Archive for the ‘Saiu na mídia’ Category

Aumenta o número de estudantes em busca de intercâmbio no exterior

11 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Segundo gerente de agência de intercâmbios, não há idade para estudar em outro país; neste ano, apenas na Unicap, 71 estudantes devem fazer intercâmbio.

Assista o vídeo clicando aqui!

Vino, Vibe & Dulce de Leche em Buenos Aires

01 de agosto de 2011 | Postado por Marina em Argentina

Uma tarde com alfajores de doce de leite ou uma noite degustando um bom “vino de la casa” acompanhado de uma suculenta picanha Argentina. A autora do livro Intercâmbio de A a Z, Marina Motta – que já fez 11 intercâmbios e percorreu 33 países! – dá algumas dicas para descobrir melhor a capital portenha do nosso vizinho mais próximo, a Argentina.

“Escolhi a Argentina porque este deve ser o país mais procurado por brazucas. Fica próximo da gente, dá para usar milhas do cartão de crédito para a passagem, os pacotes são normalmente bastante convidativos, o passaporte não é uma exigência, você consegue usar o dólar em vários lugares e, mesmo sem falar espanhol, dá para se virar com clássico dialeto portuñol”, brinca.

Marina entrega outros segredos que descobriu nos dias em que passou na capital Argentina: “hotéis, restaurantes e vinhos bons, bonitos e baratos – e táxis com preços mega camaradas!”.

É impossível ir para Buenos Aires e não se deliciar com as carnes argentinas. Temperadas com sal e assadas na brasa, a picanha argentina é de comer rezando! O Restaurante mais tradicional para provar o seu bife de chorizo argentino (que mais parece uma picanha) é o Cabana de Las Lilas. Para acompanhar, um vino de la casa, claro! O restaurante tem um bom custo x benefício, serviço excelente e ótima adega.

Já conhecido por muitos brasileiros, é uma explosão de sabores do cardápio nipo-peruano. Um local gostoso e com ceviches maravilhosos. Peça um bom champanhe e não abra mão da sugestão surpresa ao chefe!

Se você quer se sentir a Carrie de “Sex in de City” (ao invés de em Nova York, na América do Sul), este é o lugar! Experimente o ceviche de linguado e esqueça a dieta para mergulhar em um cheesecake de “Dulce de leche”.

No lugar mais cool e descolado de Buenos Aires, seus pesos são convertidos em “isabelinas” (moeda local deste hipado point) e, com ele, você pode pedir champanhes e coquetéis. Não deixe de experimentar o cardápio degustação de batatas trufadas e o carpaccio! Depois, enjoy the music e prepare-se para perder todas as calorias dançando até às 5 da manha!

Fonte: http://lolamag.abril.com.br/gastronomia/vino-vibe-dulce-de-leche-em-buenos-aires/

Arrisque-se no Idioma Alheio!

04 de julho de 2011 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

Contribui com a matéria “EMBROMATION NEM SEMPRE DÁ CERTO – ARRISQUE-SE NO IDIOMA ALHEIO” da Jornalista Bruna Cabral no Jornal do Commercio deste dia 30/06! Ficou super bem escrita e engraçada! Vale a pena ler! Bjs Marina.

Jornal do Commercio – Turismo

30 de junho de 2011 | Postado por Marina em Saiu na mídia

Manual para quem vai fazer intercâmbio – Veja.com

28 de maio de 2011 | Postado por Marina em Saiu na mídia

Antes de fazer as malas e embarcar rumo ao intercâmbio, é preciso se planejar. Marina Motta, autora do livro Intercâmbio de A a Z e Flávia Mariano, autora de Intercâmbio Aí vou eu dão dicas preciosas que não podem ficar de fora do seu check-list.

Quer trabalhar na Disney?

