Posts com a tag visto provincia quebec

Tudo que você precisa saber antes de fazer Intercâmbio ou processo de imigração legal na província de Quebec, Canadá

11 de abril de 2013 | Postado por Marina em Canada

O que é preciso pra conseguir visto de estudante?

Você procura uma escola (de línguas, de formação em algo específico, tipo música ou design ou moda…) ou uma universidade e se candidata a uma vaga. Cada escola pede uma documentação diferente, mas a maioria vai pedir, no mínimo, comprovação de estudo (diplomas), histórico escolar, identidade, tudo traduzido pro inglês ou pro francês. Essa documentação você
manda pra escola, e, se ela te aceitar, vai te mandar uma carta-convite pra estudar lá. Se for na província do Quebec ,precisa mandar uma cópia da carta para o governo do Quebec, pra poder receber o CAQ (Certificat d’Acceptation du Québec), que é um documento que é a sua permissão pra estudar no Quebec.

Ok,  Quebec já te aceitou, agora falta o Canadá. Aí, com a documentação que você recebeu da escola, da província e mais alguns formulários (tem tudo no site do CSC-VAC), você entra com o seu pedido de visto de estudante canadense. Tudo é feito pelo
correio, não tem entrevista (se tiver, é por telefone). Tudo isso demora de 3 a 6 meses.

Trabalho:

Tem dois tipos de visto de trabalho, um que você já precisa ter uma oferta de emprego do país e outro que você pede um open work visa, que é pra ir para  o país com a permissão pra trabalhar. Esse último demora mais pra sair. Outra forma é aplicar pra
imigração permanente, que é um processo que leva uns 2 anos, tem muitas entrevistas, exige um bom nível de francês. Você chega sem emprego, mas o governo dá aulas de francês, cursos de como fazer um currículo, como enriquecer o currículo e como encontrar um emprego.

O governo exige que o estudante entre com alguma quantia fixa de dólar canadense?

O estudante universitário estrangeiro paga mais caro que o estudante canadense. Nisso já tão inclusas as taxas de educação, que não são baratas, mas são mais baratas que nos Estados Unidos. As universidades (Concordia e McGill são anglófonas; UQAM é francófona) possuem programas de bolsa, e até algumas escolas também, mas para estudantes de até 25 anos. Cada universidade/escola tem sua dinâmica de pagamento: a cada semestre paga pra estudar ou paga tudo de uma vez ou vai nas mensalidades. Também acontecem empréstimos estudantis, que é o que a maioria dos canadenses faz. As escolas também são
abertas a organizar esse pagamento com o aluno. Continuar lendo