Posts com a tag dicas intercambio

TOP 5 coisas que fazem a viagem em classe econômica ficar mais agradável!

18 de novembro de 2016 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!

Tudo bom?

Quem me conhece sabe que sou daquelas pessoas que consegue dormir em qualquer lugar. Isso é uma grande vantagem, principalmente para quem ama viajar Como quase sempre viajo de classe econômica e sempre ouço as pessoas reclamando de como ficam “quebradas” na chegada ao seu destino final, tentei elaborar um post  com dicas úteis para ajudar essas pessoas. Vamos a elas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1)     Música: dou o maior valor! Muitas vezes ouço música clássica pra relaxar  e dormir ou pra reduzir barulhos externos como choros de bebê ou conversas intermináveis.

2)     Filmes:  Hoje com Netflix devo confessar que quase não vou ao cinema. Sendo assim, no avião sempre tento me atualizar dos novos lançamentos. Gosto de assistir também a filmes estrangeiros que normalmente seriam mais difíceis de assistirmos em outros locais. Exemplo: Se você pegar um avião da Air France, com certeza vai poder assistir alguns filmes franceses bem selecionados e isso vale para todas as cias aéreas que sempre selecionam um sucesso nacional que pode não ter chegado ainda no Brasil

3)     Assento da janela: Com certeza a coisa que mais faço questão, é a garantia que não vão te acordar pra passar para ir no banheiro e também o melhor lugar pra tentar dormir.

4)     Lanchinhos: Não entro no avião sem lanchinhos. E, como tenho pressão baixa, como tudo que passa mesmo que não esteja com tanta fome. No entanto como as vezes a comigo é péssima sempre tenho um sanduba e uma frutas secas para garantir. Além de ser mais saudável é bem mais barato do que comer no aeroporto.

5)     Leitura em dia:  Ficar algumas horas off-line tem suas vantagens como por exemplo ler aquele livro que você estava querendo ler já fazia um tempão mas sempre parava para dar uma olhadinha nas redes sociais (#quemnunca?)  Pois bem, como  celular em modo avião a relação com o livro (ao menos pra mim) fica mais intensa e eu adoro isso.

 

E você? Qual sua dica de ouro para viagens longas em econômica?

Bjs e até a próxima viagem!

Marina

 

TOP 5 lições fundamentais dos Jogos Olímpicos que todo Intercambista deveria aprender

01 de setembro de 2016 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes! Tudo bom?

A essência dos jogos olímpicos revela como os atletas e as equipes lidam com o desafio de serem melhores em suas modalidades, onde cada um, independentemente dos resultados, encontrou um esporte (atividade) que o levou a dedicar anos de suas vidas ou quase a sua vida inteira, para viver o encaixe perfeito entre a sua paixão, habilidades e propósito.Há uma infinidade de lições que os atletas de alta performance nos ensinam, e nesse post falaremos sobre TOP 5 lições fundamentais que  todo intercambista deveria saber:          

1a lição: Conheça a si mesmo e foco verdadeiramente no seu objetivo:

Isso começa antes ainda de sair do Brasil!Se você focar, será mais simples e fácil dedicar-se insanamente à melhoria habilidades necessárias para chegar aonde deseja. Seja ir para o país que sonhou,  seja conseguir valor que precisa investir  ou mesmo o resultado acadêmico que você precisa atingir..

2a lição: Treine e meça constantemente seu desempenho

Não existe intercambista que vença estudando ou se dedicando eventualmente. A rotina de preparação dos atletas é diária com medições diárias assim como deve ser o dos intercambistas. Qual a lógica disso? A excelência vem da prática deliberada, constante e aprimorada.

3a lição: Mantenha o seu controle emocional

Os atletas que ganham medalhas são aqueles que se preparam fisicamente e emocionalmente. A mente fraca desestabiliza qualquer habilidade que você tenha. Conheço pessoas maravilhosas que perderam oportunidades ímpares de ter sucesso no intercambio por medo de tentar, por insegurança diante de dificuldades e até por momentos de fraqueza e que, infelizmente fizeram com que toda a experiência fosse comprometida. Lembre-se: quando tudo está bem, todos nós somos inteligentes emocionalmente mas é no desafio de lidar com dificuldades que aprendemos e evoluímos.