24 de maio de 2011 | Postado por Marina em Saiu na mídia

Está interessado em trabalhar na Disney? Marina Motta, gerente do STB Recife, lembra que, desde já, é possível inscrever-se gratuitamente no site: www.stb.com.br. No dia 30 de maio (segunda), ocorre, na Faculdade Mauricio de Nassau, a palestra de recrutamento, nos horários das 10h e 19h . O programa, amado pelos Pernambucanos, é um intercâmbio de trabalho temporário nos parques e hotéis da Disney em Orlando com duração entre 8 e 10 semanas e vai de meados de novembro até o fim de janeiro/início de fevereiro.

Mas é bom lembrar que é necessário ter mais de 18 anos, falar inglês intermediário/ avançado, ser estudante universitário e estar cursando entre o 2º e o penúltimo período acadêmico da Universidade. Detalhe; é bom correr para chegar cedo na palestra. Depois que lotar não entra maiS.

Fonte: Blog Social 1: http://jc3.uol.com.br/blogs/blogsocial1/canais/notas/2011/05/24/quer_trabalhar_na_disney_101758.php

Ex-aluna de Administração lança livro Intercâmbio de A a Z na SBS da Unicap

20 de maio de 2011 | Postado por Marina em Saiu na mídia

Quem gosta de viajar sabe que uma boa organização é o truque para aproveitar melhor seu tempo. Foi pensando em  estimular e ajudar os futuros intercambistas a resolver esse problema que a administradora de empresas, formada pela Universidade Católica de Pernambuco, e gerente da STB, Marina Motta, lançou na noite de quarta-feira (18) o seu livro “Intercâmbio de A a Z” na livraria SBS do bloco A da Unicap.

“Eu via que as dúvidas eram sempre as mesmas”, diz Marina, que já trabalha com intercâmbios há 7 anos e realizou 11 intercâmbios dos seus 14 aos 21 anos. O livro tem o formato de um dicionário e propõe soluções de problemas desde a acomodação até os cuidados que devem ser tomados, já no país escolhido, para aproveitar o tempo de estudo e diversão.

Além do livro, Marina também ministra a palestra “Vivência Internacional X Mercado de Trabalho”, onde aponta a importância da experiência da vivência em outros países dentro do mercado de trabalho atual.

O livro “Intercâmbio de A a Z” pode ser encontrado na Livraria SBS, Livraria Cultura e na Livraria Jaqueira. Ele custa R$ 40,00. Quem quiser ainda mais dicas sobre intercâmbios pode conferir também o blog alimentado por Marina Motta www.intercambioaz.com.br/blog. O mundo está te esperando. Fica o convite de Marina.

Fonte: http://www.unicap.br/assecom1/?p=19206&utm_source=Unicap&utm_medium=twitter

Estado de Minas – MG

28 de janeiro de 2011 | Postado por Marina em Saiu na mídia

Em 1996, Marina Motta, então com 14 anos, saiu de casa pela primeira vez para realizar o sonho de morar em outro país. Gostou tanto que repetiu a experiência nada menos que outras dez vezes. Com toda a bagagem de um “viajante profissional”, a jovem, moradora de Recife, lançou o livro “Intercâmbio de A a Z”, mantém umblog sobre o assunto e ainda gerencia uma agência para intercâmbios.

De Recife, onde mora, ela conversou com o portal O Tempo

Como foi o início de sua saga como intercambista?

Meu primeiro intercâmbio foi para a Inglaterra, aos 14 anos, para a cidade litorânea de Bournemouth, que fica a duas horas e meia de Londres. Foi um programa de férias para adolescente, no mês de julho. Eu estava acompanhada de um guia e de outros brasileiros. Fiquei na casa de uma família e estudava inglês em uma escola de idiomas. Depois, fiz outros dez intercâmbios.

O que mais te atrai nesse tipo de viagem?

É a curiosidade em conhecer outros lugares e interesse por aprender idiomas. Como sou filha única, foi mais viável financeiramente. E também acabou determinando muito minhas escolhas profissionais. Fiz relações internacionais, depois entrei na parte de comércio exterior em uma multinacional. Há seis anos, comecei a trabalhar com intercâmbio. Meu livro aborda justamente minhas experiências com intercambista e como gerente de uma agência de intercâmbios.

