Marina Motta

SUMMER CAMPS PARA OS BONS DE BOLA: CONFIRA TOP 3 MELHORES CURSOS DE FUTEBOL NA EUROPA:

28 de agosto de 2015 | Postado por Marina em Inglaterra

Olá viajantes! Tudo bom?

Essa dica vai pra todos os meninos que curtem futebol.

 Já pensou em passar as férias de verão treinando futebol em times famosos da Europa, fazer amigos do mundo inteiro e de quebra ter aulas de outros idiomas (assim papai e mamãe não podem reclamar, afinal, é um investimento no seu futuro…) ? Então, essa é a proposta de alguns cursos de verão como a do Arsenal Football Club, do Manchester – ambos na Inglaterra – e a do Barcelona, na Espanha.

Primeiro vou começar contando uma historinha: Tenho uma cliente que além de fofa é uma danada (super inteligente) chamada Luiza Carneiro que veio aqui esses dias pesquisando um curso de férias pra o irmão caçula dela (sim, ela acha pouco pesquisar cursos no exterior pra ela e, como quer que todo mundo tenha experiências maravilhosas por aí a fora, não resiste à tentação de pesquisar para outras pessoas)

 Resultado? Saiu daqui do STB Recife mais animada do que ele, querendo reservar as passagens e mandá-lo pra um intercâmbio naquele exato momento! (kkk muito figura!)

Você (ou seu irmão mais novo/seu filho) também ama  futebol e tá pensando em fazer um intercâmbio de pouco tempo de duração, mas não sabe o destino? Então se liga nesses cursos de verão que com certeza vão te ajudar a decidir pra onde ir:

 • Arsenal Soccer School.

Onde é: O curso acontece em duas cidades da Inglaterra: Cheltenham e York. Você escolhe a cidade que achar melhor, os colégios nas duas cidades têm uma super estrutura.
Idade: apenas meninos de 10 a 17 anos. Lembrando que o curso separa por idade. Nas aulas de futebol você vai treinar com meninos que estão no mesmo nível e idade que você, o mesmo acontece nas aulas de inglês.
Acomodação: você fica na própria escola e divide o quarto com outros meninos, uma ótima oportunidade pra conhecer mais sobre outras culturas e fazer amigos pra uma vida inteira.
Datas: O curso oferece duas sessões, você escolhe a que for mais conveniente: de 28 de junho até 12 de julho ou de 12 a 26 de julho.

Como funciona: Esse curso é super famoso na Europa e combina 15 horas de aulas de inglês por semana – nas aulas você aprende palavras relacionadas ao futebol – e 20 horas de treino de futebol (com treinadores profissionais que vão te ensinar todas as técnicas).
Assim que chegar no curso, você vai receber um kit com camisa do Arsenal, shorts e meias. Durante o final de semana tem excursão para o Emirates Stadium em Londres. Lembrando que o curso recebe meninos de todos os níveis de futebol (se você for ruim aproveita pra ir lá e melhorar as suas habilidades) e todos os treinadores são qualificados pela UEFA e treinados pelo Arsenal Soccer School.
No final aposto que você vai ter melhorado tanto o inglês quanto as habilidades no futebol além de ter feito amigos do mundo inteiro. E quem sabe você não se destaca e é convidado pra ficar lá? o que não falta são olheiros observando cada menino que ta fazendo o curso. Continuar lendo

Pensando em fazer #Intercâmbio no #Canadá? Confira TOP 5 coisas que você vai adorar saber sobre #Toronto

17 de agosto de 2015 | Postado por Marina em Canada

Olá viajantes!

Tudo bom?

