climas secos e, quando andamos muitoà pé.

E aí?! Gostaram das dicas?! você incluiria mais alguma sugestão?!

Então escreva aqui para a gente!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.