Conte um pouco sobre suas experiências.

Fiz alguns programas de férias para adolescentes. Na verdade, foram quatro, dos 14 aos 16 anos, todos para países onde se fala inglês: dois para Inglaterra, Estados Unidos e Austrália. Muito embora todos tenham sido para países onde se fala o mesmo idioma, foram culturas e experiência diferentes. Deu para aperfeiçoar o inglês cada vez mais. Com 16 anos, fiz meu intercâmbio de maior duração. Foi para a França, onde passei oito meses. Voltei para a casa e depois fiquei mais seis meses no Canadá. Quando voltei, comecei faculdade. Aí passeia estudar alemão. Fiz dois intercâmbios durante as férias para a Alemanha. Meu último intercâmbio foi para Orlando, nos Estados Unidos, onde trabalhei em um parque da Disney aos 20 anos.

O que mais muda no aspecto pessoal uma pessoa que faz intercâmbio?

O mais importante é você se sentir mais seguro em relação a você mesmo. Às vezes a gente acha que não é capaz, ou tem certa insegurança ou medo em relação a transição. E o intercâmbio expõe você a situações de mudanças, e mudanças nem sempre são fáceis. Mas eu acho que a gente sempre aprende, amadure. A gente sempre volta melhor depois de uma viagem de intercâmbio. Outro aspecto é a oportunidade de conhecer novas culturas. Primeiramente, é interessante evitar os “pré-conceitos”. Nós temos que pensar que existem pessoas amigas, frias ou comunicativas em todas as culturas. É muito ruim sair do país pensando, por exemplo, que o alemão é frio. O intercâmbio é uma ótima oportunidade para abrir a cabeça em relação às diferentes culturas. A gente cresce.

Dá para fazer intercâmbio tendo uma condição financeira mais limitada?

Sim. Na verdade, existem várias opções de intercâmbio no mercado. As de trabalho remunerado são interessantíssimas. Por exemplo, a gente tem o programa que oferece aos intercambistas a chance de cuidar de crianças nos Estados Unidos. O investimento é realmente baixo. Estamos falando em algo em torno de 800, 900 dólares. Você tem suas despesas, inclusive a passagem, pagas pela família, normalmente. Também existem órgãos internacionais que concedem mestrados/doutorados. O que aconselho aos interessados é pesquisar.

* Na Inglaterra, Estados Unidos, Alemanha, França e Canadá, Marina fez dois intercâmbios. Na Austrália, viveu uma única vez.

* Além do português, é fluente em inglês, francês, alemão e espanhol.

Deixe-se levar por Toronto no Canadá!

04 de outubro de 2010 | Postado por Marina em Canada

A revista Fera com minha coluna de Intercâmbio de Viagens já está nas bancas!

Para quem não é de Pernambuco, a revista FERA é referência para jovens secundaristas e universitários no Estado.

Abaixo, coloco a publicação deste mês para que chegue ao alcance de todos! Nos próximos exemplares, fica aí a dica! A revista é muito legal e vale a pena conferir!

