Intercâmbio na Espanha: Aprender espanhol e bailar!

02 de julho de 2010 | Postado por Marina em Espanha

O espanhol é hoje,  o segundo idioma mais falado no mundo dos negócios! Sorte nossa já que isto torna este idioma tão familiar, uma alternativa fácil de contar mais pontos no currículo e viajar por toda América latina e Espanha (e por quer não dizer Miami e arredores da Florida, kkkk) se sentindo assim, hermano de los  hermanos!

Pois bem, exatamente pelo fato do espanhol ter esta posição tão importante em termos globais, ele é o segundo idioma mais procurado por intercambistas brasileiros que decidem passar um tempo estudando fora do País. Seja para fazer um curso de idiomas ou para realizar um intercâmbio de um semestre pela faculdade (já que muitas universidades brasileiras têm parcerias com universidades na Espanha e na América Latina). 

No entanto, a Espanha, em especial, já atraiu muitos brasileiros em busca de trabalho, muitas vezes ilegal e,  a crise mundial e os altos índices de desemprego interno e um número de imigrantes brasileiros ilegais realizando trabalhos de todo o tipo (até mesmo de prostituição) em território espanhol, fez com que, há cerca três anos a Espanha tivesse ficado em evidência na mídia por ter barrado alguns brasileiros que tentavam entrar no País e acabou ficando conhecida por ter uma imigração, por vezes, demasiadamente rígida.

Portanto, os intercambistas que pretendem realmente ESTUDAR e ter uma experiência temporária de intercâmbio na Espanha não devem se deixar abater por estes casos. A Espanha, como qualquer outro País, pode, eventualmente, negar a entrada de estrangeiros em seu território já que TODOS OS PAÍSES SÃO SOBERANOS QUANTO A ISTO. No entanto, eu, trabalhando na área há tantos anos, nunca soube de pessoas REALMENTE bem intencionadas e com todos os documentos em mãos terem sido barradas na Espanha.

O que é preciso fazer para tentar evitar isto? Muito simples: Comprovar o seu objetivo no País (ex: confirmação de matrícula da escola), ter dinheiro em espécie (mínimo EUR 1.000), cartão de crédito, seguro de assistência médica com cobertura mínima de EUR 30.000, comprovante de acomodação e passagem de volta para o Brasil.

Ah, e é claro! Ninguém nunca pode garantir 100% (nem na Espanha nem em nenhum País) mas, com estes cuidados,  posso dizer que estamos nos assegurando com  pelo menos 99% de chances de sucesso!  

Lembrando que para até 3 meses de permanência, o País não exige visto para brasileiros e, acima de 3 meses, o visto precisa ser tirado antes de viajar ou seja, ainda no Brasil.

Então vamos lá: Vamos  logo falar da parte boa e, “vamos a conocer la ESPAÑA!”

 A Espanha tem excelentes opções de cursos em diversas cidades! As escolas Don Quijote (www.donquijote.com) e Enforex (www.enforex.com) são as mais famosas por lá, sendo a primeira mais tradicional e a segunda mais descolada e com um público mais jovem. Além de cursos de espanhol sempre existem eletivas interessante com ênfase em cultura, arte, dança ou culinária.

 Madrid, a capital e a maior cidade, tem museus famosos como o Museu do Prado, transporte público bom e vida noturna para todos os públicos.

 Já Barcelona, segunda maior cidade da Espanha é TUUUDO, para amantes da arte de Picasso, da arquitetura de Gaudí ou mesmo das baladas!!! Segundo minha amiga Italiana Augustina (que morou lá dois anos) os melhores agitos são: Na sexta ou sábado,  No porto olímpico ( um complexo noturno) as opções mais famosas são: Opium Mar e Carpe Diem sendo este último, um restaurante e boate que rola até as quatro da manha . Quer outra opção? Então que tal balada de quatro andares com música diferente em cada uma delas? Não deixe de ir então  na imponente Razzmatazz. Dias de quinta-feira a melhor balada é a Sutton que se deve entrar bem vestido e, no verão (Julho e Agosto) tem uma balada aberta chamada La Terrazza dentro do Pueblo Español. Nos meses de Julho tem o CARNACELONA, carnaval fora de época com bandas de Salvador com Asa de Águia além de e Djs internacionais. Não tem como você não se sentir “em casa”,certo?

Em termos acadêmicos, é importante lembrar que em Barcelona fala-se também o Catalão então, todas as placas são em Espanhol e em Catalão e você vai ouvir os dois idiomas nas ruas, como acontece em Montreal (Canadá) com o Inglês e o Francês…Fora isto, Barcelona é A CIDADE para mim, realmente linda, quase poética!

Para quem quer uma cidade grande, com muitos estudantes e bem espanhola, outra opção excelente é Valência. É a terceira maior cidade da Espanha e não tem tanto brasileiros como Barcelona ou Salamanca. A Paella (aquele prato de arroz com frutos do Mar e, as vezes, frago ou carne bovina) é inclusive de lá! A “Las Fallas” é umas das festas mais típicas da Espanha e acontece em março em Valência! Estive lá inclusive nesta época! e é bem legal de ver! A cidade tem uma parte antiga e outra bem moderna como na foto abaixo. Além de ficar há cerca de 2h de Barcelona e 2h de Madrid, Valência é a cidade mais próxima da badaladíssima e paradisíaca ilha de Ibiza e das simpáticas  ilhas de Maiorca e Minorca.

 Já  Salamanca, é uma cidade pequena e universitária que fica há cerca de 2h de Madrid e é o paraíso dos jovens. A intercambista brasileira Marcelinha me disse a melhor balada é La Chupiteria (onde se pode beber chupitos “shots” a 1 Euro para começar a noite). Depois, todos seguem para o Irish Rover e,  lá pelas quatro da manha, quem ainda tiver energia vai para o Candávia. Alguns depois seguem direto para a sala de aula! kkkkk

 Quem quer uma Espanha mais exótica com uma “vibe” meio árabe na arquitetura, Sevilha e Granada no sul da Espanha, localizadas na turística região da Andaluzia são excelentes opções! Ótimos restaurantes para você ver a típica dança Flamenca da região e baladas também muito presentes.

Outras cidades pequenas, mas muitos legais e badaladas no sul são: Cádiz e Marbella, sendo ambas de praia e muito turísticas! É o máximo  ficar por lá durante o verão europeu! Dias longos e clima quente!  Todas estas opções no sul da Espanha também têm menos brasileiros e ficam perto do Marrocos no Norte da África! Are baba!

 E aí? Ficou na pilha de fazer um intercâmbio para lá? Ou quem sabe, sua idéia é apenas fazer uma viagem e conhecer tudo?! Pode ser também, então, neste caso recomendo o tour contiki SPANISH SPREED (http://contiki.com/tours/155-spanish-spree) o importante mesmo é que você não deixe de conhecer e se apaixonar por este País de tanta cultura, sabores, vida e arte chamado ESPANHA!

Bjs e até “HASTA LA VISTA BABY”!

Marina.

  1. Ola bom topico, concordo plenamente com ele


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *