define('DISABLE_WP_CRON', true); STB | Blog do intercambio - Intercâmbio de A a Z por Marina Motta - Part 2

Posts com a tag STB

11 coisas mais importantes para saber em qualquer língua:

02 de janeiro de 2014 | Postado por Marina em Aprendizado Linguas Estrangeiras

Quem já foi a locais como o Grand Bazaar em Istambul ou o Mercado de ouro ou de especiarias em Dubai e teve a sensação que os vendedores (alguns até mesmo crianças, ajudando seus pais) são absolutamente fluentes em qualquer língua que você  imagina? Será que eles são gênios? Não, eles aprenderam o básico para negociar (e vender) para turistas como nós!

Sim, sabemos que inglês ajuda (e muito!) na maioria dos lugares sendo que, em alguns casos, seja por questão de sobrevivência (locais isolados) seja para sentir-se mais integrado a cultura local (ou, mesmo para fazer aquele “charminho” de que você arrasa em dinamarquês, kkk) a questão é que,  falar um pouco do idioma do destino que você vai é sempre uma ótima pedida!

Mas, quais seriam frases ou expressões básicas? Vamos a elas…

1)   Sim e não

2)  Quanto custa?

3)  Números

4)  Noções tempo (horas, 15 minutos para… 30 minutos
para…meio dia, meia noite, hoje, amanha, que horas são?, que horas o trem número
xxx sai?)

5)  Eu quero/Eu preciso.(Isto, hotel, quarto, comida, médico)

6)   Direções (Onde fica? Eu quero ir….. Qual a distância? Trem, ônibus, aeroporto.
Virar a esquerda, virar a direita, ir em frente, quarteirão)

7)   Eu posso?

8)   Eu gosto

9)   Ser (É, eu sou, você é)

10)  Obrigado(a)

11)  Saia daqui/Deixe-me em paz/Socorro

E, você, tem mais alguma sugestão de palavra ou frase essencial?

Beijos e até a próxima viagem!

Marina.

10 lugares para conhecer em 2014!

13 de dezembro de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Recentemente o Lonely Planet listou os top 10 destinos que você deve conhecer em 2014! Essas listas acabam comigo, gente! kkkkk Quando a gente acha que já conheceu bastante, a gente descobre que ainda falta tanto lugar show para ser descoberto! Destes dez, conheci seis, então ainda falta conhecer quatro cidades! Sendo assim, o meu post dessa semana no portalTagIt destaca essa lista que inclui desde clássicos até lugares pouco visitados!

1. Paris, França
Paris está sempre renascendo e suas atrações vão muito além da Champs Élysée. A cidade luz reserva sempre maravilhosas surpresas e aquece o coração dos apaixonados, seja em um passeio pelos seus museus, ou nos seus charmosos cafés. Morei em Paris um tempo quando tinha 16 anos, mas esta cidade é sempre tão fascinante que todos os anos, para mim, são sempre uma ótima oportunidade para celebrar Paris!

2. Trinidad, Cuba
A pequenina Trinidad entre montanhas e o mar do Caribe é patrimônio histórico da UNESCO pela sua linda arquitetura do século 19. Seu desenvolvimento aconteceu devido à produção de cana de açúcar e este mix com escravos africanos (como aconteceu em várias cidades brasileiras) que deu origem a esta rica mistura de ritmos, dança e curiosidades. Por que visitar Trinidad em 2014? Ano que vem a cidade estará em festa, pois comemora 500 anos de fundação pelos conquistadores espanhóis com festas e eventos únicos.

3. Cape Town, África do Sul
Eu sou apaixonada por Cape Town! É aquela cidade que voltaria todos os anos, se pudesse! Tem uma vibe muito especial, é linda e cheia de vida. Já foi eleita a sexta cidade mais bonita do mundo pelo Guiness Book! Em 2014 recebe um novo título: o da Capital Mundial do Design e, para comemorar, Cape Town terá um ano voltado para eventos neste segmento. Projetos sustentáveis com muito verde preservado e restauração de bairros outrora industriais, como Woodstock e The Fringe, que agora respirarão novos ares repletos de lojas estilosas e bistrôs charmosos. Por fim, o projeto de 2014 visa melhorar também o transporte público que, verdade seja dita, quando estive lá era um ponto desfavorável da cidade. Continuar lendo

Top dicas de turismo para quem viaja sozinho por Fred Morais!

