Marina Motta

TOP 6 bares de praia para curtir ao máximo o verão europeu

05 de julho de 2014 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Confirma o meu post de viagem desta semana no portalTagIt Aqui!

“Por uma viagem segura” – Colaboração no jornal Diário de Pernambuco

03 de julho de 2014 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!

Tudo bom?

Que viajar é muito bom todo mundo concorda. Principalmente se você puder aproveitar ao máximo tudo sem que haja nenhum imprevisto. E se houver? Uma dor de garganta? Um dente quebrado? Um jeitinho no pé ou na coluna? Bom, quem já teve algum incidente em viagem sabe o quanto isso atrapalha o viajante. Por isso, nada melhor do que estar seguro de que você estará coberto para despesas médico-hospitalares em caso de qualquer emergência, certo? A pauta da matéria que colaborei no jornal Diário de Pernambuco versa exatamente sobre isso? Pensando em viajar? Por uma viagem mais segura, confira a matéria completa aqui!

O blog recomenda o ISIS – Assistência Médica Internacional (http://www.isisbrasil.com.br/) disponível nas lojas do STB (www.stb.com.br) Mais Informações: recife@stb.com.br

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Colaboração no Jornal do Commercio: 20 anos do Plano Real viabilizou o sonho do Intercâmbio

01 de julho de 2014 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes! tudo bom?

Hoje o plano real completa 20 anos!! Vários meios de comunicação estão comentando a respeito do tema e do que isso representou para a população brasileira. Colaborei para o jornal do Commercio dando a minha opinião:

Mais informações sobre esse tema, confira também:

http://20anosdoreal.epocanegocios.globo.com/ e

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/economia/plano-real—20-anos/noticia/2014/07/01/20-anos-do-real-o-plano-que-nos-colocou-no-mapa-da-estabilidade-133652.php

 

 

Mochilão é alternativa de intercâmbio para aventureiros

20 de junho de 2014 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Intercâmbios costumam atrair jovens de todo o mundo para conhecer culturas e novos idiomas. Dos diversos tipos de viagem, o mais comum é o tradicional, no qual o estudante fica alojado em alguma casa de família ou centro estudantil do país de destino. Entre as nações, as mais procuradas são Estados Unidos, Canadá e países da Europa. Mas, quando o jovem quer viajar com baixo custo e de uma maneira mais independente para países nem sempre convencionais, quais as alternativas? A melhor saída é investir num “mochilão”. Clique aqui para ler a matéria completa que colaborei no portal LeiaJa sobre o assunto!

Bjs e até a próxima viagem!
Marina.

#VaiTerCopa! Nike Sports Camp nos EUA e Manchester United na Inglaterra oferecem intercâmbio de férias que combinam inglês e futebol

13 de junho de 2014 | Postado por Marina em EUA

Olá viajantes! Tudo bom?

Já no clima de Copa do Mundo,  vai aqui uma sugestão incrível para as férias dos apaixonados por futebol! Confira o meu post desta semana no portalTagIt Aqui!

 

Intercâmbio de férias: Estude fotografia ou pintura em Paris!

09 de junho de 2014 | Postado por Marina em França

Bonjour viajantes!

Tudo bem?

Viram o meu último post no portal TagIt? não? Então é só clicar AQUI!

bjs e até a próxima viagem!
Marina.

Volta ao mundo de sabores: Conheça 13 refrigerante bizarros mundo afora

07 de junho de 2014 | Postado por Marina em Curiosidades Culturais pelo Mundo

Olá viajantes! Tudo bom?

Compartilho com vocês a seguir esta curiosa matéria da Jéssica Soares na Revista SuperInteressante:

Água,açúcar, corantes, aromas sintetizados e gás carbônico. Esta é a base de quase todo refrigerante que você já provou – falta só acrescentar algum sabor.Enquanto a maioria das empresas apostam no básico (entre frutas e frutos como a noz-de-coca), algumas investem em opções pouco convencionais. Aqui 13 sabores inusitados de refrigerantes espalhados pelo mundo que você deve (ou não) experimentar:

1. Ceia natalina

Não sabia que “ceia natalina” pode ser um sabor? Então provavelmente não conhece a Jones Soda Co., empresa estadunidense
especialista em bebidas com sabores esquisitos. Peru de Ação de Graças, Batata Doce e Patê de Salmão são apenas alguns dos gostinhos ~especiais~ dos refrigerantes vendidos pela Jones Soda. Todo ano a empresa lança um conjunto de bebidas para as festas de fim de ano. Os de 2012 são Pão de Gengibre, Ameixa, Pêra e Candy Cane (aquela tradicional bengalinha doce).

