Archive for the ‘Dicas de Viagem’ Category

A Arte de viajar sozinho – Manual com TOP 20 dicas para não cair em roubadas!

10 de janeiro de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Quem nunca teve a sensação de estar esquecendo de alguma coisa quando acabou de arrumar a mala?! Ou, ainda, quem nunca se sentiu um pouco inseguro em lugares que não lhe são familiares?!

 Janeiro – férias de muita gente então, pensando nisso, segue uma lista que vai ajudá-lo(a) a não vacilar quando estiver viajando sozinho (ou não):

​1.​ ​Leia guias sobre o seu destino de viagem. Busque por dicas de segurança e, se for mulher, dicas específicas de como se proteger para evitar situações de risco.

​2. Pack light – Tente levar uma mala leve – lembre-se  de que quando viajamos, as roupas informais acabam prevalencendo então não precisa levar grande quantidade de sapatos, bolsas, etc. Afinal, sempre existirão comprinhas no caminho então,  menos é mais – assim, você evita pagar excessos de bagagem e também dá uma folga para sua coluna.

​3. Contrate uma Assistência Médica Internacional​,  nunca se sabe quando se vai precisar. O blog recomenda a Assistência Médica ISIS (www.isisbrasil.com.br) Lembre-se de que, na maioria dos países da Europa, é exigida uma Assistência Médica com cobertura mínima de EUR 30.000.

 ​4. Não se esqueça de contabilizar as suas milhagens no aeroporto no  seu check in! Com algumas viagens internacionais você já consegue  passagens FREE de ida e volta para a América do Sul ou Brasil (já que em ambos os casos, basta-se apenas 20.000 milhas).

​5. Tenha sempre consigo um cartão de crédito internacional e algum dinheiro em cash.​ O cartão VISA costuma ser muito bem aceito no exterior. Outra opção interessante é um VTM (Visa Travel Money) que é um cartão de saque ou débito em conta e que pode ser encontrado em casas de câmbio.

​6. Se for mulher, não leve TODO o seu dinheiro dentro da sua bolsa enquanto estiver batendo perna pela cidade. Tenha consigo apenas uma parte do dinheiro, cartão de crédito e cópia do passaporte e, guarde sempre a maior parte do seu dinheiro e seu passaporte no cofre do hotel ou na sua mala trancado. Quando for viajar de avião, trem, ônibus ou navio, aí sim, fique com tudo para não correr o risco de perder a mala com roupas, passaporte e todo o seu dinheiro.

​7. Lembre-se se não levar líquidos acima de 100 ml na sua mala de mão. Assim como qualquer objeto cortante ou pontiagudo, nada de levar tesoura de unha ou lixa de metal para fazer as unhas no avião eih?!.Quanto aos líquidos despachados na mala, tente levar apenas o necessário, perfumaria e cosméticos costumam pesar bastante.

 ​8. Não esqueça seus remédios de uso rotineiro ou seja “sua farmacinha”, uma boa máquina fotográfica, telefone celular habilitado para ligações internacionais (para usar em caso de emergência), adaptador de tomada e, também, um secador de cabelo portátil, você pode precisar secá-los em lugares frios para evitar resfriados.

 ​9. Tente seguir o jeito de vestir local e seja discreto(a), em países muçulmanos, por exemplo, evite mostrar roupas curtas ou decotadas. Demonstrações de carinho e afeto em público também não são bem aceitas. Você pode ser mal interpretado(a), principalmente em igrejas e mesquitas.

​10. Pesquise um pouco os preços antes de comprar todas os seus presentes na primeira loja de souvenir do aeroporto. Por exemplo, na minha última viagem ao Peru, deixei para comprar as lembrançinhas na cidade de Cuzco que estavam mais baratas do que em Lima(capital).

​11. Tenha consigo o telefone  e endereço de onde você está acomodado.

​12. Se possível, aprenda algumas palavras locais como: Por favor, obrigada e quanto custa?. Em Bali, na Indonésia, como o idioma é completamente diferente do nosso, com estas três palavrinhas já consegui facilitar um pouco a minha vida por lá…

13. Evite viajar com jóias, você pode perder ou ser roubado e isto, com certeza, é uma dor de cabeça desnecessária. Quando viajei pela Califórnia com uma amiga, um dia acordamos atrasadas para pegar o avião  e, na pressa, ela esqueceu na mesinha de cabeceira do hotel um anel de ouro e brilhantes que ela tinha recebido de presente de 15 anos do pai, claro que ela nunca o recuperou.
 ​​

14. Muito cuidado ao aceitar bebida de estranhos em bares ou baladas e não aceite pedidos para olhar ou carregar malas de estranhos nos aeroportos ou estações de trem.

