Posts com a tag dicas

Intercâmbio nos EUA engorda? Top 3 dicas de como manter-se na linha!

30 de março de 2012 | Postado por Marina em EUA

Olá viajantes!

Tudo bem?!

Quem aqui conhece alguem de fez intercâmbio nos EUA e voltou com quilos a mais para o Brasil?

Os hábitos alimentares dos EUA não são, definitivamente, motivo de orgulho nacional. Me parece que existe uma cultura de combos onde você é sempre estimulado a consumir mais e mais comida! É aquela coisa: compra-se um sanduiche e pagando ridículos 0,5 centavo a mais ganha-se batatas fritas, refrigerante large e um sorvete com cobertura de manteiga de amendoim! Como resistir a tamanha promoção?!

Enquanto as redes de fast food no Brasil se esforçam na criação de pratos mais saudáveis para manter a clientela, muitas lanchonetes nos Estados Unidos, ainda fazem de tudo para manter sua comida o mais insalubre possível.

O lema de uma delas localizado em Dallas, o Heart Attack Grill (Grill do infarto, em livre tradução) tem como lema: “o sabor pelo qual vale a pena morrer” e o carro chefe é um hambúrguer com 1 kg de carne e 8 mil calorias.Pode?!

O cliente que consegue consumir um Quadruple Bypass Burger inteiro é levado para o carro numa cadeira de rodas. Aqueles que tiverem mais de  160 quilos comem de graça.A dieta do Heart Attack Grill prega o ganho de peso constante até atingir a meta de 160 quilos para poder comer de graça.

Como esta é uma insegurança frequente (principalmente das meninas), aproveitei para conversar com a nutricionista Gabriela  Motta  e pegar  TOP 3 dicas para  quem pensa em fazer um intercâmbio nos EUA e não quer engordar:

1) Cuidado com a alimentação! Por economia de tempo e dinheiro quem vai morar sozinho acaba pecando por ir fast-foods em demasia. Mesmo que dê mais trabalho e custe mais caro, não abra mão de frutas e verduras. Outra dica é:  aumente o consumo de proteínas e reduza o de carboidratos, pricipalmente a noite!

2)  Tente se auto-conhecer! Fome é fome e gula é gula. Apesar de este ser o melhor de todos os pecados capitais não vale a pena… tente identificar o que é fome e o que saudade, ansiedade ou qualquer outro estado emocional natural de um intercâmbio.

3) Pratique exercícioS físicos! Este é um componente essencial do gasto calórico e do bem estar…Considere fazer pelo menos uma caminhada mesmo que as condições climaticas clamem para você hibernar ou dormir mais que a cama!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Montreal: A cidade é bilíngüe, mas as opções de diversão são múltiplas! Seguem aqui as Top 5´s!

13 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Canada

Oi Viajantes!

Se você pretende visitar Montreal  no inverno, engana-se se pensa que as pessoas ficarão trancadas em casa só porque lá fora a temperatura média é de meros – 20! kkkkk

Montreal é uma cidade animada, multicultural, festiva e LINDA!

Ah, e se você acha que só quem comemora e faz festa (de verdade) é o brasileiro, assista a um típico jogo de Hockey no Bell Centre (www.centrebell.ca) e lembre-se das comemorações das finais de campeonato de futebol do Brasil!

Também no inverno, não deixe de ir ao Mount Royal que inspirou o nome da cidade: Montreal. Além de ter uma vista linda da cidade, tem parques para curtir um friozinho bem canadense e depois se aquecer com um chocolate quente!

Abaixo outras atrações imperdíveis desta cidade due (metade inglês e metade francês) que vem encantando cada vem mais brazucas seja para aperfeiçoar o inglês, o francês ou mesmo morar definitivamente (já que o programa de imigração a província de Quebec, onde Montreal fica localizada, é super “friendly” aos brasileiros qualificados que buscam a residência permanente)!

1)Churches- l’eglise:

Say a Little Prayer for You: Existem diversas igrejas bonitas em Montreal. A mais imponente delas é a Saint Joseph´s Oratory. E, você não precisa ser religioso (a) para apreciar esta linda construção arquitetônica!