Situada às margens do Lago Ontário, Toronto é uma cidade incrível e cheia de peculiaridades que a tornam uma cidade surpreendente. Organização, multiculturalismo e infraestrutura são bastante abrangentes e  caracterizam o Canadá de uma forma geral, mas existem certas coisas que são “muito Toronto”… Vou listar alguns fatos que me chamaram atenção:

1) EXTREMA EDUCAÇÃO POR PARTE DOS DRIVERS (TANTO DE TAXI, QUANTO DE ÔNIBUS E STREETCAR)

Não é novidade para ninguém que o transporte público de Toronto é um exemplo de eficiência, certo? Mas algo que me deixou extremamente impressionada, foi a absurda paciência e educação por parte dos motoristas. (Claro que toda regra tem sua exceção).

Taxistas e motoristas de transporte público das grandes cidades, às vezes demonstram uma certa impaciência com os turistas e
isso é bem comum em NY, já que simpatia por parte dos drivers, não é a especialidade da casa. (Rsrs)

Os Torontonianos são geralmente bem acolhedores, portanto, os turistas podem abusar da boa vontade de grande parte dos
motoristas. Normalmente eles são bem solícitos e auxiliam os visitantes com dicas de pontos de desembarque de acordo com o lugar turístico a ser visitado… Dependendo, você pode até abusar a little bit more e pedir para que  eles te avisem onde você deve descer. Mas isso é só em casos extremos, afinal,tudo tem limite, concorda?

DICA: STREETCAR  O BONDINHO ELÉTRICO DE TORONTO

Um dos grandes diferenciais de Toronto é o famoso streetcar, que em termos de popularidade se equivale ao taxi amarelo de Nova
York. As 11 linhas do streetcar system são operadas pelo Toronto Transit Commission (TTC) e circulam com a finalidade de conectar os passageiros às estações de metrô.

2) SEGURANÇA GERA CONFIANÇA

A segurança lá na gringa é algo que chama a atenção de qualquer brasileiro. Somos frequentemente desconfiados por conta da nossa realidade no Brasil. O fato é que não somente em Toronto, mas em vários outros  lugares do mundo, a galera leva a palavra segurança a sério e consequentemente ela se torna um pré-requisito.

As excelentes condições de segurança se manifestamm naturalmente no dia a dia da cidade… Em geral, os locais desfrutam do bom senso e isso faz com que as pessoas confiem umas nas outras – até demais.

Por exemplo: Nem sempre é preciso mostrar o ticket para utilizar o transporte público, pois subentende-se que tanto locais, quanto turistas, exprimem comportamento de coletividade.

Soa um tanto que inocente, pois vi várias pessoas “dando aquele famoso jeitinho” para adentrarem sem a necessidade da compra do ticket. PS: E antes de qualquer dedução, vale ressaltar que essa é uma prática executada por pessoas de todos os lugares
do mundo, não somente por brasileiros.

Claro que existem problemas e furtos, pois Toronto é uma cidade grande e infelizmente pessoas mal intencionadas estão  espalhadas por todas as partes do mundo, mas como já disse anteriormente, o bom senso está quase sempre em primeiro lugar, portanto, não há necessidade de andar em vigilância 24 horas.

 3) PREFERÊNCIA POR TIM HORTONS

Pubs e bares são bem característicos e marcam a vida noturna de Toronto, entretanto, sair em busca de um bom café, independentemente da época do ano é algo bem comum, não somente em Toronto, mas no Canadá como um todo. Nesse caso, não posso deixar de mencionar o favoritismo da maior rede de cafés do país, o Tim Hortons.

Tim Hortons a rede alimentícia considerada ‘queridinha’ no Canadá e por lá, o McDonald’s perde significativamente no quesito popularidade. Para comprovar a predileção, somente em Toronto, existem mais ou menos 250 lojas espalhadas pela cidade.

Depois de um google rápido, descobri que o Tim Hortons passou a ser venerado no Canadá pelo fato de a cultura americana sempre expressar mais evidência, por essa razão, os canadenses passaram a apreciar ainda mais algo que é verdadeiramente típico do país.

DICA: Caso esteja com viagem marcada para Toronto ou qualquer outra cidade do Canadá, lembre-se: Os locais agradecem a preferência por TIM HORTONS!