15. Antes de entrar no taxi confirme o preço da corrida e  certifique-se de que o taxímetro está ligado.
16. Informe-se sobre percentual de gorjetas em restaurantes ou hotéis.

​17. Go with the flow.​  Ao pegar o onibus sente-se mais na frente perto do motorista para que ele lhe dê as dicas de onde descer. Além disso, evite andar só  à noite.

​18. Não informe  detalhes do seu itinerário de viagem e rotina  para estranhos como taxistas ou pessoas que você venha a fazer amizade no trem ou avião.

19. Em lugares públicos e turísticos, tenha sua bolsa ou mochila sempre do seu lado ou na frente.

​20. Álcool em gel pode ser muito útil, já que em alguns banheiros públicos não tem sabonete líquido. Uma garrafinha de água mineral é sempre bem-vinda, sobretudo em climas secos e, quando andamos muitoà pé.

E aí?! Gostaram das dicas?! você incluiria mais alguma sugestão?!

Então escreva aqui para a gente!

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

ALFÂNDEGA -O você pode (ou não) trazer do exterior na bagagem

05 de janeiro de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Quando a gente viaja para o exterior, além de conhecer, visitar e tirar muuuuitas fotos, quase sempre também voltamos com algumas (para alguns muitas) comprinhas…..

Por isto, antes de sair comprando tudo que você vê pela frente, é importante saber que o limite de compras não pode passar de USD 500 (Leia Post: Mas, afinal, com a mudança, como fica a cota que limita compras no exterior a US$ 500http://t.co/V6R6bKS):  E, além disso, se prevenir para não ter  seus itens apreendidos pela Receita.

Segue aqui alguns itens liberados,  proibidos ou liberados com restrição:

LIBERADOS LIBERADOS COM RESTRIÇÃO PROIBIDOS
Chocolate Eletrônicos (dois de cada tipo) Doce de leite
Biscoitos Vinho (no máximo 12 garrafas de rótulos diferentes Queijo
Algajor Cremes(até 10 de um mesmo tipo de produto) Embutidos
Azeite Camisetas (até 3 de mesma marca ou modelo) Defumados
Geleia Tênis (cinco pares de modelo/marca diferente) Mel
Bala,Chiclete Cigarros (até 20 maços) Sementes
Compotas de doces Remédios (sob prescrição, não há limite) Peixe
Salgadinhos   Vegetais
Amendoim,Pistache   Frutas
    Leite e ovos

Lembrando que esta lista está sujeita a alteração então, antes de viajar é bom checar com a Receita no: http://www.receita.fazenda.gov.br/Aduana/Viajantes/Default.htm

Bjs e até a próxima viagem,

Marina.

Como tirar o passaporte?

04 de janeiro de 2011 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

A primeira coisa que você precisa fazer antes de viajar para o exterior é providenciar um passaporte!

Para requerer o seu, você vai precisar de um documento com foto (RG, Habilitação, carteira de trabalho ou passaporte anterior);  título de eleitor, comprovantes de que votou, certificado de reservista e certidão de casamento para quem teve o nome alterado. Não esqueça também de levar o CPF, no caso de menor de idade, pode levar o CPF dos pais.

Preencha o formulário de solicitação:

http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte

Ele vai gerar automaticamente a Guia de recolhimento da União O pagamento tem que ser no Banco do Brasil e o valor que hoje custa R$ 156,07 vai subir para R$ 188,40 em alguns meses.

A Polícia Federal promete entregar o passaporte em até 6 dias úteis mas só depois que você fizer o agendamento pelo site para entregar os documentos.

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Mas, afinal, com a mudança, como fica a cota da receita que limita compras no exterior a US$ 500?

25 de novembro de 2010 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Depois que alguns itens foram isentos de declaração para Receita Federal muitas pessoas estão tendo dúvidas quanto a isto então resolvi fazer um post para esclarecer:

Quando você voltar de sua próxima viagem, a Receita Federal irá liberar a declaração apenas destes itens comprados no exterior:

* telefones celulares

* relógios de pulso

*máquinas fotográficas

* roupas e acessórios

*adornos pessoais

*produtos de higiene e beleza.