4a lição: Persista até conseguir

Os atletas que vencem são aqueles que persistem apesar da dor física e emocional das perdas, das críticas e da falta de recursos. Muitos intercambistas querem ter resultados instantâneos e sentir-se adaptado desde a chegada ao exterior e quando algo não sai como o esperado, em lugar de reavaliar e ajustar o que está sendo feito, desiste da mudança, coloca a culpa na cultura, comida ou clima do novo país e querem voltar para o Brasil e, frustrados depois reclamam:” fiz tudo e nada funcionou por isso, prefiro voltar, pra mim já deu, não quero mais sair da minha zona de conforto do Brasil “.O atleta de alta performance entende que se o resultado não foi alcançado certamente, existe algo que ainda não foi feito como deveria.

5a lição: Supere seus limites

A essência de qualquer atleta de alta performance é superar seus próprios limites. Não importa o que foi alcançado, eles querem ir além de si mesmos. Ainda há muitos líderes que após uma grande vitória, acham que ganharam o jogo, param de se esforçar com o intuito além das metas alcançadas, começam a achar que já sabem de tudo e sucumbem diante da própria soberba. Lembre-se de que  novas culturas e idiomas tem nuances e nunca se sabe o bastante sobre tudo. Com certeza até mesmo dentro da própria cultura brasileira existem coisas que nós desconhecemos por ser de outra região ou época. Se você já acha que sabe tudo da língua inglesa ou dos EUA por exemplo, experimente saber mais da Espanha, da China ou da Rússia, tenho certeza que você se surpreenderá com milhões de novos conhecimentos que você poderá absorver a respeito do mundo, de outras línguas e, de você mesmo!

Bjs e até a próxima viagem,

Marina

 

Entrevista: Revista Glamour:Os 7 pecados capitais do Intercâmbio na Era Digital

07 de março de 2016 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!!

Tudo bom?!

Nossa, fiquei tão feliz com essa matéria que vocês não tem noção!! Adoro a revista Glamour. Quando fiz intercâmbio na Alemanha e na França sempre comprava as versões locais pra praticar o idioma. Como a linguagem é fácil, as matérias são ótimas e sempre tem um preço bem camarada era minha companheira de viagens de trem pela Europa!! Me lembro como se fosse ontem: Comprava 1 saco de Maltesers + 1 glamour e não gastava mais de 3 euros nesse “pacote felicidade plena, o mundo pode se acabar e tá tudo certo”. (Quem ama revista e chocolate vai me entender kkk

Segue aqui o link da entrevista que ficou super bacana e que  foi concedida para jornalista  Cáren Nakashima

Intercâmbio Na Era Digital na #Fliporto2015

13 de novembro de 2015 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!

Tudo bom?

Ontem começou a  Festa Literária Internacional de Pernambuco em parceria com a Feira Internacional do livro de Pernambuco e, tive o prazer de participar com o meu novo livro #Intercâmbio na #EraDigital e também realizando palestra sobre “Como a tecnologia mudou a forma de viajar mundo afora!” A Fliporto tem como homenageado este ano o escritor e poeta português Fernando Pessoa,( autor de frases como “Para viajar basta existir”) e, muito embora minha apresentação tenha sido ontem, a festa literária e feira internacoinal do livro continuam até este domingo, 15 de novembro. A #Fliporto2015 está  repleta de programações para toda a família e o melhor, a entrada é franca! Para ficar por dentro de tudo é só acessar www.fliporto.net. Neste link, eles até fizeram uma entrevista comigo!

Ah, e claro, caso ainda não tenha adquirido o novo livro ele já está a venda lá também, (olha aí em destaque! 🙂 ) Acabei comprando esses outros dois que estão ao lado que são o “O poeta da Madrugada” de Alceu Valença e o Pequeno Príncipe em Codel, (que é super a cara da minha região e, que ver como foi feita essa releitura do clássico de Saint-Exupéry).