 

2) Festivals – le Festival

Existem dois festivais de peso em Montreal: O Jazz Festival (www.montrealjazzfest.com) que acontece no verão e é imperdível E, para os amantes das comédias Stand up´s (Agora super in no Brasil), vale dar uma risada “em inglês” no Just for Laughs Festival (www.hahaha.com)

3) Shopping- faire du shopping

Shopaholics de plantão não passam frio em Montreal! O metrô é conectado com o principal shopping da cidade então, nada de congelar as mãozinhas enquanto carrega as compras pela neve!

4) Fun- l’amusement

Se você sentir uma saudadezinha dos parques da Disney, desfrute do La Ronde (www.laronde.com/), um dos membros do parque SixFrags na Califórnia. As montanhas -russas são das mais radicais!

 

5) Eating- manger

Em um domingo frio  em que o edredom não lhe deixar sair da cama, acorde mais tarde e desfrute de um brunch (mix de café da manha e almoço) no Chez Cora (http://www.chezcora.com/montreal-centre-en). Experimente os Crepes, as frutas frescas e um pouco de Nutella (que ninguém é de ferro!).

Se animou?! Quer dicas de escolas de inglês e de francês por lá?! Recomendo a LSC (www.lsc-canada.com/) e a ILSC (www.ilsc.ca) !

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE PARIS:

21 de maio de 2011 | Postado por Marina em França

1) Paris é dividida em 20 ‘arrondissements’

Os arrondissements de Paris correspondem a uma divisão administrativa em vinte áreas municipais. Estes 20 arrondissements estão distribuídos segundo uma espiral que se desenvolve no sentido dos ponteiros do relógio a partir de um ponto central da cidade localizado no Louvre  (1º arrondissement). É assim que os números mais baixos correspondem a arrondissements mais centrais e os números maiores aos arrondissements mais distantes do centro.

Cada arrondissement está subdividido administrativamente em quatro bairros(quartiers, quartos), que correspondem aproximadamente aos quartos noroeste, nordeste, sudoeste e sudeste do respectivo arrondissement.

Desta forma, os  endereços a numeração de cada “arrodissement começa por  75  e termina pelo numero corresponde ao bairro em que ele se situa, por exemplo,  um endereço  situado  próximo ao Louvre terminará com o numero 1 ou seja 75001, então, fica mais fácil identificar um endereço de um hotel em relação ao quartier que ele fica localizado e  saber se, eventualmente, ele é bem localizado.

2) Paris é chique e refinado por si só, mas saiba quais são os bairros mais “trends” por lá:

Quartier Latin:  Situado na famosa Rive Gauche ” (lado esquerdo do Sena) ao sul, tem tudo que vc precisa para ser  feliz , ruas, ruelas feitas para perambular , se perder, se achar e a cada dia uma nova descoberta, é inesgotável, meu bairro predileto de coração sem falar na “ambiance ” de todos os cafés que  fazem dele um dos quartiers mais míticos de Paris..

O Marais: Bairro repleto de  artistas, e pessoas do mundo da moda, como são germain , feito para se perder nas ruelas e ruelas sem fim.

Montmartre: Com sua  famosa ” Place  du Tertre ” com seus pintores e artistas ,cafés restaurantes,  e a famosa e deslumbrante Catedral de Sacré Coeur. Ótimo programa para um passeio durante o dia

 

3) A maioria dos museus são FREE no primeiro domingo do mês.

Isto inclui Musee d’Orsay, Museum Pompidou e o Louvre. Então aproveite!

4) O Rio Sena é uma atração à parte.

Dividindo Paris em duas partes com bancos para relaxar, pontes para ligar os dois lados e seus deliciosos boat tours , isto é, o famoso  ” Bateaux Mouches “.  Depois de um dia batendo perna, poder admirar a luz rosada de Notre Dame  no por do sol , um  espetáculo único  e inesquecível.que percorrem vários pontos turísticos da cidade e que valem muito a pena!

