Posts com a tag viajar

OFF LINE – Porque sou contra o wi-fi no avião:

31 de maio de 2013 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Não me levem a mal, amo tecnologia. E, principalmente me fascino a cada dia com as incríveis funcionalidades de aplicativos das mais diversas categorias que surgiram para facilitar a nossa vida. O mundo na palma da mão, isto nunca foi tão verdade quanto no tempo dos smartphones. Jogar, ler, pesquisar, trocar ideias, se socializar ou namorar.

Palavras escritas têm uma vantagem. Ficam para sempre. Ou uma desvantagem, dependendo do que se escreva. O ponto aqui é: Quais lugares hoje no mundo é possível ficar off-line? Não por opção, mas por circunstância. Poucos. Isso,consequentemente nos  remete a uma outra questão:

O quão importante é se permitir (assim sem culpa) encontra-se consigo mesmo – sem ser interrompido por um toque, ou um aviso para informar o que quer que seja?

A  vida é curta, isto sempre soubemos. O dia também ficou mais curto. São tantas as formas de interação virtual que por mais que você ache que está “em dia” com o facebook, está lá o instagram e o twitter para te provar que ainda restam 50 minutos para enfim desligar tudo.

Desligar também  pode significar produzir, criar, o tal ócio criativo que falava Domenico de Maggi.

Em um avião, você pode se permitir descobrir o outro sem interrupções tecnológicas ou descobrir a si mesmo com uma leitura ou uma reflexão.

Não sei se isso faz algum sentido para você, mas ler um livro inteiro em um voo  Recife – São  Paulo me traz tamanho prazer. São 3 horas  minhas, de direito.para cochilar ou despertar sem compromisso.

Porém, assim como a vida, o voo é curto. Já está pousando em meio aos avisos de apertar cintos e é tempo de voltar a ficar on-line, no mundo real e virtual e não naquele no meio das nuvens e mais perto do céu.

(Hoje viajo para merecidas férias e terei chance de ler muitos livros já que as horas de voo prometem…Destino: surprise!. Quando eu voltar,teremos muitos novos posts no blog).

Bjs, e até a volta!

Marina.

Montreal: A cidade é bilíngüe, mas as opções de diversão são múltiplas! Seguem aqui as Top 5´s!

13 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Canada

Oi Viajantes!

Se você pretende visitar Montreal  no inverno, engana-se se pensa que as pessoas ficarão trancadas em casa só porque lá fora a temperatura média é de meros – 20! kkkkk

Montreal é uma cidade animada, multicultural, festiva e LINDA!

Ah, e se você acha que só quem comemora e faz festa (de verdade) é o brasileiro, assista a um típico jogo de Hockey no Bell Centre (www.centrebell.ca) e lembre-se das comemorações das finais de campeonato de futebol do Brasil!

Também no inverno, não deixe de ir ao Mount Royal que inspirou o nome da cidade: Montreal. Além de ter uma vista linda da cidade, tem parques para curtir um friozinho bem canadense e depois se aquecer com um chocolate quente!

Abaixo outras atrações imperdíveis desta cidade due (metade inglês e metade francês) que vem encantando cada vem mais brazucas seja para aperfeiçoar o inglês, o francês ou mesmo morar definitivamente (já que o programa de imigração a província de Quebec, onde Montreal fica localizada, é super “friendly” aos brasileiros qualificados que buscam a residência permanente)!

1)Churches- l’eglise:

Say a Little Prayer for You: Existem diversas igrejas bonitas em Montreal. A mais imponente delas é a Saint Joseph´s Oratory. E, você não precisa ser religioso (a) para apreciar esta linda construção arquitetônica!

 

2) Festivals – le Festival

Existem dois festivais de peso em Montreal: O Jazz Festival (www.montrealjazzfest.com) que acontece no verão e é imperdível E, para os amantes das comédias Stand up´s (Agora super in no Brasil), vale dar uma risada “em inglês” no Just for Laughs Festival (www.hahaha.com)

3) Shopping- faire du shopping

Shopaholics de plantão não passam frio em Montreal! O metrô é conectado com o principal shopping da cidade então, nada de congelar as mãozinhas enquanto carrega as compras pela neve!

4) Fun- l’amusement

Se você sentir uma saudadezinha dos parques da Disney, desfrute do La Ronde (www.laronde.com/), um dos membros do parque SixFrags na Califórnia. As montanhas -russas são das mais radicais!