Para quem não puder ir o livro segue disponível na Livraria Cultura de todo Brasil e nas lojas do STB (Student Travel Bureau) de Recife, Brasília e Porto Alegre)

Bjs e até a próxima viagem,

Marina.

 

Lançamento #Intercâmbio na #Era Digital em uma palavra: “Gratidão”

21 de setembro de 2015 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

“Os livros não são capazes de mudar o mundo,quem muda o mundo são as pessoas, os livros só mudam as pessoas” (Mário Quintana)

Olá viajantes!

Tudo bem?

Ninguém escreve um livro para ficar rico. Acho que salvo Paulo Coelho não me recordo de nenhum escritor que ganhe fortunas escrevendo.

O engraçado é que, ao menos para mim, o ato de escrever não me parece ser uma escolha. É como se as palavras tivessem vida própria e simplesmente brotassem e pedissem pra sair.

Não sei se é porque não faço isso por profissão (trabalho há 10 anos como consultora de intercâmbio atendendo clientes diariamente na loja do STB Recife ou, realizando palestras em colégios e faculdades) então, no meu caso, escrever é quase como um “encontro comigo mesmo” um momento de pausa para conversar com a alma. Da mesma forma, sinto que a alma também escuta (e evolui) no sentido inverso (quando lemos) e é muito bom perceber essa grande “viagem” que é o mundo das palavras.

Muito engraçado também é encontrar pessoas que me conheceram antes pelo livro e que depois compartilham comigo suas impressões e sentimentos sobre o que escrevi. Adoro quando isso acontece. O tal “eco” ´é  impagável para todo mundo que escreve. Sem dúvidas, o maior retorno que podemos ter.

E mais ainda quando ouço que o que escrevi nos livros ou por aqui pelo blog deu coragem e motivação para que a pessoa finalmente resolvesse colocar o pé na estrada. Já escutei um senhorzinho que me abordou no Salão do Estudante dizendo que, havia assistido a minha entrevista no Jô Soares e que morria de medo de avião e de viajar, mas pensou “meu Deus, se essa pirralha conseguiu não é possível que eu não consiga”  (kkkk isso porque comentei na entrevista que meu primeiro intercâmbio tinha sido aos 14 anos) Achei hilário isso. e lá estava ele em busca de informações para fazer o seu primeiro intercâmbio aos 60 anos. Imagina “uma pirralha mesmo” . Imagina eu? logo eu?  poder fazer um senhor de mais de 60 anos repensar conceitos e às vezes mudar completamente sua vida? Seja porque encontrou um lar do outro lado do mundo, porque encontrou o amor em outro país ou mesmo porque voltou melhor de uma viagem e acredita que aquela foi a melhor experiência da vida?

Outro dia, estava  indo dar uma palestra no Mar Hotel aqui em Recife e um rapaz se aproximou antes que eu entrasse na sala e me falou que um post que eu fiz neste blog sobre oportunidades de bolsa fez com que ele soubesse que, para fazer intercambio não era necessário ser rico e, a partir daí, ele se inscreveu no processo seletivo que comentei no post,  foi um dos únicos aprovados no Brasil inteiro, viajou, retornou e saiu da casa dele para ir ao evento apenas para me dizer “obrigado, se não fosse por aquele post, eu provavelmente nunca teria feito intercâmbio na vida pois não tenho condições de pagar. e, depois desse intercâmbio minha vida mudou. fluente em inglês, estou num emprego muito melhor e sei que tenho um universo muito mais amplo na minha frente. Obrigado” Tem como não se arrepiar? E, naquela época o blog tinha um ano apenas, e eu ainda pensava (será   que alguém está  lendo isso?)  Pois bem, naquele dia eu ví que sim. E, acredite, poder ter sido um elemento transformador nesse processo, um grão de areia que seja é a minha maior recompensa.