5)Você pode ir por toda parte de Metro, RER (trem), ou “vélo” (bicicleta)

A rede de metro de Paris é uma das melhores do mundo, vc pode ir por toda parte de Metro,( do1 ao 20 arrondissement ) ou ainda utilizar ou RER (trem) para distancias mais longas ou mesmo o famoso TGV ( trem de grande velocidade ) para conhecer as cidades que situam em tornode Paris.

Vélo: Você também pode alugar bicicletas por toda cidade. Você fornece os dados do seu cartão de crédito paga uma taxa de 1 Euro e, os primeiros 30 minutos são gratuitos e, depois você paga pelo tempo que ficar. Ex: 2 horas custa cerca 7 euros. Uma forma barata de bater perna e também de queimar as calorias!

Dica:  Chegando em Paris pela primeira vez  melhor forma de conhecê-la é comprar um passe de 2 dias  nos famosos ” Cars Rouges “, onibus circulares de dois andares que param em todos os monumentos e que passam a cada 15 minutos o que nos dá  a sensação de ter  “um motorista ” a nossa sua disposição durante 2 dias…

6) Compras em Paris

O lugar mais turístico para compras em Paris é a Champs Elysées, mas se quer fugir um pouco do lugar comum, sugiro a Rue de Rivoli , Rue Saint Denis e Rue des Lombards. Além disto, passear pelas rue Cambon (1), Avenue montaigne (8), faubourg saint-honoré (8) e rue de sévres(7) é “cara” de Paris.

7) “Think Green” :

Além de museus, lojas e cafés maravilhosos, existem vários parques e áreas verdes imperdíveis em Paris:

Jardin du Tuileries: Lindo jardim na frente do Museu do Louvre.

Parc du Champ de Mars: Um ótimo lugar para relaxar bem abaixo da Torre Eiffel.

Jardin de Trocadero:  Pequeno jardim do lado oposto do rio onde fica a Torre Eiffel.

Jardin de Luxembourg: Localizado no 5th Arrondissement, é um dos mais famosos jardins de Paris e também o meu preferido. Lá tem também ou Palais du Luxembourg. Uma das construções mais bonitas de Paris.

8) Comer e beber em Paris

Quartier Latin: Adoro os restaurantes gregos da Rue de la Huchette. Já na rue Mouffetard e na rue Pot de Fer, você pode ir para típicos restaurantes franceses.

Belleville: Para quem gosta de comida asiática, este é o lugar.

Além disso, por toda parte, você encontra aqueles deliciosos crepes de rua com queijo emmental e chocolate nutella para aquela “fominha” sem culpa de calorias.

9) La nuit à Paris

Já os restaurantes mas “hipados” para uma “night out” são: La Cantine du Faubourg (www.lacantine.com), Maison de la Truffe (www.maision-de-la-truffe.fr) , Le Stresa (www.lesstresa.com),  Lê Relais de L´Entrecôte (www.relaisentrecote.fr). E, o restaurante do momento o La Societé (www.restaurantlasociente.com). Ah, e, a Torre Eiffel é ainda mais mágica à noite.

10)Você pode morar e estudar em Paris sem visto por até 90 dias:

Existe uma escola no Quartier Latin chamada Eurocentres que tem cursos de francês começando o ano todo e que absorve todos os níveis de idioma (do iniciante ao avançado) e que você pode fazer desde duas semanas de curso até um ano. Além da opção de acomodação em casa de família, também tem opção de residência estudantil ou flat. Passei 2 meses lá estudando francês e fiquei acomodada em uma casa de família. Nem precisa dizer que foi uma experiência maravilhosa!

Outra opção fantástica para os amantes da moda e do design são cursos de férias e cursos de maior duração no Istituto Marangoni.

Se o seu negócio é culinária, então nada melhor do que estudar no Le Cordon Bleu. Possivelmente “A escola” mais famosa do mundo quando o assunto é e gastronomia. 

Mais informações, fale com o STB (www.stb.com.br), recife@stb.com.br  ou (81) 2123-4522.

 Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Vai viajar? O STB recomenda check-list p/ garantir uma boa viagem!