* baterias e acessórios (em quantidades compatíveis)

* carrinhos de bebê e equipamentos de deslocamento como cadeiras de rodas, muletas e andadores também entram na lista, dos bens que não precisam ser mais tributados.

*Se o viajante comprar um iPod ou um iPad no exterior e comprovar que, durante a viagem, fez uso profissional da aquisição, não precisará declará-lo. Mas sempre precisará apresentar nota fiscal.

Se as mudanças são boas, algumas coisas continuam iguais:

 Notebooks e filmadoras estão fora da lista de bens de uso pessoal e devem ser declarados e entram na cota já existente, limitada a US$ 500 para quem usou transporte aéreo ou marítimo e a US$ 300 para quem utilizou transporte via terrestre, fluvial ou lacustre.

Por isto, ainda no Brasil, antes de viajar para o exterior, se pretende levar o o  seu laptop, declare antes de sair do Brasil e tenha consigo a nota fiscal para apresentar antes do embarque e no retorno, caso seja solicitado!

Lembrando que estas regras podem ser alteradas a qualquer momento, então, antes de viajar, não deixar de dar olha olhada no site da receita!http://www.receita.fazenda.gov.br/Publico/Aduana/bagagem/PerguntasRespostas/PerguntaseRespostasBagagem.pdf

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Conheça os países que não exigem visto de entrada para turistas brasileiros

24 de novembro de 2010 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Ainda dá tempo de planejar uma viagem para as férias de final de ano
 As férias de final de ano estão bem próximas. Mas ainda dá tempo de programar uma viagem para o exterior para quem está com passaporte válido. Muitos países não exigem visto para brasileiros, desde que permaneçam em seu território por até 90 dias e a turismo.
E mesmo para quem quer estudar por um período de até 90 dias, alguns países permitem a entrada mesmo com o status de turista.
 Confira abaixo a lista dos países que não exigem visto.

*Países onde não é preciso apresentar o passaporte. A carteira de identidade dá direito a entrada.

**Países onde você pode estudar até 90 dias sem necessidade de visto prévio.
Bjs e até a próxima viagem!
Marina.

Vai viajar? O STB recomenda check-list p/ garantir uma boa viagem!

19 de novembro de 2010 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Saiba como itens indispensáveis podem garantir o sucesso das férias no exterior

Para quem está programando as próximas férias no exterior, o STB – Student Travel Bureau, líder nacional no segmento de turismo jovem e educação internacional, dá dicas fundamentais que ajudam a garantir o sucesso da viagem.

Documentos

 O primeiro passo é checar a validade do passaporte (no mínimo seis meses após a data de retorno da viagem) ou solicitar a emissão do documento na unidade mais próxima da Polícia Federal (www.dpf.gov.br). Em seguida, é necessário consultar o consulado do país escolhido, sobre a obrigatoriedade do visto de entrada. Para destinos como África do Sul, Marrocos, Turquia, Tailândia, Nova Zelândia e países da União Europeia e da América do Sul, o viajante tem três meses de permanência sem visto. Já os Estados Unidos, Canadá e Austrália exigem o documento, adequado ao tipo e à duração do programa. No site do Ministério das Relações Exteriores (www.abe.mre.gov.br), é possível encontrar orientações sobre vistos para brasileiros. 

 Outro item importante é a vacinação, que varia de acordo com cada país. Entre as mais requisitadas, estão as vacinas contra febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, difteria, tétano e hepatite B. Países como África do Sul e Austrália, por exemplo, exigem vacina contra a febre amarela. Mais informações no site da Anvisa (www.anvisa.org.br).

Segurança

 Seja qual for o destino escolhido, o STB recomenda que o viajante não saia do Brasil sem contratar o plano de Assistência Médica Internacional – ISIS (www.isisbrasil.com.br). O produto garante atendimento para desde casos mais simples, como consultas, exames e medicamentos, até problemas mais graves, como cirurgias, internações e repatriação. O valor investido depende do limite de cobertura e da duração de cada viagem.

Outra recomendação é o seguro Stop Trip. Com ele, em caso de cancelamento ou interrupção da viagem por motivos de saúde, há devolução das multas ou despesas extras nos serviços contratados para a viagem. O limite de cobertura chega a US$ 5 mil.