09 de novembro de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Viajar sozinho é, basicamente, fazer apenas o que se tem vontade Seja por opção ou por falta de uma companhia disponível na época escolhida, o fato é que viajar sozinho pode ser uma agradável e inesquecível aventura. “Mas para guardar apenas boas lembranças e evitar aborrecimentos, é importante investir em um bom planejamento”, comenta Fred Moraes, gerente da agência STB (Student Travel Bureau) em São Paulo.

Vantagens e desvantagens

Nem sempre é fácil estar só em um lugar desconhecido – seja no Brasil ou no exterior. “Você não poderá contar com a ajuda de amigos em uma situação de dificuldade e talvez não tenha com quem conversar e dividir os bons momentos”, diz Fred. Mas o turismo solitário tem vários pontos positivos! “Sem companhia fica mais fácil entrar em contato com a cultura local”, conta. Além disso, essa pode ser uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas e fazer boas amizades. E tem mais: você terá total liberdade para organizar o seu roteiro e decidir os locais que deseja conhecer. Analise qual cidade combina com seu estado de espírito, já que viajar sozinho é, basicamente, fazer apenas o que se tem vontade. Quer descansar pra valer? Vá para uma praia deserta e relaxe!
Prefere visitar igrejas e museus? A Europa pode ser o destino perfeito! Outra vantagem é que cabe somente a você escolher a época em que quer viajar. “Se possível, opte pela baixa temporada, época em que os preços de hotéis e passagens aéreas ficam mais baixos”, orienta Fred. Continuar lendo

Pensando em fazer um High School? Saiba o que considerar!

08 de novembro de 2013 | Postado por Marina em Colegial no Exterior - High School

Com o mundo cada vez mais conectado e globalizado, cresce entre os pais a vontade de enviar seus filhos para estudar um período no exterior, seja para garantir uma experiência cultural ou já antecipando eventuais demandas do mercado de trabalho. Segundo dados da Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta, da sigla em inglês), no ano passado, 175 mil brasileiros procuraram agências de intercâmbio para estudar em outros países. Esse volume é mais que o dobro do registrado pela Belta há cinco anos.

Uma das modalidades mais requisitadas por estudantes brasileiros que têm essa oportunidade no exterior é a high school (equivalente ao nosso ensino médio). Atualmente, são mais de 23 mil estudantes brasileiros em programas do tipo. De acordo com um estudo realizado pela Belta, essa modalidade só perde para os cursos de idiomas em volume de procura e vem crescendo nos últimos anos. Dados da Student Travel Bureau, agência especializada em intercâmbio, mostram que o número de brasileiros que deixaram o país para cursar o ensino médio em países como Estados Unidos, Canadá e Inglaterra cresceu 30% só no ano passado. “Além de aprimorar o idioma, a high school é uma ótima oportunidade para o jovem conhecer outras culturas e amadurecer como pessoa”, avalia Carlos Robles, presidente da Belta. Continuar lendo

Intercambistas brasileiros poderão trabalhar na Nova Zelândia em 2014, vamos?

30 de outubro de 2013 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

A Nova Zelândia anunciou na última sexta-feira (25) mudanças na permissão de vistos de trabalho para estudantes estrangeiros. A partir de janeiro de 2014, os intercambistas, incluindo brasileiros, que estiverem matriculados em cursos com 14 semanas ou mais de duração na Nova Zelândia poderão viajar para o país da Oceania com permissão para trabalhar.

Pelas novas regras, os estudantes brasileiros poderão trabalhar 20 horas semanais durante o período de estudos e em período integral durante as férias do curso. A regra vale para os cursos vinculados às escolas chanceladas pela NZQA (New Zealand Qualifications Authority) como de Categoria 1, consideradas as principais instituições do país.Outra exigência é que os cursos respeitem o período integral de aulas, ou seja, que tenham carga horária mínima de 20 horas semanais.

Anteriormente, só conseguia esse tipo de visto de estudante com permissão de trabalho  no país os alunos que se matriculassem em cursos com duração mínima de seis meses e que tivessem notas a partir de 5.0 no teste de proficiência na língua inglesa do IELTS (International English Language Testing System), o que acabava limando boa parte dos estudantes que ainda não dominavam a língua.

Em 2012, a Nova Zelândia recebeu 2.533 estudantes brasileiros de intercâmbio.

Fonte: G1

Um dia em Bratislava!

22 de outubro de 2013 | Postado por Marina em Eslováquia

Olá viajantes! tudo bom?

Dificilmente você vai pensar em sair do Brasil para visitar exclusivamente a Eslováquia. Como no meu caso, ela está ali como “bônus” no meio do caminho em um roteiro básico de leste europeu, confesso que não havia criado muita expectativa e talvez por isso a capital Bratislava tenha sido uma grata surpresa.