19 de novembro de 2010 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Saiba como itens indispensáveis podem garantir o sucesso das férias no exterior

Para quem está programando as próximas férias no exterior, o STB – Student Travel Bureau, líder nacional no segmento de turismo jovem e educação internacional, dá dicas fundamentais que ajudam a garantir o sucesso da viagem.

Documentos

 O primeiro passo é checar a validade do passaporte (no mínimo seis meses após a data de retorno da viagem) ou solicitar a emissão do documento na unidade mais próxima da Polícia Federal (www.dpf.gov.br). Em seguida, é necessário consultar o consulado do país escolhido, sobre a obrigatoriedade do visto de entrada. Para destinos como África do Sul, Marrocos, Turquia, Tailândia, Nova Zelândia e países da União Europeia e da América do Sul, o viajante tem três meses de permanência sem visto. Já os Estados Unidos, Canadá e Austrália exigem o documento, adequado ao tipo e à duração do programa. No site do Ministério das Relações Exteriores (www.abe.mre.gov.br), é possível encontrar orientações sobre vistos para brasileiros. 

 Outro item importante é a vacinação, que varia de acordo com cada país. Entre as mais requisitadas, estão as vacinas contra febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, difteria, tétano e hepatite B. Países como África do Sul e Austrália, por exemplo, exigem vacina contra a febre amarela. Mais informações no site da Anvisa (www.anvisa.org.br).

Segurança

 Seja qual for o destino escolhido, o STB recomenda que o viajante não saia do Brasil sem contratar o plano de Assistência Médica Internacional – ISIS (www.isisbrasil.com.br). O produto garante atendimento para desde casos mais simples, como consultas, exames e medicamentos, até problemas mais graves, como cirurgias, internações e repatriação. O valor investido depende do limite de cobertura e da duração de cada viagem.

Outra recomendação é o seguro Stop Trip. Com ele, em caso de cancelamento ou interrupção da viagem por motivos de saúde, há devolução das multas ou despesas extras nos serviços contratados para a viagem. O limite de cobertura chega a US$ 5 mil.

Dinheiro

 Para proporcionar segurança aos seus clientes, o STB oferece o STB Travel Money, a maneira mais moderna e prática de levar dinheiro ao exterior. Trata-se de um cartão pré-pago, recarregável e protegido por senha, que pode ser utilizado para saques (faz parte da rede Visa Plus) e débitos (rede Visa Electron) em qualquer lugar do mundo. Entre suas vantagens, destacam-se: 

 – aceito em mais de 12 milhões de estabelecimentos filiados ao Visa Electron, incluindo restaurantes, hotéis e farmácias, e 800 mil caixas eletrônicos Visa Plus, distribuídos por 144 países;

– compras e saques são realizados na moeda local;

– ao contrário das transações com cartão de crédito que incidem 2,38% de IOF sobre todas as transações internacionais, no VTM a taxa é de 0,38% na operação de câmbio no Brasil, sem cobrança de impostos nas transações no exterior;

– pode ser carregado quantas vezes forem necessárias, mesmo a distância.

 Carteiras mundiais de descontos

 Para quem é estudante ou tem até 25 anos, as carteiras internacionais ISIC e Jovem Card proporcionam vários benefícios nos principais pontos turísticos, lojas e alimentação no mundo todo. A International Student Identity Card (ISIC) é uma carteira de identificação estudantil reconhecida internacionalmente e aceita em mais de 120 países. É a única com o endosso da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Confira os benefícios em www.carteiradoestudante.com.br e www.jovemcard.com.br.  

 Passes de trem

 Quem viaja pelo mundo já sabe que os passes de trem são uma das melhores formas de percorrer a Europa. O STB assegura que os benefícios começam antes mesmo do embarque, pois os preços dos passes adquiridos no Brasil já são diferenciados e mais baratos que as opções trecho a trecho que podem ser compradas ao longo da viagem. Há opções para diversos perfis de viagens: dias corridos ou intercalados no período de dois meses; passes globais, que permitem percorrer até 20 países; ou até mesmo passes regionais. Há ainda diferenciais para outras faixas etárias e para quem viaja só ou em grupo.

 Mais informações: www.stb.com.br.

Bjs e até a próxima viagem!

Marina

Página 2 de 212