Dinheiro

 Para proporcionar segurança aos seus clientes, o STB oferece o STB Travel Money, a maneira mais moderna e prática de levar dinheiro ao exterior. Trata-se de um cartão pré-pago, recarregável e protegido por senha, que pode ser utilizado para saques (faz parte da rede Visa Plus) e débitos (rede Visa Electron) em qualquer lugar do mundo. Entre suas vantagens, destacam-se: 

 – aceito em mais de 12 milhões de estabelecimentos filiados ao Visa Electron, incluindo restaurantes, hotéis e farmácias, e 800 mil caixas eletrônicos Visa Plus, distribuídos por 144 países;

– compras e saques são realizados na moeda local;

– ao contrário das transações com cartão de crédito que incidem 2,38% de IOF sobre todas as transações internacionais, no VTM a taxa é de 0,38% na operação de câmbio no Brasil, sem cobrança de impostos nas transações no exterior;

– pode ser carregado quantas vezes forem necessárias, mesmo a distância.

 Carteiras mundiais de descontos

 Para quem é estudante ou tem até 25 anos, as carteiras internacionais ISIC e Jovem Card proporcionam vários benefícios nos principais pontos turísticos, lojas e alimentação no mundo todo. A International Student Identity Card (ISIC) é uma carteira de identificação estudantil reconhecida internacionalmente e aceita em mais de 120 países. É a única com o endosso da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Confira os benefícios em www.carteiradoestudante.com.br e www.jovemcard.com.br.  

 Passes de trem

 Quem viaja pelo mundo já sabe que os passes de trem são uma das melhores formas de percorrer a Europa. O STB assegura que os benefícios começam antes mesmo do embarque, pois os preços dos passes adquiridos no Brasil já são diferenciados e mais baratos que as opções trecho a trecho que podem ser compradas ao longo da viagem. Há opções para diversos perfis de viagens: dias corridos ou intercalados no período de dois meses; passes globais, que permitem percorrer até 20 países; ou até mesmo passes regionais. Há ainda diferenciais para outras faixas etárias e para quem viaja só ou em grupo.

 Mais informações: www.stb.com.br.

Bjs e até a próxima viagem!

Marina

O segredo do sucesso em um Intercâmbio: Aprender a olhar!

03 de novembro de 2010 | Postado por Marina em Aprendizado Linguas Estrangeiras

Fazer um intercâmbio no exterior e, antes de tudo, ter interesse pelo NOVO, pelo DIFERENTE e,  definitivamente estar disposto a AMADURECER.

 As opções mais procuradas para passar uma temporada fora são: EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Inglaterra e Irlanda. 

Aperfeiçoar um idioma no exterior é muito bom principalmente porque possibilita ao estudante vivenciar a cultura e os costumes de outro país.  E as opções de acomodação ajudam na interação! O estudante tanto pode se hospedar em casas de família quanto em residências estudantis dentro das escolas.

Vale lembrar: tolerância às diferenças culturais, capacidade de adaptação a novos ambientes, maturidade e real interesse em participar de um programa de intercâmbio são requisitos essenciais para o sucesso do seu intercâmbio.

 Na realidade, quando a gente aceita o desafio e encara um tempo fora do país, algumas situações iniciais parecem pouco interessantes, porque a realidade da cidade, às vezes, não corresponde inteiramente às nossas expectativas. Mas lembre-se: através dessas novas experiências, aprendemos  a  “olhar” o que nos é apresentado da forma  real, ou seja, sem a interferência das nossas idealizações.

 Nunca esqueça que olhar vai muito mais além de ver, quem vê uma situação é um mero observador. Quem olha, por sua vez, vê de forma intensa e profunda, ciente do que viu e de que o verdadeiro olhar tem a magia e o poder de mudar o rumo das coisas para o bem ou para o mal – só depende de nós, ou melhor, do nosso olhar.

 O primeiro e único grande passo do sucesso de um Intercâmbio é a adaptação e, para que ela aconteça, tudo começa e termina  “no nosso olhar”. O intercâmbio  é um grande passo através do qual nos alfabetizaremos no quesito  “dar o devido olhar a cada situação”.

 É  a partir desse olhar correto que utilizaremos os recursos certos para enfrentar e resolver  situações da forma  correta cada vez que elas se apresentarem. Depois, a vida se encarregará do restante do nosso aprendizado. Sem  esse “olhar” verdadeiro e real nada é possível: tudo fica difícil e nada tem solução.