2. Enguia

Se você é do tipo que tem horror a peixe cru (ou é o Ross Geller de Friends), com certeza vai preferir passar longe do refrigerante Unagi Nobori. A bebida gaseificada japonesa (aparentemente muito saudável) é feita com extrato de enguia e promete frescor para os dias quentes de verão. Você encararia? Continuar lendo

Intercâmbio e Relações Internacionais: Dúvidas mais frequentes e diferencial competitivo

06 de junho de 2014 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes?

Tudo bem?

Como alguns de vocês já sabem, sou formada em Relações Internacionais, uma área apaixonante e um curso que super recomendo para todos que me perguntam. Prestei vestibular aqui em Recife em 1999. A faculdade a qual me inscrevi estava no seu segundo ano do curso e eu tinha pouca informação a respeito. Creio que em cidades como Brasília e São Paulo o curso tenha sido difundido mais cedo porém, em cidades menores, as pessoas acabam tendo poucos links/grupos para ter mais informações sobre a área e contato com outros formandos. Por isso, é com muito satistação que divulgo uma iniciativa muito legal que é o blog Internacional Connectors  cujo principal objetivo é interconectar pessoas e oportunidades em Relações Internacionais,  que inclui eventos e vagas de estágio e trabalho. Além dessas informações, o blog dispõe de artigos com dicas e insights para os alunos e profissionais internacionalistas se inserirem ou se realocarem no vasto mercado de RI. Esta semana, inclusive, colaborei com um post sobre o assunto que mais gosto de falar nesta vida: Intercâmbio! Cliquem aqui em confiram!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

 

Dinheiro vivo no exterior: nem sempre um negócio tão bom assim

29 de maio de 2014 | Postado por Marina em Dicas de Viagem
Olá viajantes! Tudo beom?
Compartilho com vocês uma excelente matéria do Ricardo Freire no O Estado de S.Paulo:

Desde que o IOF de 6,38% foi estendido aos saques, gastos no débito e  carregamento de cartões pré-pagos, muitos viajantes brasileiros voltaram ao  jeito antigo de levar a verba para a viagem: em dinheiro vivo, em porta-cédulas  escondidos por baixo da calça.

O número absoluto – 6,38 – chama tanta atenção que acaba ofuscando outros fatores. E nem estou falando da segurança: nisso todo mundo pensa – e resolve  usando doleiras e cofres. Veja outros detalhes que merecem consideração.

Quanto você vai levar? Existe um limite de dinheiro vivo que você pode transportar sem necessidade de fazer a declaração. Caso você saia do Brasil com o equivalente a R$ 10 mil ou mais, em qualquer moeda, vai precisar declarar o valor à Receita brasileira.

Desembarcar nos Estados Unidos com mais de US$ 10 mil, ou na Europa com mais de 10 mil em espécie, também requer declaração na chegada. Se for pego, pode responder por contrabando de dinheiro.

Qual é a cotação do papel-moeda? Se você comparar o preço do dólar nos bancos e nas corretoras com a taxa de conversão usada pelo seu cartão de crédito, vai averiguar que o dólar papel custa uns 2% mais caro do que o do cartão.

Na compra legal de papel-moeda também incide um pequeno IOF – de 0,38%.

Aquela diferença de 6,38% já baixa para uns 4%. Ou seja: a cada R$ 1 mil gastos no exterior, o conforto (e as milhas) do cartão de crédito vão lhe custar R$ 40.

A moeda que você está comprando é corrente no país para onde você
vai?
Caso tenha que trocar os seus dólares ou euros por outra moeda (coroas, rands, florins, dinares…), você necessariamente vai precisar usar uma casa de câmbio, onde vai pagar uma comissão – explícita ou embutida na taxa de conversão – de até 5%.

O cartão de crédito e o saque internacional direto da sua conta corrente oferecem uma taxa de conversão melhor, que provavelmente compense o IOF.

Diversificar é melhor. Deve-se pensar em dinheiro para viagem como se pensa em investimentos: não se deve depender de uma única modalidade.

Combine as vantagens dos diversos meios. O dinheiro vivo congela a taxa de conversão e garante alguma economia (se for usado em países onde é moeda corrente).

O cartão de crédito sai um pouco mais caro e não garante a estabilidade do câmbio, mas proporciona conforto, segurança e pode dar milhas.

O cartão pré-pago continua como um ótimo plano B, para ser carregado à distância em situações emergenciais.

Faça o seu mix e boa viagem.

 

Colaboração sobre o tema Intercâmbio na rádio CBN Recife

29 de maio de 2014 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!

Tudo bom?

Na palestra que realizei na UFPE esta semana, tive a honra de receber a presença da rádio CBN e de colaborar na cobertura que fizeram do evento! Quem já ouviu? Não? Então basta clicar aqui!

Obrigada a todos por terem prestigiado o evento numa terça-feira de muita chuva aqui em Recife! Foi muito show!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

 

Página 1 de 4312345...102030...Última »