Posts com a tag STB RECIFE

TOP 5 coisas para você NÃO fazer na sua próxima viagem!

30 de outubro de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Quem já leu o meu post de viagem dessa semana lá no portalTagIt?!  ainda não? então check it out aqui!

Rail Europe oferece até 60% de desconto em bilhetes de trem pela Europa

14 de outubro de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

A Rail Europe, em parceria com as maiores companhias de trem da Europa, está com grandes promoções para os turistas que viajarão para o Velho Continente no final de ano. Até dezembro, descontos de 20% a 60% são oferecidos na compra de bilhetes de trem e passes ponto a ponto para grandes destinos como, Alemanha, França, Itália, Londres e outros. Em alguns casos, a data de embarque pode ser a partir de 2013. Todas as ofertas têm duração limitada e variam de acordo com a modalidade, o trecho e a companhia ferroviária, sendo válidas para todos os meios de compra – via internet, através do site da Rail Europe (www.raileurope.com.br), ou por meio de agentes e operadores de viagens credenciados na rede GSA da companhia.

No caso dos passes ponto a ponto, a modalidade e-ticket também é oferecida – o que facilita ainda mais o serviço, uma vez que dispensa o envio do bilhete físico no endereço de cadastro do cliente até a sua data de embarque.

Os principais passes de viagens ilimitadas em um ou em vários territórios como, Eurail Global, Select Pass,France Rail, BritRail e BritRail England Pass estão 20% mais baratos.

No caso do German Rail Pass, além de receber o mesmo desconto nos bilhetes de cinco dias, o viajante pode ganhar city cards para a Alemanha.Já quem comprar um Swiss Pass tem direito a outro passe gratuito para o acompanhante (neste caso, a promoção é válida para compra e viagem só até 29 de novembro). Continuar lendo

Ciência sem Fronteiras vai abrir nova chamada em outubro

01 de outubro de 2013 | Postado por Marina em Bolsas de Estudo

 O programa Ciência sem Fronteiras terá nova chamada em outubro deste ano, segundo a presidenta Dilma Rousseff. As vagas serão para universidades em 17 países para áreas ligadas ao desenvolvimento científico, tecnológico e à inovação, como engenharia, medicina, ciências biomédicas, da computação, entre outras.

Desde que foi lançado, há dois anos, o programa concedeu mais de 53 mil bolsas a estudantes brasileiros. Esses jovens estudam por um ano em universidades e institutos de pesquisa de alta qualidade no exterior e podem estagiar em alguns dos principais laboratórios e empresas do mundo.

O principal critério de seleção do programa é o mérito. É preciso ter feito, no mínimo, 600 pontos noEnem (Exame Nacional do Ensino Médio) e ter um bom desempenho acadêmico no ensino superior. O governo paga todos oscustos do estudante no exterior, como a mensalidade da universidade, o alojamento e a alimentação. Para mais informações, fique ligado no site oficial: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/home

Saiba mais sobre passagens aéreas com desconto para estudante, carteira internacional do estudante e assistência médica internacional no recife@stb.com.br

Intercâmbio para ensinar e aprender : Já pensou em ensinar inglês para crianças na China?

19 de julho de 2013 | Postado por Marina em China

Olá viajantes! tudo bom?

Achei esse programa incrível! O STB – Student Travel Bureau, traz para seu portfólio o Teach and Travel China. Regulamentado pelo governo chinês, o novo programa de estágios é voltado a jovens que desejam se desenvolver como professores e se aprofundar na cultura chinesa. Com duração de seis meses e início em janeiro e agosto de 2014, o programa já está com inscrições abertas.

No Teach and Travel China, o participante terá a oportunidade de aprender técnicas de ensino da língua inglesa para estrangeiros e atuar como Internship Teacher, ministrando aulas de inglês para crianças e jovens de escolas de várias regiões da China. Além disso, estudará mandarim e trocará experiências com a população local.

Segundo a gerente de Intercâmbios de Trabalho do STB, Rosana Lippi, esse programa é indicado para pessoas que queiram ampliar a experiência internacional, profissional e social e, com isso, enriquecer o currículo. “Os ganhos desse tipo de intercâmbio são inúmeros: crescimento pessoal, imersão em cultura diferente, possibilidade de praticar o inglês em ambientes formais e informais, e ainda transmitir um pouco da cultura ocidental à população chinesa”, afirma.