 

5) Eating- manger

Em um domingo frio  em que o edredom não lhe deixar sair da cama, acorde mais tarde e desfrute de um brunch (mix de café da manha e almoço) no Chez Cora (http://www.chezcora.com/montreal-centre-en). Experimente os Crepes, as frutas frescas e um pouco de Nutella (que ninguém é de ferro!).

Se animou?! Quer dicas de escolas de inglês e de francês por lá?! Recomendo a LSC (www.lsc-canada.com/) e a ILSC (www.ilsc.ca) !

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Avião supersônico comercial ligará Paris a Tóquio em 2h30

20 de junho de 2011 | Postado por Marina em Curiosidades Culturais pelo Mundo

O consórcio aeronáutico europeu EADS, proprietário da Airbus, apresentará no Salão Internacional de Aeronáutica e Espaço de Le Bourget (norte de Paris), que começa nesta segunda-feira (20/06), o projeto de um avião supersônico capaz de unir a capital francesa e Tóquio em duas horas e meia, frente às 11h atuais.

Por enquanto, o fabricante mostrará apenas a maquete do futuro avião, que pretende disponibilizar para voos em 2050 e que será capaz de alcançar os 5 mil km/h, quatro vezes mais do que a velocidade do som, com baixas emissões de gases poluentes, graças à utilização de biocombustíveis, segundo os detalhes do protótipo revelados neste domingo pelo jornal “Le Parisien”. O avião promete ser uma das estrelas do Salão de Le Bourget, o evento bienal que reúne no norte de Paris os principais nomes do mercado aeronáutico.

Segundo o EADS, o novo supersônico, cuja maquete será apresentada oito anos depois que o Concorde, o último projeto de aparelho comercial capaz de romper a barreira do som, deixou de voar, poderá transportar entre 60 e 100 passageiros, contra os 120 de seu antecessor. Batizado como ZEHST (Zero Emission HyperSonic Transportation), o avião pode se transformar no “padrão das companhias em 2050”, afirmou o responsável de tecnologias e inovação do EADS, Jean Botti, ao “Le Parisien”.

Além de sua extraordinária velocidade, o dobro da atingida pelo Concorde, os responsáveis do projeto destacam seu baixo nível poluidor, proporcionado pela utilização de biocombustíveis, de hidrogênio e de oxigênio. Além disso, o ZEHST voará acima da atmosfera, a cerca de 32 quilômetros sobre do nível do mar, frente aos 11 quilômetros dos voos comerciais atuais e os 18 do supersônico anterior. Essa particularidade o permitirá “não poluir a camada atmosférica” e alcançar a velocidade de até 5 mil km/h, segundo Botti.

Quando alcançar os 5 quilômetros de altitude, três motores propulsados por uma mistura de hidrogênio e oxigênio serão acionados, auxiliados por um terceiro reator concebido a partir da tecnologia utilizada nos foguetes Ariane. O avião atingirá então uma velocidade 2,5 vezes superior à do som, superior à do Concorde. Mas quando o aparelho chegar aos 23 quilômetros de altura, cinco quilômetros a mais do que alcançava o mítico supersônico, entrarão em funcionamento os reatores que permitirão fazer a velocidade de 5 mil km/h. O financiamento do projeto demandará o apoio europeu, dentro de um programa comunitário de redução da poluição.

O EADS considera que o avião será destinado a executivos e que os preços das passagens rondarão os 6 mil euros para um trajeto entre Paris e Nova York, que efetuará em uma hora e meia, frente às quase oito atuais ou as três que o Concorde necessitava.

O ZEHST não será a única estrela de Le Bourget, já que a americana Boeing, principal rival da Airbus, apresentará pela primeira vez fora de seu país o avião de transporte 747-8, abastecido exclusivamente com biocombustíveis. Já o convidado de honra será o Solar Impulsione, um avião movido a energia solar que, se o tempo o permitir, decolará em viagem de demonstração todos os dias da feira, que termina no próximo domingo.

Fonte:http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI242609-16355,00 AVIAO+SUPERSONICO+COMERCIAL+LIGARA+PARIS+A+TOQUIO+EM+H.htm

TOP 5 países mais perigosos no MUNDO para mulheres:

18 de junho de 2011 | Postado por Marina em Curiosidades Culturais pelo Mundo

Bom, como todos sabem VIAJAR é definitivamente o assunto que mais me interessa nesta vida.