4) PATH – A CIDADE UNDERGROUND DE TORONTO

 O path é nada mais nada menos que uma cidade subterrânea que na realidade tem a aparência de um shopping. É o maior complexo subterrâneo de lojas do mundo e é bastante funcional para os Torontonianos no inverno, já que durante essa estação a
temperatura cai drasticamente na cidade.

Com 27 km de extensão, cinco estações de metrô e vários prédios interligados, o path parece na verdade um labirinto, ou seja,
ambiente mais que propício para deixar turistas perdidos (experiência própria). As letras da palavra ‘path’ apresentam cores diferentes e cada uma indica uma direção.

 Dica: Fique atento aos mapas!

5) PRAIAS DE ÁGUA DOCE

Toronto é uma cidade que esbanja requinte no quesito ‘belezas naturais’ e as praias espalhadas pela cidade afora são exemplos disso.

Toronto apresenta 11 praias banhadas pelo Lago Ontário, sendo que a maioria possui bandeira azul, o que comprova a qualidade
da água. Com excelente estrutura e ambiente favorável para a prática de esportes e até mesmo piqueniques, as praias de Toronto enriquecem ainda mais a programação turística de qualquer visitante.

DICA: Em algumas praias, o nudismo é completamente aceitável, portanto, se quiser sair do “modo reservado”, fique a vontade…

Toronto é uma cidade cheia de pormenores que expressam singularidade nos mínimos detalhes. Aos olhos de uma turista
fascinada por cultura e comportamento, a capital da província de Ontário é uma verdadeira escola e foi um prazer ter tido a oportunidade de aprender com a vivência in loco.

 *Este post foi feito pela leitora fofa e também blogueira Andréia Martins Simplício que acabou de chegar de um Intercâmbio em Toronto pelo STB. Confiram também o blog dela www.passaporteousado.com.br  que está repleto de dicas legais!

 

Próxima segunda 17/08 tem evento gratuito e imperdível em #Recife: Saiba mais sobre #RelaçõesInternacionais como carreira!

13 de agosto de 2015 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes!

Tudo bem?

Quem já acompanha o blog ou leu o livro Intercambio de A a Z sabe que além de ser formada em Administração de Empresas também sou formada em Relações Internacionais.

Quando prestei vestibular (ano de 1999), o curso de RI era bem novo no Brasil e, por essa razão,  meu pai me pediu pra fazer uma graduação mais tradicional (tipo ADM, Direito, Engenharia) então a única forma de fazer RI foi cursar paralelamente as duas faculdades (o que não me arrependo pois foram cursos bem diferentes mas ao mesmo tempo bem complementares) principalmente para a área que atua hoje gerenciando uma agência de intercâmbio (o STB/Recife)

No entanto, ainda hoje, quando falo da área de Relações Internacionais  muita gente ainda confunde com Relações Públicas e acredita que Relações Internacionais resume-se apenas a  Comércio Exterior .

Sendo assim, esse breve post é apenas para falar das 5  atuações possíveis do internacionalista (pessoa formada em relações internacionais) e indicar um evento bem bacana para quem está considerando a possibilidade de fazer graduação ou pós-graduação em RI. São elas:

1) Comércio Exterior (Importação e Exportação) – meu primeiro emprego – na multinacional holandesa –  Philips)

2) Terceiro Setor (ONGS Internacionais como ONU, Médicos sem fronteiras, UNESCO)

3) Diplomacia

4) Educação Internacional e Intercâmbio (Segmento que atua como profissional  desde 2005)

5) Ciências Políticas

Bem, para quem é de Recife, aqui vai uma dica legal de evento gratuito para você saber mais sobre essa carreira, inscreva-se aqui:

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

A viagem ideal para superar a crise dos 30 anos (e também dos 40, ou 50….)