 É alcançando este “olhar” que passamos a dar o real peso a cada problema e vemos que existem coisas pequenas como a casa de família não tão limpa quanto a nossa. Tão banais como a comida oferecida não ter uma aparência legal e ser sem gosto. Tão obvias como os hábitos diferentes e a maneira de ser de cada pessoa e de cada nacionalidade. Cientes das coisas pequenas, podemos então desfrutar de detalhes bem simples: como o gosto de viver o diferente; tão indizível como  provar o sabor do mundo e  voltar com excesso de boas lembranças na bagagem; e tão reconfortante como a certeza de que a saudade passa e os amores verdadeiros esperam. Sim, nós somos fortes e capazes de suportar tantas mudanças e, somos, na verdade, muito mais fortes do que pensamos.

Existe um mundo lá fora! Viaje! Junte a mim nesta coluna que é uma viagem!

Beijos,

Marina.

No visa required:Quem tem mais liberdade para viajar?

26 de agosto de 2010 | Postado por Marina em Curiosidades Culturais pelo Mundo

 Uma querida leitora chamada Andréa, me enviou este gráfico do The Economist ( importante publicação britânica)  que mostra a habilidade de cada nacionalidade de viajar sem visto pelo mundo afora….Achei interessante e pensei que merecia um post!

Sempre achei que o nosso passaporte brasileiro (ex-verdinho e agora azulzinho) estava “bom para o gasto”. afinal, só de poder circular a Europa toda sem visto e de poder permanecer por lá por até 90 dias, já émaravilhoso, fora isto, também não precisamos de visto para Nova Zelândia, a África do Sul, a Tailândia, a Indonésia, e mais recentemente, a Rússia portanto, nada mal para uma nação de “ordem e progresso” em “vias de desenvolvimento”…

Tá bom, é verdade que poderíamos sim (quem sabe em um futuro próximo, espero! 🙂  ter isenção de visto para  países como EUA, Canadá e Austrália, por exemplo mas, a verdade é que  precisamos  mesmo celebrar o que temos e não reclamar do que não temos….(ainda)…

Acho importante citar que esta permissão de entrada sem visto é baseada, principalmente, em acordo bilaterais entre países e, também, no fato do país ser considerado pacífico, com economia estável e ter respeito aos direitos humanos e a democracia.

Então, neste gráfico abaixo que mostra a situação de vários  países do mundo…podemos ver que até que não estamos tão mal….comparem, por exemplo, ao caso dos Chineses… ninguém merece, né?!

Certa vez, uma amiga de Bali, na Indonésia,  me falou que ela precisava tirar visto para todo e cada país da Europa..Imaginem passar por isto se você pretende dar um giro por uns 10 países europeus? Um horror, né?!

Esta semana estava pensando no caso dos cubanos… Imaginem  só que Intercâmbio não existe por lá…..Eles simplesmente não podem sair da ilha de Fidel… Passou no Vestibular, quer fazer um mochilão pela Europa para comemorar? Casou? Quer viajar na Lua de Mel para o Tahiti? Tem vontade de aprender outra língua no país onde ele é falado? ou, de ter uma experiência de trabalhar no exterior?Nada disso é possível sendo cubano…. 

Até já tive vontade de conhecer Cuba, mas, acho que deve ser realmente muito triste ver as pessoas “presas” ser liberdade de ir e vir. Isto, para mim é inimaginável, inconcebível…

Se pensarmos até mesmo na época da ditadura no Brasil, quem não concordava e tentava lutar por seus ideais sofria coisas horríveis, no entanto, se a pessoa quisesse “fugir ” ainda poderia ser exilado em países como a França, por exemplo…

Então, realmente, não sei mesmo se um dia irei a Cuba… Acho muito louco isto do governo  não permitir que as pessoas circulem e conheçam outros mundos, outras culturas e possam optar ou não por morar alí no lugar onde nasceram mas não, necessariamente, pretendem viver e morrer….

Portanto, fica aqui a mensagem para que você aproveite para viajar enquanto pode….com esta novidade do Brasil de restringir humor e liberdade de imprensa….sabe lá aonde isto pode dar….É isto aí pessoal, foi só um pensamento “neo-político-liberal e filosófico” (kkkkk) do nosso blog Intercâmbio de A a Z para incentivar vocês a VIAJAREM MUUUUITO!  SEEEEMPRE e  todas as vezes que puderem….