O simples fato de sair da rotina, experimentar outros temperos, outros ares e formas diferentes de ver o mundo é, acredito a razão essencial que me motiva a trabalhar muito para poder viajar sempre que posso e descobrir pouco a pouco cada cantinho do mundo.

Acho super legal esta vibe de moda do SPFW e até mesmo posso muito eventualmente achar um carro ou uma jóia bonitos, mas NADA, absolutamente NADA me dá mais prazer e me completa mais nesta vida do que CONHECER OUTROS MUNDOS.

Quanto mais viajo, mas valorizo também o Brasil, pelo clima, pela alegria e pela liberdade de expressão e espontaneidade. Claro que temosVÁRIOS problemas de saúde, educação e violência urbana seriíssimos, mas tirando a EUROPA, a América do Norte, a OCEANIA e alguns países Asiáticos, a verdade é que o Brasil não está MESMO entre os piores lugares do mundo para se viver.

Já escrevi um post sobre a situação de CUBA e de como me parece impossível me imaginar morando em uma ilha onde o governo me proibisse de ir e vir. Hoje, lendo o International Business Times achei um ranking me causou reflexão e sentimento de solidariedade.

 De acordo com a Thomas Reuters Foundation baseado em um ranking que avalia risco de saúde, violência e “crime de honra” de mulheres em todo o mundo, 213 especialistas nos cinco continentes foram ouvidos e foi desenvolvido um ranking que determina os cinco países mais perigosos para mulheres e ele segue abaixo:

 #1 Afeganistão:

 Corrupção, pobreza, condições de saúde, violência não sexual e discriminação econômica o Afeganistão fica em primeiro lugar no ranking. As chances de uma mulher morrer durante trabalho de parto por lá é de 1 a cada 11 nascimentos (altíssimo). Além disso, 87% das mulheres são analfabetas e 80% delas são vítimas de casamentos forçados.

 #2 Congo:

Ainda com rastros visíveis de uma guerra que durou de 1998 a 2003 e que foi responsável pela morte de mais de cinco milhões de pessoas, a República Democrática do Congo tem o maior índice de violência sexual contra mulheres do mundo. Mais de 1000 mulheres são estupradas diariamente de acordo com o American Journal of Public Health. Além disso, 57% das grávidas têm anemia.

 # 3 Paquistão:

Práticas culturais, tribais e religiosas locais incluem ataque às mulheres. Mais de 1.000 mulheres e crianças são vitimas de “crime de hora” todos os anos de acordo com o Pakistan’s Human Rights Commission. Além disso, 90% das mulheres sofrem de violência doméstica e mais de 40% das mulheres casam-se forçadas antes dos 18 anos de idade.

 #4 Índia:

Casamento de crianças, tráfico de mulheres e violência doméstica colocam a Índia na quarta posição. Mais de 100 milhões de pessoas, na sua maioria mulheres e crianças são vítimas de tráfego de pessoas de acordo com a Indian Home Secretary Madhukar Gupta. Mais de 50 milhões de meninas foram declaradas “desaparecidas” nos últimos 100 anos e mais de 40% das mulheres casam-se de forma forçada antes dos 18 anos.

 #5 Somália:

Um dos países mais pobres, violentos e “sem lei” do mundo tem altíssimos índices de estupros e mutilação genital de 95% das mulheres com idade entre quatro e 11 anos justificados culturalmente como forma de purificação e que consequentemente impedem o prazer feminino. Além disso, existe um grande índice de mortalidade de mães e bebês no parto, apenas 9% das mulheres dão à luz em um ambiente equipado.

É triste mesmo ver que, em pleno século XXI, coisas assim seguem acontecendo! É inevitável também não imaginar: “E SE eu tivesse nascido no Afeganistão ou no Congo?!” “Quais seriam as minhas perspectivas de mundo, de futuro e mesmo de vida ou família”?!

Claro que algumas mulheres que nascem em realidades diversas muitas vezes não têm opção alguma e mal sabem como poderia ser outra forma de vida senão aquela que conhecem, mas achei importante compartilhar estes dados dramáticos destas mulheres guerreiras e sofridas mundo a fora.

Sei também que pouco (ou nada) podemos fazer para ajudá-las. A maioria de nós, certamente, nunca chegará à conhece-las. Então, este post tem só esta função: REFLEXÃO.

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Estudos comprovam: Viajar não só diminui o estresse, mas também deixa você mais inteligente!