30 de julho de 2015 | Postado por Marina em Aprendizado Linguas Estrangeiras

Sim, também concordo que a idade está na cabeça. É verdade também que ter um espírito jovem faz com que o passar dos anos seja um mero detalhe. Mas atire a primeira pedra quem nunca se questionou um pouco sobre seu passado e futuro quando completou 30 anos! Ah, e ouvi dizer que isso não para aos 30 viu? Disseram-me que existe um crisezinha dos 40 também e assim vai… a cada dez anos. Porque somos assim? Não sei e não me cabe filosofar a respeito desse tema, afinal, essa coluna não é de psicologia e sim de viagens. Mas calma, vou te dar uma mãozinha: Como já passei dos 30 e acredito verdadeiramente que a solução para muitas crises existenciais pode ser uma boa e velha viagem, aqui vão algumas dicas de roteiros que se encaixam perfeitamente nessa fase “divisor de águas” que nos acomete a cada década, ou apenas uma oportunidade de repensar um pouco o que já vivemos e o que ainda queremos viver. Vamos lá:

1) Fazer um retiro espiritual na Índia

Procurando um sentido para a sua existência, ou precisando se encontrar com seu eu interior ou descobrir mais sobre sua espiritualidade? As opções são inúmeras! Existe caminhada de Santiago de Compostela na Espanha, tem temporada em Lhassa no Tibet e tem também a opção de fazer um retido em Rishikesh, na beira do sagrado Rio Ganges, aos pés do Himalaia. Desde a época dos Beatles, esses Ashrams recebem gente como a gente e também turistas celebridades e mochileiros em geral nesta cidade indiana que e conhecida como a capital mundial da yoga. Continuar lendo

Latin America Institute of Business (LAIOB) oferece bolsas de 50% para programas de curta duração em universidades norte americanas:

30 de junho de 2015 | Postado por Marina em EUA

Olá viajantes!
Tudo bem?

No mundo globalizado, comprovadamente, estudar no exterior além de ser um privilégio é uma excelente forma de se destacar perante um mercado de trabalho cada dia mais competitivo.

No entanto, conseguir ser admitido por uma universidade estrangeira pode não ser mais uma tarefa tão árdua como antigamente, mas, sem dúvidas, exige dos estudantes muito foco, responsabilidade e comprometimento. Além de claro, disponibilidade financeira para custear o investimento.

Ocorre que, com a alta do dólar, muita gente pode ter achado que precisa adiar os planos do tão sonhado curso no exterior. Felizmente, visando facilitar esse intercâmbio de culturas e conhecimentos, a LatinAmérica Institute of Business – LAIOB, em parceria com a Ohio University e a San Ignacio College Miami,estão oferecendo um programa de vagas para bolsas de estudo com 50% de desconto para cursos de curta duração a ser realizado durante duas semanas nos meses de Janeiro/2016 e Julho/2016.

Na Ohio University, os programas disponíveis são Corporate Finance, Management ou Marketing enquanto na San Ignacio College Miami o programa disponível é o de Business Management.

Em todos os programas existirão aulas de business english para que os participantes possam aproveitar ao máximo essa experiência para aprimorar seus conhecimentos na língua inglesa. Além disso, os alunos terão uma experiência única vivenciar outras culturas e expandir a sua visão de mundo corporativo e de negócios internacionais.

Olha só o vídeo com uma ideia geral do campus:da Ohio University, por exemplo. Dá até vontade de estudar,né?