Agora, voltando ao título do post:  Porque Gratidão? Simplesmente porque desde que o novo livro foi publicado venho recebendo tanto apoio e carinho que realmente não consigo pensar em outra palavra. Não sei nem por onde começar, mas vou me esforçar para não esquecer de ninguém. Primeiro meus pais que leram o livro um milhão de vezes, depois meu marido e minha melhor amiga que também leram e fizeram criticas construtivas para que ele ficasse ainda melhor. Agradeço também aos queridos Henri e Gabi que também deram o seu parecer antes do livro ir para a gráfica. Falando em gráfica, contei com o trabalho magnífico da FacForm, e dos queridos Tarci e Renato que deixaram o livro com uma super qualidade gráfica, melhor do que eu mesma poderia imaginar. Contei também com o apoio da mídia local, como nas matérias no Jornal do Commercio impresso, a cobertura on-line da Folha de Pernambuco , do Diário de Pernambuco on -line , da TV Globo e da rádio CBN além do apoio de muitos amigos e clientes do STB/Recife, dos parceiros do maravilhoso PortalTagIt, da Cultura Inglesa Recife e da minha cliente Camila Coutinho do Garotas Estupidas que sempre dá uma força. Sem esquecer também dos amigos da Faculdade Mauricio de Nassau que gentilmente fizeram a gravação do vídeo de capa.

Obrigada, obrigada OBRIGADA!

Espero que leiam o livro que foi feito com todo carinho e cuidado pra vocês e conto com  feedbacks e todos! Espero em breve poder estar em outras cidades do Brasil!

Bjs e até a próxima viagem!
Marina.

Setembro chegou trazendo opções incríveis para você estudar no exterior: Saiba mais no Salão do Estudante 2015

02 de setembro de 2015 | Postado por Marina em Feiras e eventos de Intercâmbio

Olá viajantes!

Tudo bom?!

A maior Feira de Intercâmbio e Cursos no Exterior da América Latina, o Salão do Estudante, será realizado no Brasil em Setembro e percorrerá sete capitais brasileiras: Curitiba, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo.

Os brasileiros interessados em estudar no exterior terão a oportunidade de conversar diretamente com representantes de instituições de ensino de diversos países e com as melhores agências de intercâmbio do Brasil.

Informações sobre cursos de idiomas, high-school, graduação, pós-graduação, mestrado, MBA, passagem área, visto, seguro viagem e acomodação. Ou, seja, um serviço completo para quem planeja estudar fora do país.

Dentre as novidades desta edição do Salão do Estudante, seguem alguns destaques:

Vivencie uma típica sala de aula britânica – English is GREAT!

O Salão do Estudante está trazendo, com o apoio do governo britânico e em parceria com a English UK, professores do Reino Unido para dar aulas de inglês durante o Salão. O evento terá salas de aula especialmente decoradas no estilo inglês e professores dando dicas de conversação e insights sobre a cultura local. Visitantes vão poder vivenciar como é estudar no Reino Unido numa típica sala de aula Britânica.

Representantes das escolas inglesas estarão disponíveis para conversar e ajudar alunos a escolher o melhor curso e região do Reino Unido para estudar. Você terá a oportunidade de concorrer a sete bolsas de estudo com acomodação e passagem área para estudar inglês no Reino Unido atráves de competição multimídia organizada pela English UK.

Estados Unidos como país de honra

Mais de 20 instituições, entre universidades, faculdades e escolas de idiomas dos Estados Unidos, estarão presentes no evento. Nesta edição o Consulado Americano dará palestras sobre vistos e o sistema de educação americano. O evento contará ainda com a presença de universidades da Califórnia, destino preferido dos brasileiros e cursos de cinema e tv em Nova York.

Grupo de Universidades Portuguesas

A procura de brasileiros por instituições de ensino em Portugal é cada vez maior. Um dos principais motivos é poder morar e estudar na Europa sem precisar fazer um teste de idioma. Além disso, o país tem muito em comum com o

Brasil quando se trata de comidas e estilo de vida. Muitas vezes, fazer uma faculdade em Portugal é mais barato do que pagar uma faculdade particular no Brasil, incluindo os custos do dia a dia como moradia e alimentação. Por isso,em parceria com o Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado, o Salão está trazendo um grupo de universidades portuguesas para conversar com os visitantes e tirar dúvidas sobre cursos, vistos, sistema de ensino e muito mais. Esta é sem dúvida uma ótima oportunidade para quem quer estudar fora falando português. Continuar lendo

Dicas sobre #Intercâmbio: Colaboração no programa Vittrine na TV Tribuna (Band)

29 de maio de 2015 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Olá viajantes!