Bratislava  está situada no centro da Europa junto às fronteiras da Áustria e da Hungria. Além disso, está bem perto da fronteira com a República Checa e perto da capital da Áustria, Viena!Ao longo da sua história, a Bratislava sofreu forte influência alemã, austríaca, tcheca e húngara, além de mais de 40 anos de regras comunistas opressivas. Hoje é um local simpático que acho que merece uma visita de um dia em sua próxima ida a região!

Separei aqui o meus TOP 4:

1) Passear na cidade antiga

Com sua torre-relógio e seu jeitinho mignon, histórico e romântico, indico uma tarde batendo perna pelo centro histórico,
tomando um sorvete e vendo o tempo passar. Essa é a recordação que tenho de um dia ensolarado de verão na capital eslovaca. As históricas ruas do centro antigo têm vários restaurantes e café para todos os gostos. Para experimentar uma típica cozinha eslovaca, o Prasna Basta, na rua Zamocnika 11, é cheio de locais, e se puder pagar um pouco mais, experimente o Slovenska Restauracia na Hviezdoslavovo Namestie. Fiquei muito fã do Bryndzove Halusky, (considerado o prato nacional). É uma espécie de gnocchi com um queijo de cabra chamado bryndza.

2) Visitar o castelo

Situado num planalto à beira do Danúbio, o castelo de Bratislava é uma das estruturas mais proeminentes da cidade. Saindo de lá, o restaurante Modra Hviezda numa das ruas abaixo do castelo oferece um menu tradicional bem explicadinho. Continuar lendo

Programa BE Mundus: Alunos da UFPE podem se inscrever em bolsas de intercâmbio

14 de outubro de 2013 | Postado por Marina em Bolsas de Estudo

Estudantes da UFPE foram apresentados na ultima semana ao BE Mundus, novo projeto do Programa Erasmus Mundus, que traz parceria com Universidades europeias e brasileiras para oferecer intercâmbios para graduação, doutorado, pós-doutorado e staff. A novidade é que, além de alunos dos cursos de Engenharias e Tecnologia, estudantes de todas as licenciaturas também poderão concorrer às bolsas. A reunião de apresentação do projeto aconteceu no auditório João Alfredo, na reitoria da UFPE e foi dirigida por Alessandra Gallerano, da Universidade de Roma La Sapienza, e Zeljka Pitner, da Zagreb Universidade, da Croácia.

Financiado pela Comissão Europeia, desde 2004 o programa Erasmus Mundus oferece bolsas a estudantes e pesquisadores para intercâmbios em diversos lugares do mundo. Mais de 35 mil contemplados tiveram a oportunidade de estudar em outros países. “O diferencial do programa é a tradição em oferecer bolsas em universidades com muito prestígio. É uma experiência internacional interessante, enriquecedora e no melhor estilo europeu”, afirmou Alessandra.

O BE Mundus é uma extensão deste programa e tem como principal objetivo formar uma cooperação entre instituições brasileiras e europeias, através de projetos de pesquisa conjuntos entre as instituições. Durante os anos de 2013, 2014 e 2015, o programa oferecerá bolsas para Europa em graduação sanduíche (6 ou 10 meses) doutorado (6 ou 10 meses) pós-doutorado (6 meses) e staff, que abrangem professores das áreas contempladas e técnicos administrativos da universidade (um mês). No caso de Licenciatura, só a graduação será contemplada com as bolsas. Continuar lendo

5 razões para você fazer um Contiki em 2013:

02 de setembro de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes! tudo bom?

Oi? Fazer um o que produção?! Calma…rsrsrrsr! Eu explico:

Sabemos que com a Internet é possível fazer reserva de hotéis, comprar passagens,pesquisar os atrativos turísticos de cada local bem como o custo médio das coisas. Viajar de forma independente é uma opção SIM, porém não deixa de ser solitária.

Ok, você pode ir com amigos, mas aí cada um pode fazer uma coisa diferente e isso pode gerar confusão.e até abalar a amizade.

Certo, você pode viajar apenas com pessoas que tenham exatamente os mesmos interesses, no entanto, normalmente são marinheiros de primeira viagem (pelo menos para aquele destino) assim como você e, por mais que se estude tudo na internet não é igual a quem mora lá ou um guia que tem a  experiência naquele destino, certo?