Para quem ficou com vontade de fazer as malas agora mesmo, os cursos acontecerão sempre nas duas últimas semanas de cada mês, sendo as próximas turmas com inscrições abertas programadas para Janeiro/2016 e Julho/2016.
O pacote inclui:
– 4hs / dia com aulas de segunda-feira a quinta-feira de Corporate Finance ou Marketing ou Management (Ohio University) e Business Management (San Ignacio College).
– 4hs / dia aula de segunda-feira a quinta-feira de Business English
– Hospedagem no campus da Universidade durante todo o período do programa.
– Alimentação durante os dias de aula
– Visitas técnicas a empresas
– Traslado para o grupo do aeroporto local para a Universidade
– Evento de encerramento e entrega dos certificados ao final dos cursos
Não perca tempo, as bolsas são limitadas e os pedidos são analisados por ordem de chegada.Caso tenha interesse em concorrer às bolsas de estudo disponíveis para os programas de curta duração oferecidos, é só entrar diretamente no site: www.laiob.com  ou enviar um email para contato@laiob.com
Maiores informações sobre a parceria entre a LAIOB e a Ohio University:

http://business.ohio.edu/about/centers-institutes/center-for-international-business/executive-education/
Maiores informações sobre a parceriaentre a LAIOB e a San Ignacio College:

http://www.sanignaciocollege.edu/en/extension-courses/business-management-business-english

 

Bjs e até a próxima viagem,
Marina.

Mochilão na Europa há 20 anos e hoje: o que mudou com o Tratado de Schengen

29 de junho de 2015 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes!

Tudo bom?

Podem me chamar de nostálgica ou saudosista, porém, tendo nascido nos anos 80 devo admitir que o papel teve sim um “papel” importante na minha vida… cartas, selos, papeis de carta, e porque não dizer carimbos nas páginas do passaporte (quanto mais melhor, de preferência)?. Posso também arriscar dizer que é bem possível em um futuro próximo nem existam mais passaportes, e o controle seja todo realizado pelas digitais. Neste momento levantaremos mais talvez a questão – Ai, que saudade do tempo do passaporte.. ou não?! Vai saber! Pois é….assim é o ser humano…mas o  assunto do post dessa semana é o “niver” do meu contemporâneo , o Tratado de Schengen, pois, graças a ele, viajar pela Europa tornou-se um processo mais fácil, sem fronteiras e padronizado.

No papel há 30 anos e na prática há 20 anos (desde 1995), ele mudou bastante a forma de viajar. Seu nome foi devido a cidade onde o tratado foi firmado em 1985 em uma pequenina cidade chamada Schengen, mais precisamente no pequeno país chamado Luxemburgo que, por sua vez, faz fronteira com a França e a Alemanha. O acordo inicialmente incluía apenas Alemanha (ocidental), França,Bélgica, Holanda, mas a coisa evoluiu e hoje, nós brasileiros podemos, em teoria e prática alugar um carro no norte da Noruega, lá em cima da Escandinávia, e descer até o sul da Espanha no mediterrâneo sem ganhar novos carimbos em seu passaporte. Antes, (quem viveu sabe) esse trajeto seria uma certeza de ao menos 7 fronteiras (e seus respectivos vistos). Continuar lendo

Comida, Comida,Comida-qualquer viagem passa pela culinária! Conheça as principais mundo afora!

26 de junho de 2015 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes!

Tudo bom?

Não sei se isso também acontece com vocês, mas nesse época junina fico um tanto quanto gulosa! Isso porque simplesmente adoro todas as comidinhas de milho do São João e, é certamente uma das festas que mais gosto no ano. Falando que culinária. quando o assunto é viagens, sempre acabo dando preferência pelos restaurantes árabes ou italianos. Mas também não abro mão de especialidades francesas e mexicanas. Afinal,como não amar viajar para comer?

Confesso que, quando viajo, a escolha dos restaurantes é um dos pontos altos. Posso economizar em outras (várias) coisas, quase não compro, por exemplo. Sou capaz de voltar com a mala exatamente como fui, salvo com alguns poucos souvenires mas a  gastronomia essa sim para mim é um capítulo à parte….Provar pratos típicos faz parte da viagem! Quem nunca se deliciou com uma comida que, a princípio, achou estranha ou exótica?