No próximo blog, falaremos sobre cursos nas universidades da Califórnia onde você vai poder “viver a vida sobre as ondas ou ser artista de cinema” você não perde por esperar! 🙂

Bjs e até a próxima viagem!Marina.

Mudanças nos formulários de visto dos EUA

24 de março de 2010 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá Pessoal,

Como já devem estar cientes, houveram algumas mudanças na solicitação para visto americano. Abaixo colocamos uma nota com as principais mudanças.

MUDANÇA NA SOLICITAÇÃO DE VISTO PARA OS ESTADOS UNIDOS

A partir do dia 5 de Abril, 2010, a Embaixada e Consulados Americanos no Brasil iniciarão novos procedimentos para a solicitação de vistos americanos. O novo procedimento representa o primeiro passo de um trabalho contínuo que visa melhorar o processo de solicitação de vistos e reduzir o tempo despendido pelos solicitantes durante o processo de solicitação de vistos.

 O novo procedimento exigirá que TODOS os solicitantes preencham o formulário eletrônico DS-160 com pelo menos 48 horas de antecedência da data de agendamento da entrevista. Clique aqui para acessar o formulário:

https://ceac.state.gov/genniv/

 O novo procedimento também exigirá que TODOS os solicitantes façam o upload de fotos no Formulário DS-160. As fotos devem estar de acordo com as seguintes normas http://travel.state.gov/visa/guide/guide_3882.html

Para os requerentes será enviado documento similar em português com explicações.

Resumo das mudanças:

1 – O formulário de visto deve ter seu preenchimento correto em todos os campos, incluindo a foto eletrônica; caso contrário o agendamento será cancelado e será necessário o reagendamento de entrevista para data posterior e disponível.

2 – Pagamento da taxa consular (CITIBANK) deverá ser feita com no mínimo 5 dias úteis de antecedência. Não haverá mais possibilidade de pagamentos no próprio consulado da taxa de visto.

 3 – No dia da entrevista todos os solicitantes deverão apresentar a página de confirmação do formulário DS-160, página de confirmação do agendamento, foto em papel tamanho 5x5cm, comprovante da taxa CITIBANK paga, passaporte e documentos para visto.

 4 – Desde 15 de março esses procedimentos já estão sendo testados, sendo que serão obrigatórios a partir de 5 de abril.

 5 – O formulário DS-160 substituirá os formulários DS-156, DS-157, DS-158 e deve ser feito no mínimo 48 horas úteis antes da data de entrevista. Este formulário é eletrônico e no site há apenas informações em inglês. Para tradução basta posicionar o cursor do mouse no item que deseja e a tradução aparecerá.

 6 – Há necessidade da foto digital no formulário DS-160

 7 – Formulário enviado (submetido eletronicamente) não haverá como realizar alterações. Se informações erradas forem passadas o visto poderá ser rejeitado.

 8 – O requerente não levará consigo o formulário impresso no ato da entrevista bastará apenas a confirmação do preenchimento gerada, com o código de barras do processo.

 9 – O agendamento da entrevista e comparecimento no consulado permanece obrigatório.

10 – Os vistos de estudante e intercâmbio, assim como de trabalho, ainda necessitam de formulários específicos (DS-2019, petições, I-20, etc).

 Taxas consulares

Houve alteração nos valores de câmbio das taxas cobradas pelo consulado. Atualmente o câmbio cobrado pelo consulado foi afixado em 1,80. Portanto, seguem as taxas abaixo?

TAXA CITIBANK –                                 USD 131       R$ 235,80

TAXA RECIPROCIDADE ESTUDOS             USD 40         R$ 72,00

TAXA RECIPROCIDADE NEGOCIOS           USD 60         R$ 108,00

TAXA DE ENTREVISTA                                              R$ 38,00

Quem precisar de mais informações, segue abaixo um contato de um despachante!

Fonte: INFOVISTOS – Assessoria em Documentação
Rua Barão do Triunfo, 375 – sala 108 H
Brooklin Paulista – São Paulo – SP
04602-000Telefones: (11) – 3926-2144 / 5042-0642Email – infovistos@infovistos.com.br

 Bjs!

Marina

Página 10 de 10« Primeira...678910