A pergunta que não quer calar é: O que pessoas jovens gostam de fazer quando viajam?  Basicamente 3 coisa: Passeios culturais, compras e baladas. Certo?!

O tour Contiki (representado exclusivamente pelo STB no Brasil) é exatamente isso: Guias jovens com super know how em um tour com ótimo equilíbrio entre comodidade e custo x benefício voltado para o público de 18 – 35 anos.

Eu fiz 2 contikis, (um pela Califórnia e  outro pela Austrália e amei).porém, além de América do Norte e Oceania, os roteiros também podem incluir Europa, Ásia e  América Latina. Interessou? Então vamos aos motivos para você fazer um Contiki
em 2013 Continuar lendo

Universidade da Califórnia tem ótimas opções na área de Direito Internacional

31 de agosto de 2013 | Postado por Marina em EUA

Atento às tendências de mercado e à demanda de profissionais por cursos de especialização na área jurídica, o STB traz para seu portfólio os mais novos programas da Universidade de Califórnia, do campus da cidade universitária de Davis. As opções são voltadas tanto para estudantes quanto para profissionais interessados em conhecer a área de direito internacional.

Para aqueles que desejam aprender termos em inglês utilizados na área, o programa da School of Law é o indicado. Com duração a partir de duas semanas, o curso ajuda a desenvolver vocabulário, leitura, escrita e fluência verbal.

Outra opção é o Orientation in USA Law, voltado para advogados internacionais, juízes, professores e estudantes de direito que queiram melhorar a compreensão das teorias e práticas do sistema legal dos EUA. Com duração de quatro semanas, o curso inclui conceitos sobre o sistema legal americano, planejamento de negócios e estrutura, contratos, direito comercial e do consumidor, propriedade intelectual, responsabilidade civil, processo civil, regulamentações antitruste, fiscalidade, trabalho, direito ambiental, resolução de conflitos, entre outros temas.

Localizada no coração do Vale Central, Davis é famosa pela rica economia agrícola. Com mais de 160 quilômetros de pistas e caminhos de ciclovia, é conhecida por “Bike City”, a cidade mais preparada para bicicletas no mundo.

Confira a seguir os valores dos cursos:

Curso: Preparation Progrma: English for Legal Professionals
Carga horária: 22 horas por semana
Duração: 2 semanas
Acomodação: em estúdio, a partir de US$ 750 + taxas
Preço (somente o terrestre): a partir de US$ 1.927,00 + R$ 387,00 (taxa de atendimento STB).

Curso: Orientation in U.S.A. Law
Carga horária: 22 horas por semana
Duração: 4 semanas
Acomodação: em estúdio, a partir de US$ 1.560 + taxas
Preço (somente o terrestre): a partir de US$ 4.397,00 + R$ 387,00 (taxa de atendimento STB).

Mais informações:www.stb.com.br ou recife@stb.com.br

 

Dica: Em Setembro, o Salão do Estudante 2013, a maior feira de Intercâmbio da América Latina estará presente em 8 cidades!

29 de agosto de 2013 | Postado por Marina em Feiras e eventos de Intercâmbio

Hoje, muitos brasileiros buscam cursos lá fora.Esse público prefere aperfeiçoar o inglês (mais também quer estudar espanhol,
francês, mandarim) e quer, acima de tudo, aproveitar para incrementar ocurrículo.

De olho nesse mercado, várias instituições de ensino de mais de 20 países estarão no Brasil participando da 18ª edição do Salão do Estudante oferecendo diversos cursos de idiomas além de opções moldadas de acordo com interesse específico do participante em áreas como: gastronomia, cinema, business, moda etc.

O salão realizará seminários e palestras e dará todo o suporte para quem não vê a hora de estudar lá fora. Dicas sobre clima,opções de moradia, cursos, como estudar e trabalhar no exterior, informações sobre documentação e câmbio serão fornecidas pelos expositores.

Sabemos que Estudar no exterior é um grande investimento então, é importante que você dedique seu tempo procurando todas as
alternativas e que faça uma escolha consciente! Uma das partes mais importantes do Salão do Estudante são os seminários informativos que acontecem durante todo o dia. Palestrantes especializados do Brasil e de muitosoutros países vão esclarecer você sobre uma série de assunto. E o melhor! Tudo é gratuito!

Mais uma vez, tive o prazer de ser convidada para apresentar um dos seminários de Recife e vou poder conhecer e rever leitores do blog por lá! Ah, também estarei autografando meu livro eih?!

Anotem as datas do Salão do Estudante 2013 nas diferentes cidades: Continuar lendo

Página 2 de 512345