Tudo bem?

Passando pra compartilhar essa entrevista que fala dos meus intercambios e dá dicas para quem está pesquisando a respeito do tema! #ApertaPlay! 🙂

Entrevista programa Vittrine

bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Os 10 mandamentos do rei do Intercâmbio:

22 de janeiro de 2014 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Gente!

Eu estou morrendo de rir com esse vídeo hilário!!! ! Precisava compartilhar com vocês!!! Cliquem aqui e assistam já!

 

Bjs e até a próxima viagem!
Marina

Ping Pong do Intercâmbio: 7 perguntas e respostas essenciais:

05 de julho de 2012 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes! Tudo bom?!

Hoje resolvi fazer um post meio jogo dos 7 acertos com as 7 dúvidas mais freqüentes de quem pretende fazer Intercâmbio: Enjoy! 

 1) Intercâmbio tem idade?

Não! Quando experimentamos o sabor do mundo e muito difícil que não nos interessemos por tudo o que ultrapassa as nossas fronteiras. Novas culturas, idiomas, culinária, formas de ver o mundo.. Enfim, é maravilhoso poder observar tantas diferenças e similaridades que unem e, ao mesmo tempo separam cada nacionalidade.  Intercâmbio não tem idade e, cursos de idioma têm duração a partir de duas semanas portanto nunca e tarde para fazer o seu primeiro ou o seu próximo intercâmbio!

2) Qual é o erro mais comum que os intercambistas cometem?

Querer reproduzir a sua realidade e forma de ver as coisas e achar que outras culturas devem ter o mesmo comportamento que ele. É importante, acima de tudo valorizar e respeitar as diferenças. A graça é exatamente essa: Descobrir o novo e repensar conceitos antigos.

 3) Acontece de alguns Intercambistas que não se adaptarem?

 É um percentual bem pequeno. Nos primeiros dias é normal certa angústia, saudade de casa, mas a grande maioria se adapta com o tempo. Acho que deve ser muito ruim voltar e abandonar um intercâmbio antes do tempo. Deve dar uma sensação de “não realizado” se for possível, é interessante utilizar-se deste processo para se tornar mais maduro, preparado, autoconfiante e descobrir -se mais forte superando as dificuldades iniciais. Continuar lendo

10 coisas que você deve prestar atenção quando estiver pesquisando um Intercâmbio:

06 de junho de 2012 | Postado por Marina em Casa de Família x Outras Acomodações

Olá viajantes!

Tudo bem?!

Tenho recebido muitos e-mails sobre inseguranças relacionadas a  escolha da melhor escola e do melhor intercâmbio. Sendo assim, este post busca fornecer algumas dicas para ajudá-los neste processo que, de início parece complicado mas, acredite, observando alguns principais pontos, nem é tão complexo  assim…

Dica 1) Evite escolher a escola levando SOMENTE em consideração o preço final. Assim como aqui no Brasil, no exterior, têm escolas e escolas, universidades e universidades. Diferenças grandes de valor podem, muitas vezes, também determinar uma diferença enorme de qualidade dos professores, estrutura física e reconhecimento do seu diploma no retorno ao Brasil. Existem escolas em países como Inglaterra, Irlanda ou Austrália (que permitem que o estudante trabalhe com o visto de estudante) que possuem uma gama de escolas que estão na lista negra da imigração, ou seja, sabe-se que são apenas formas de entrar no país com o visto de estudante para poder trabalhar e estas têm pouco ou nenhum comprometimento com a real evolução do aluno no idioma. Nesse aspecto, o barato pode sair caro e escolas sem reputação podem até mesmo representar um entrave na sua entrada no país. Continuar lendo