14 de junho de 2011 | Postado por Marina em Curiosidades Culturais pelo Mundo

Estudos mostram que viajar faz com que seu cérebro volte a funcionar utilizando a sua máxima atividade estimulando assim a criatividade e a inteligência! Além disso, segundo Jens Pruessner, professor de neurologia da McGill University em Montreal no Canadá, tirar férias e viajar pode diminuir a sua pressão sanguínea, aumentar seu sistema imunológico e te ajudar a ter uma vida mais longa e melhor.

Então, se você precisava de mais razões para se presentear com uma viagem, que tal começar pensando que viajar ou fazer um intercâmbio não deve ser visto como um luxo para poucos, mas sim como um investimento na saúde e em você mesmo!

Portanto, pesquise já sobre as opções disponíveis no mercado e os valores a serem investidos.  

Para aproveitar ao máximo a sua viagem, planeje-se com antecedência! Assim você evita se estressar com coisas de última hora!

Quanto à programação durante a viagem, é importante é balancear bem atividades culturais, esportivas e momentos de contemplação e dolce far niente! Assim você voltará mais renovado(a) e cheio(a) de idéias para ganhar mais dinheiro e, nas férias seguintes,  poder viajar novamente….

Bjs e até a próxima viagem!     

 Marina.

Facilidade: Novas regras para viajar com crianças já estão em vigor:

06 de junho de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Uma novidade tem início hoje:  Os pais ou responsáveis de crianças que vão viajar para o exterior acompanhadas de apenas um do pais, de terceiros ou sozinha, precisarão apenas preencher um formulário  próprio (ou redigido /de próprio punho com as mesmas informações)  assinado pelo pai e pela mãe e o reconhecimento da assinatura pode ser apenas por semelhança, ou seja, o reconhecimento da firma em cartório. (Antes precisava ser por autenticidade, ou seja, na presença de um tabelião).

A autorização também não precisa mais da fotografia da criança/adolescente como antes e terá validade de dois anos. As medidas já estão em vigor e são obrigatórias até os 18 anos do jovem.

Link do formulário:

http://www.dpf.gov.br/servicos/viagens-ao-exterior/3_edicao_manual_menores.pdf/

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

10 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE PARIS:

21 de maio de 2011 | Postado por Marina em França

1) Paris é dividida em 20 ‘arrondissements’

Os arrondissements de Paris correspondem a uma divisão administrativa em vinte áreas municipais. Estes 20 arrondissements estão distribuídos segundo uma espiral que se desenvolve no sentido dos ponteiros do relógio a partir de um ponto central da cidade localizado no Louvre  (1º arrondissement). É assim que os números mais baixos correspondem a arrondissements mais centrais e os números maiores aos arrondissements mais distantes do centro.

Cada arrondissement está subdividido administrativamente em quatro bairros(quartiers, quartos), que correspondem aproximadamente aos quartos noroeste, nordeste, sudoeste e sudeste do respectivo arrondissement.

Desta forma, os  endereços a numeração de cada “arrodissement começa por  75  e termina pelo numero corresponde ao bairro em que ele se situa, por exemplo,  um endereço  situado  próximo ao Louvre terminará com o numero 1 ou seja 75001, então, fica mais fácil identificar um endereço de um hotel em relação ao quartier que ele fica localizado e  saber se, eventualmente, ele é bem localizado.

2) Paris é chique e refinado por si só, mas saiba quais são os bairros mais “trends” por lá:

Quartier Latin:  Situado na famosa Rive Gauche ” (lado esquerdo do Sena) ao sul, tem tudo que vc precisa para ser  feliz , ruas, ruelas feitas para perambular , se perder, se achar e a cada dia uma nova descoberta, é inesgotável, meu bairro predileto de coração sem falar na “ambiance ” de todos os cafés que  fazem dele um dos quartiers mais míticos de Paris..

O Marais: Bairro repleto de  artistas, e pessoas do mundo da moda, como são germain , feito para se perder nas ruelas e ruelas sem fim.

Montmartre: Com sua  famosa ” Place  du Tertre ” com seus pintores e artistas ,cafés restaurantes,  e a famosa e deslumbrante Catedral de Sacré Coeur. Ótimo programa para um passeio durante o dia

 

3) A maioria dos museus são FREE no primeiro domingo do mês.

Isto inclui Musee d’Orsay, Museum Pompidou e o Louvre. Então aproveite!

4) O Rio Sena é uma atração à parte.