Com boa relação custo-benefício, uma vez que o participante terá remuneração mensal de RMB 2.000 (cerca de US$ 326), mais um bônus de RMB 2.500, caso cumpra o programa com sucesso, o Travel and Teach China oferece aulas semanais de mandarim, quarto compartilhado com outros professores em residência estudantil, café da manhã, almoço e jantar no refeitório da escola, além de ajudar a desenvolver competências como flexibilidade, capacidade de negociação e adaptação, que fazem a diferença para alcançar sucesso na carreira. A jornada de trabalho varia de 35 a 40 horas semanais, conforme a necessidade da escola.

Para participar, o interessado deve ter entre 19 e 45 anos, ensino médio completo com boas notas ou, preferencialmente, estar cursando graduação ou pós-graduação, e contar com nível de inglês avançado, atestado pelo STB. Além disso, deverá demonstrar independência, maturidade, sensibilidade cultural, vontade de  assimilar novas culturas, capacidade para lidar com desafios e comprovar que possui fundos para se manter durante o programa. Experiência de trabalho com crianças, em escolas e em viagens internacionais são pré-requisitos complementares. Continuar lendo

Entrevista concedida à revista Colonial: Intercâmbio, viagens e “otras cositas más”…!

19 de julho de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes!  Tudo bem?

Colaborei em matéria da revista colonial em entrevista concedida ao jornalista Felipe Felix. A matéria completa (e ampliada) pode ser conferida aqui!


Continuar lendo

Saiba porque 2013 é o ano para você fazer Intercâmbio na Alemanha

17 de maio de 2013 | Postado por Marina em Alemanha

Olá viajantes! Tudo bom?

Foi aberto esta semana em São Paulo, o ano da Alemanha no Brasil. A presidente Dilma Roussef recebeu o presidente da Alemanha e lado a lado, a quarta e a sétima economias do mundo realizarão promoção de negócios, apresentação de oportunidades e discussão de estratégias de cooperação, entre elas, de Intercâmbio.

 

Paralelamente, o escritor João Ubaldo, Membro da Academia Brasileira de Letras,  fará parte da comitiva de 70 escritores brasileiros na programação da Feira do Livro de Frankfurt deste ano, que homenageará o Brasil.

João Ubaldo Ribeiro fez intercâmbio em Berlim, no início dos anos 1990 e juntou um apanhado de experiências engraçadas e situações improváveis que mudaram e formaram novas impressões sobre os alemães e que foi registrado no livro “Um Brasileiro em Berlim”. Publicado originalmente em 1995, pela editora Nova Fronteira e relançado em 2011, pela Objetiva, o livro reúne 16 crônicas escritas durante os 15 meses em que o escritor morou em Berlim, entre 1990 e 1991. João Ubaldo viajou com a família e dois filhos, Francisca e Bento, a convite do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD).

Na época, com sete e nove anos, respectivamente, os filhos do escritor viraram personagens de seus textos. Escrito com humor e carregado de ironias, o livro narra desde a confusa conexão da família no aeroporto de Frankfurt (na crônica “Chegada”), momentos antes da chegada à Berlim, até a quebra de estereótipo construídos mutuamente entre os países, como a frieza do alemão e a libertinagem do brasileiro. “Aqui ficar nu na rua não é como no Brasil, aqui é normal, lá é que é indecente”, surpreende-se em “Sexy Brasil. Sexy Berlin”.

O ano coloca em pauta questões atuais, de como o mundo enfrenta os desafios do Século XXI. A cooperação entre os dois países acontece em vários níveis, seja econômica, no intercambio acadêmico, com bolsas e programas de intercâmbio, e no plano cultural. Para acompanhar os eventos que acontecerão ao longo do ano em português e em alemão acesse:

www.alemanha-brasil.org

Falando Nisso….

Já pensou em estudar alemão? Por que não?! O STB tem parcerias com escolas nas cidades de Berlim, Munique, Frankfurt e Hamburgo. Os cursos têm duração a partir de duas semanas e as acomodações podem ser em residências de estudantes ou casas de família. Além disso, no STB você também terá as melhores tarifas aéreas, assistência médica internacional e carteira internacional do estudante! Acesse agora www.stb.com.br ou envie um email para recife@stb.com.br

Leia também os outros posts sobre o destino aqui:

Bjs e até a próxima viagem!