Aproveito a oportunidade para divulgar o site também:  www.portalfera.com.br 

Intercâmbio de A a Z – por Marina Motta

É com muita alegria que aceitei o convite de iniciar este projeto maravilhoso de assinar uma nova coluna na revista FERA! O nosso objetivo com este espaço é muito simples:  Ajudar os jovens que pretendem colocar o pé na estrada e conhecer o mundo fazendo intercâmbio cultural em outros países! Seremos o seu elo de comunicação para todas as novidades e informações  sobre viagens e intercâmbios ao redor do globo! Isto porque, a coluna vai dar dicas MEGA úteis sobre tudo o que envolve o processo de intercâmbio. Desde a ansiedade da preparação para viagem e as dúvidas de como arrumar a mala até os diferentes tipos de acomodação (casas de família, dormitórios estudantis, albergues etc.) e os diferentes tipos cursos oferecidos pelas escolas de idioma e programas de colegial no exterior. Além de, é claro, os programas de trabalho e estágio em países como EUA, Austrália, Canadá, Inglaterra, África do Sul etc… Além disso, daremos dicas sobre visto, passaporte, de como fazer amizades lá fora, como se organizar com relação aos gastos, como entender melhor a diversidade cultural e respeitar às diferenças para se dar bem neste mundo globalizado! Enfim, já deu para perceber que esta coluna vai ser a sua cara,não é?! Portanto, preparem-se, apertem os cintos e embarquem com a gente nesta coluna que vai ser UMA VERDADEIRA VIAGEM repleta de oportunidades e de esclarecimentos de TODAS as dúvidas que você SEMPRE quis saber (e não sabia a quem perguntar)! É isto mesmo galera! “Seus problemas acabaram!!!” não somos das “organizações TABAJARA”, mas seremos o caminho mais fácil para você se tornar um cidadão do mundo! Desse mundão que você sempre teve o sonho de conhecer e que, agora, vai estar ainda mais perto de você! Portanto, desejamos a todos uma Boa viagem. A leitura certamente irá transportá-los a vários lugares. De A a Z.

Deixe-se levar por Toronto no Canadá!                                                                

É unânime! Todo mundo que vai estudar em Toronto no Canadá fica simplesmente apaixonado por esta cidade.  Quando eu fui, tinha acabado de passar no vestibular (fera 99 em Administração e em Relações Internacionais!!!) daí, coloquei segunda entrada para fazer um curso de seis meses no Canadá.

 Escolhi o Canadá, pois primeiro é uma das opções mais baratas (o dólar é bastante favorável) e segundo, porque queria conhecer um novo país para dar um upgrade no meu inglês fazendo um curso de Business. Nestes seis meses mágicos, estudei na escola de línguas PLI (Pacific Language Institute) que tem tanto em Vancouver quanto em Toronto, por isto resolvi passar três meses em Toronto e três meses em Vancouver…Neste capítulo, vou falar apenas de Toronto e vou deixar Vancouver (que também merece um belo espaço) para uma próxima coluna.

Nas duas cidades optei por acomodação em casa de família, isto porque o contato com a família permite que você acelere (e muito!) o seu aprendizado… As conversas do dia a dia com a sua host family são tão importantes quanto a sua freqüência na escola…

Em Toronto minha família era ótima! Tinha a “mãe” o “pai” e três irmãs… Ao mesmo tempo, também estavam na casa outros dois estudantes: uma mexicana e um francês. Cada um tinha o seu quarto individual, mas era muito animado e divertido ter a casa sempre cheia! Sempre combinávamos de fazer várias coisas juntos…Andar de caiaque no lago, ir ao cinema, passar o dia em uma cidade vizinha… Minha família era de origem Irlandesa, mas outras estudantes pegaram famílias de origem filipina, grega, indiana…Uma amiga japonesa estava em uma casa de uma família de descendência marroquina gente finíssima… Um dia, fui convidada para jantar na casa dela e foi o máximo! Cuscuz marroquino regado a uma música super exótica também característica do norte da África…Isto é o que eu chamo de globalização!

Outra grande vantagem da cidade é que Toronto é perto de tudo! Você pode ir até a capital do Canadá (Ottawa), visitar as belíssimas cidades de Montreal e Quebec ou até ir até os EUA descendo até Nova Iorque e passando por Atlantic city, Washington D.C e Filadélfia e, é claro, pelas cataratas de Niagara Falls (Para isto, não se esqueça de tirar o seu visto americano também!). Eu fiz esta aventura em um final de semana com algumas amigas da escola através de uma excursão baratíssima que pegamos em Chinatown cerca de 200 dólares canadenses com viagem de ônibus, hotéis quatro estrelas e até entrada para cassino! Uma pechincha! Pena que o guia falava tudo em chinês! Mas tudo bem…Valeu mesmo assim, foi uma comédia!