Você não precisa gastar muito com restaurantes caríssimos, como os que têm “três estrelas do Guia Michelin”, para degustar a autêntica gastronomia de cada lugar. A culinária é democrática, está em toda parte e acessível a todos. Afinal, sempre vou lembrar-me do gosto da torta de limão da doceria La Mie Calinie e das moules marinières quando estudava em La Rochelle (França); dos
crepes do Quartier Latin, de Paris, seja de queijo emmental ou de Nutella; dos fast-foods dos EUA, como Wendys e Subway; das massas prontas e congeladas da marca Michelinas a 0,99 cents; dos sacos de Nuggets, miojo,sorvetes Häangen Daz nos Wal Marts da vida espalhados pelos EUA; dos Cinabons de canela da estação Eglington, de Toronto; dos hot dogs de Nova Iorque; dos bagels de
Vancouver; da paella de Valência (Espanha), das pizzas de rua do bairro Trestevere, de Roma, a 1,50 euros; do suco de lichia em lata da África do Sul; do fish & chips da Inglaterra; dos waffles de morangos e chocolate de Bruxelas; dos peixes frescos da Nova Zelândia; da cerveja Kolsch de Colônia (Alemanha); da salsicha picante frankfurter da Alexanderplatz, de Berlim; da carne de canguru da Austrália; dos gelatos de um sábado de sol em Florença; dos alfajores na romântica Buenos Aires ou do bacalhau do boêmio Bairro Alto de Lisboa….

Dia desses achei esse site super legal que fala de todas as comidas tipicas do mundo   http://www.foodbycountry.com/  Vale a pena conferir e assim se programar para degustar as iguarias do seu próximo destino. Afinal, experimentar comidas típicas de cada lugar é  ter a chance de conhecer sabor do mundo , uma experiência que, definitivamente, não pode ser deixada de lado.

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

 

10 razões para fazer #Intercâmbio em #Liverpool (e dicas de quem já morou lá!)

12 de junho de 2015 | Postado por Marina em Inglaterra

Olá viajantes!
Tudo bem?

Para quem me acompanha no instagram (@mottamarina) sabe que tenho realmente uma paixão pela Inglaterra. Nas ultimas férias no Carnaval desse ano não resisti e acabei passando uns dias lá novamente!Além de ter sido o lugar onde fiz meu primeiro intercâmbio e, do primeiro a gente nunca esquece (não que eu tenha esquecido dos outros 10 intercâmbios mas enfim, vocês entenderam,né? kkk) é um lugar que sempre amo voltar, porque é familiar, mas ao mesmo tempo sempre tem algo novo para conhecer e descobrir… Ah, e afinal, quem não ama novidades, né? O meu encanto que a Inglaterra é caracterizada por essa simbiótica mescla de tradição e modernidade que acho bem interessante por lá: O país é organizado e seguro, mas também moderninho (está sempre lançando tendências), tem as pompas da família real mas também é o berço do rock. É povoado por ingleses reservados porém loucos por futebol, cerveja e com um senso de humor tão único e particular. Ah, e como se não bastasse, ainda está localizada estrategicamente na Europa que permite viajar por vários países com preços super competitivos em suas muitas cias aéreas low-cost!

Enfim, basicamente Uk has it all! Porém, com a valorização de algumas moedas, a libra esterlina, por exemplo, também apresentou aumento então esse post vai para aqueles que sonham com a Inglaterra, mas estão um pouco apreensivos com o câmbio. A parceira do STB Recife na cidade, a escola The Liverpool School of English ainda é, definitivamente uma das opções com melhor custo- benefício na Inglaterra.

Se você já ouviu falar muito bem de Brighton, Cambridge, Oxford, Bournemouth e claro, Londres, mas não conhece
muito Liverpool, seguem aqui 10 bons motivos para incluir essa cidade nos seus planos de Intercâmbio:

1) Liverpool é considerada uma das cidades mais seguras do mundo ( e a segunda mais segura da Inglaterra) Continuar lendo

10 dicas e truques para aprender qualquer idioma

08 de junho de 2015 | Postado por Marina em Aprendizado Linguas Estrangeiras

Olá viajantes!
Tudo bom?!