Marina

High School (Colegial no exterior) x Vestibular – Eis a questão!

13 de maio de 2013 | Postado por Marina em Colegial no Exterior - High School

Olá viajantes!

Tudo bom?!

Pensando em estudar um ou dois semestres no exterior porém está preocupado com o resultado do vestibular?! #SeusProblemasAcabaram (TabajaraFeelings)! 

Dá uma olhada nessa matéria que colaborei no jornal Diário de Pernambuco de ontem (domingo – 12/05/2013)

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

Está acabando o colégio ou a faculdade?! E aí? Vai fazer festa ou viajar?! Confira o guia das viagens de formatura aqui:

02 de maio de 2013 | Postado por Marina em Dicas de Viagem

Olá viajantes! tudo bom!?

Nem me pergunte se quero festa ou viagem! Para qualquer pergunta em qualquer circunstância a resposta será sempre – VIAGEM!

Para você que está concluindo o colégio ou a faculdade, segue abaixo um guia de viagens de formatura preparado pela revista Viajar Pelo Mundo de  01/04/13. #CheckItOut!

Continuar lendo

Tudo que você precisa saber antes de fazer Intercâmbio ou processo de imigração legal na província de Quebec, Canadá

11 de abril de 2013 | Postado por Marina em Canada

O que é preciso pra conseguir visto de estudante?

Você procura uma escola (de línguas, de formação em algo específico, tipo música ou design ou moda…) ou uma universidade e se candidata a uma vaga. Cada escola pede uma documentação diferente, mas a maioria vai pedir, no mínimo, comprovação de estudo (diplomas), histórico escolar, identidade, tudo traduzido pro inglês ou pro francês. Essa documentação você
manda pra escola, e, se ela te aceitar, vai te mandar uma carta-convite pra estudar lá. Se for na província do Quebec ,precisa mandar uma cópia da carta para o governo do Quebec, pra poder receber o CAQ (Certificat d’Acceptation du Québec), que é um documento que é a sua permissão pra estudar no Quebec.

Ok,  Quebec já te aceitou, agora falta o Canadá. Aí, com a documentação que você recebeu da escola, da província e mais alguns formulários (tem tudo no site do CSC-VAC), você entra com o seu pedido de visto de estudante canadense. Tudo é feito pelo
correio, não tem entrevista (se tiver, é por telefone). Tudo isso demora de 3 a 6 meses.

Trabalho:

Tem dois tipos de visto de trabalho, um que você já precisa ter uma oferta de emprego do país e outro que você pede um open work visa, que é pra ir para  o país com a permissão pra trabalhar. Esse último demora mais pra sair. Outra forma é aplicar pra
imigração permanente, que é um processo que leva uns 2 anos, tem muitas entrevistas, exige um bom nível de francês. Você chega sem emprego, mas o governo dá aulas de francês, cursos de como fazer um currículo, como enriquecer o currículo e como encontrar um emprego.

O governo exige que o estudante entre com alguma quantia fixa de dólar canadense?

O estudante universitário estrangeiro paga mais caro que o estudante canadense. Nisso já tão inclusas as taxas de educação, que não são baratas, mas são mais baratas que nos Estados Unidos. As universidades (Concordia e McGill são anglófonas; UQAM é francófona) possuem programas de bolsa, e até algumas escolas também, mas para estudantes de até 25 anos. Cada universidade/escola tem sua dinâmica de pagamento: a cada semestre paga pra estudar ou paga tudo de uma vez ou vai nas mensalidades. Também acontecem empréstimos estudantis, que é o que a maioria dos canadenses faz. As escolas também são
abertas a organizar esse pagamento com o aluno. Continuar lendo

EUA deve abolir formulário de entrada I-94

03 de abril de 2013 | Postado por Marina em EUA

Olá viajantes!

GoodNewsFolks!

O U.S. Customs and Border Protection dos EUA , publicou que a partir de 26/04/2013 não irá mais requisitar aos turistas que chegam ao país, preencher o formulário I-94 ( aquele que fica grampeado no seu passaporte até a data da sua volta.) A medida foi tomada a fim de diminuir o tempo em espera das filas, otimizar o procedimento, diminuir a papelada, reduzir custos e automatizar o processo. Confira o comunicado oficial aqui.

 

Bjs e até a próxima viagem!

Marina.

 

 

Página 6 de 10« Primeira...45678...Última »