 Acredito que a visão de um estudante que passa pelo menos um mês na cidade é muito diferente da de um turista isto porque, Toronto é uma daquelas cidades em que você certamente não sentirá “amor a primeira vista” isto porque, no início Toronto parece uma cidade normal, grande para os padrões canadenses, mas pequeno para os padrões brasileiros. No entanto, se levarmos em conta a diversidade cultural, gastronômica e a vida noturna que existe em Toronto, mais parece um mundo! É como se fosse uma arca de Noé com representantes de todo o globo! Isto porque assim como o Brasil, o Canadá é um país super novo, e, assim como São Paulo é natural que a cidade mais importante do país tenha uma riqueza maior de culturas incorporadas. Por isto, assim como não existe um típico brasileiro também não existe o canadense típico, principalmente em Toronto, devido a forte imigração de italianos, gregos, portugueses, indianos, chineses enfim…Tem de tudo por lá!O mais peculiar no caso específico de Toronto é que estas nacionalidades estão segmentadas por bairros bem característicos de cada povo… É como se você pudesse ter um pouquinho de cada país em uma só cidade!  Tem a little Italy, Little Portugal, Little Índia e, é claro, não podia faltar um Chinatown…

O mais incrível nesta mistura, é que temos a nítida sensação de que não há preconceito nem racismo…É como se a lendária música de John Lennon “Imagine” tivesse de fato se concretizado “Imagine all the people living today, you may say I´m a dreamer but I´m not the only one, I hope someday you will join us and the world will be as one…”

Lá você vai encontrar um típico indiano gerente de um banco, uma típica africana atendendo em uma loja chiquérrima e até um típico europeu vendendo taco na Tacobell (vale a pena ir..parece um Habib´s mexicano baratíssimo, bem no estilo fast-food…. )

As baladas de Toronto são simplesmente maravilhosas, basta você descer na St. Patrick station e vai ter uma rua repleta de boates e barzinhos super descolados.

Já quando você quiser dar um tempo de uma cidade grande, você não precisa de mais de 30 minutos de barco para chegar em Toronto Island. Eu adorava ir para lá e passar a tarde toda andando de bike ou fazendo pic-nic com o pessoal da escola.

Se você chegar no aeroporto e for pegar um táxi pode ir tranqüilo Toronto é super seguro! A criminalidade é quase zero! Você não imagina como é maravilhoso resgatar esta sensação de liberdade tão característica de países desenvolvidos…Liberdade com segurança não tem preço! Aproveite a sua enquanto estiver por lá! Você vai sentir falta quando voltar para o Brasil…

Existe um mundo lá fora! Viaje! Junte a mim nesta coluna que é uma viagem!!!

Bjos, Marina.

Marina Motta, autora do livro: Intercâmbio de A a Z (www.intercambioaz.com.br) tem 28 anos, é Internacionalista, Administradora de Empresas e gerente do depto de Intercâmbio do STB (Student Travel Bureau) em Pernambuco. Com bagagem de 11 Intercâmbios realizados de 1996 a 2001 Inglaterra, EUA, Austrália, França, Canadá e Alemanha, Marina é atuante em matérias sobre Intercâmbio nos jornais Folha de São Paulo, Estado de Minas, Estadão, Jornal do Commercio, Diário de Pernambuco, Folha de Pernambuco e O Povo, em matérias na TV Globo, SBT, Band TV Univeristária e TV Clube e revistas de circulação nacional como Viagem e Turismo, Revista Capricho, além de sites como UOL,  TV Limão, Veja. Com. entre outros.

contato@marinamotta.com.br

Revista Rotary – Agosto 2010

05 de agosto de 2010 | Postado por Marina em Intercâmbio de A a Z

 

Página 5 de 6« Primeira...23456