Matthew Youlden fala nove idiomas fluentemente e entende, pelo menos, mais de doze.Impressionante não? Como vocês sabem que sou uma apaixonada por idiomas, não poderia deixar de compartilhar essas dicas que a Camila Nobiling do Babbel traduziu do texto original de John-Erik Jordan e que foi feito com o objetivo de incentivar as pessoas a aprenderem outras línguas!

Está louco(a) pra investir em um novo idioma? Então preste bem atenção nas próximas linhas!

1. SAIBA O PORQUÊ VOCÊ ESTÁ FAZENDO ISSO

Isso parece óbvio mas se você não tiver uma boa razão para aprender um idioma, haverá menos probalidade de você se manter motivado durante a longa caminhada. Querer impressionar falantes do inglês com o seu francês não é uma boa razão: já, querer conhecer um francês ou uma francesa no seu próprio idioma, é algo completamente diferente. Não interessa o seu motivo, uma vez que você decidiu aprender um idioma, é fundamental se manter firme em sua decisão: “Tudo bem, eu quero aprender esse idioma e, por isso, vou fazer tudo o que puder neste idioma, com este idioma e por esse idioma.” Continuar lendo

Deus existe (e o paraíso é bem parecido com a #NovaZelândia): Saiba mais sobre esse super destino para fazer #Intercâmbio e ainda trabalhar legalmente!

04 de junho de 2015 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!

Tudo bom?

É sempre assim! Toda vez que a Globo faz um programa  especial de algum destino ou, um determinado país vira cenário de uma novela global o interesse por aquele cantinho do mundo sobe de forma colossal! Novela na Itália? – Turismo de brasileiros na Itália cresce 40%. Novela na Turquia?  Mesma coisa! Ano passado o Jornal da Globo fez uma matéria especial de Malta., não passou muito tempo e a quantidade de pessoas buscando Malta como seu próximo destino de Intercâmbio cresceu mais de 20%Não me espanta então que com a matéria sobre a Nova Zelândia do Globo Reporter na ultima sexta-feira 29/05  (não viu? Confere aqui) teremos também  um aumento na procura por esse distante e apaixonante país localizado na Oceania

Foto fonte: www.stats.govt.nz

A Nova Zelândia é um país que eu  adoro! Em 2006 pude percorrê-lo durante duas semanas e fiquei completamente apaixonada por tudo que vi e vivi! Definitivamente tenho que concordar com uma placa que li na cidade Whangarei, bem ao norte do país, que dizia: “New Zealand – Paradise can not be far from it!!!”

Nesta viagem tive a oportunidade de conhecer as duas ilhas que formam a Nova Zelândia (chamadas apenas de ilha norte e ilha sul) e visitei as principais cidades, meu roteiro foi o seguinte: Recife – São Paulo – Santiago – Auckland – Whangarei – Tutukaka – Whangarei – Hamilton – New Plymouth – Dunedin – Christchurch – Auckland – Santiago – São Paulo – Recife.

Para quem está buscando um lugar pra aperfeiçoar oinglês e também trabalhar, outra boa notícia é que desde janeiro de 2014, os
intercambistas, incluindo brasileiros, que estiverem matriculados em cursos com 14 semanas ou mais de duração na Nova Zelândia poderão viajar para o país da Oceania com permissão para trabalhar 20 horas semanais durante o período de estudos e em período integral durante as férias do curso. A regra vale para os cursos vinculados às escolas chanceladas pela NZQA (New Zealand Qualifications Authority) como de Categoria 1, consideradas as principais instituições do país. Outra exigência é que os cursos respeitem o período integral de aulas, ou seja, que tenham carga horária mínima de 20 horas semanais.

Continuar lendo

Página 1 de 4712345...102030...Última »