Dividindo Paris em duas partes com bancos para relaxar, pontes para ligar os dois lados e seus deliciosos boat tours , isto é, o famoso  ” Bateaux Mouches “.  Depois de um dia batendo perna, poder admirar a luz rosada de Notre Dame  no por do sol , um  espetáculo único  e inesquecível.que percorrem vários pontos turísticos da cidade e que valem muito a pena!

5)Você pode ir por toda parte de Metro, RER (trem), ou “vélo” (bicicleta)

A rede de metro de Paris é uma das melhores do mundo, vc pode ir por toda parte de Metro,( do1 ao 20 arrondissement ) ou ainda utilizar ou RER (trem) para distancias mais longas ou mesmo o famoso TGV ( trem de grande velocidade ) para conhecer as cidades que situam em tornode Paris.

Vélo: Você também pode alugar bicicletas por toda cidade. Você fornece os dados do seu cartão de crédito paga uma taxa de 1 Euro e, os primeiros 30 minutos são gratuitos e, depois você paga pelo tempo que ficar. Ex: 2 horas custa cerca 7 euros. Uma forma barata de bater perna e também de queimar as calorias!

Dica:  Chegando em Paris pela primeira vez  melhor forma de conhecê-la é comprar um passe de 2 dias  nos famosos ” Cars Rouges “, onibus circulares de dois andares que param em todos os monumentos e que passam a cada 15 minutos o que nos dá  a sensação de ter  “um motorista ” a nossa sua disposição durante 2 dias…

6) Compras em Paris

O lugar mais turístico para compras em Paris é a Champs Elysées, mas se quer fugir um pouco do lugar comum, sugiro a Rue de Rivoli , Rue Saint Denis e Rue des Lombards. Além disto, passear pelas rue Cambon (1), Avenue montaigne (8), faubourg saint-honoré (8) e rue de sévres(7) é “cara” de Paris.

7) “Think Green” :

Além de museus, lojas e cafés maravilhosos, existem vários parques e áreas verdes imperdíveis em Paris:

Jardin du Tuileries: Lindo jardim na frente do Museu do Louvre.

Parc du Champ de Mars: Um ótimo lugar para relaxar bem abaixo da Torre Eiffel.

Jardin de Trocadero:  Pequeno jardim do lado oposto do rio onde fica a Torre Eiffel.

Jardin de Luxembourg: Localizado no 5th Arrondissement, é um dos mais famosos jardins de Paris e também o meu preferido. Lá tem também ou Palais du Luxembourg. Uma das construções mais bonitas de Paris.

8) Comer e beber em Paris

Quartier Latin: Adoro os restaurantes gregos da Rue de la Huchette. Já na rue Mouffetard e na rue Pot de Fer, você pode ir para típicos restaurantes franceses.

Belleville: Para quem gosta de comida asiática, este é o lugar.

Além disso, por toda parte, você encontra aqueles deliciosos crepes de rua com queijo emmental e chocolate nutella para aquela “fominha” sem culpa de calorias.

9) La nuit à Paris

Já os restaurantes mas “hipados” para uma “night out” são: La Cantine du Faubourg (www.lacantine.com), Maison de la Truffe (www.maision-de-la-truffe.fr) , Le Stresa (www.lesstresa.com),  Lê Relais de L´Entrecôte (www.relaisentrecote.fr). E, o restaurante do momento o La Societé (www.restaurantlasociente.com). Ah, e, a Torre Eiffel é ainda mais mágica à noite.

10)Você pode morar e estudar em Paris sem visto por até 90 dias:

Existe uma escola no Quartier Latin chamada Eurocentres que tem cursos de francês começando o ano todo e que absorve todos os níveis de idioma (do iniciante ao avançado) e que você pode fazer desde duas semanas de curso até um ano. Além da opção de acomodação em casa de família, também tem opção de residência estudantil ou flat. Passei 2 meses lá estudando francês e fiquei acomodada em uma casa de família. Nem precisa dizer que foi uma experiência maravilhosa!

Outra opção fantástica para os amantes da moda e do design são cursos de férias e cursos de maior duração no Istituto Marangoni.

Se o seu negócio é culinária, então nada melhor do que estudar no Le Cordon Bleu. Possivelmente “A escola” mais famosa do mundo quando o assunto é e gastronomia. 

Mais informações, fale com o STB (www.stb.com.br), recife@stb.com.br  ou (81) 2123-4522.

 Bjs e até a próxima viagem!

Marina.